Calcular Folha De Ponto?

Como calcular horas extras na folha de ponto?

Exemplos de como calcular hora extra no sábado ou feriado – Vamos começar com o cálculo de hora extra no sábado.

Exemplo como calcular hora extra de sábado

Nesse caso, vamos utilizar o exemplo de um profissional que trabalha na área administrativa, com o salário mensal de R$ 1.500, e realiza 44 horas semanais e 220 mensais. Determinado mês, este funcionário acumulou 10 horas extras trabalhadas durante o sábado.

  • Hora extra com 50% = salário por hora x 1,5
  • Hora extra com 50% = R$ 8,82 x 1,5 = R$ 10,28

Para saber o valor total do acréscimo no salário, basta multiplicar esse valor pela quantidade de horas trabalhadas. Nesse caso, como ele realizou 10 horas extras aos sábados, o cálculo será:

  • Acréscimo no salário = horas extras trabalhadas x valor da hora extra
  • Acréscimo no salário = 10 x R$ 10,21 = R$ 102,08

Dessa forma, ao final do mês o colaborador deverá receber o valor de R$ 1.602,08 Agora vamos fazer a mesma coisa para um colaborador que trabalhou durante um feriado.

Exemplo como calcular hora extra feriado

Nesse caso já sabemos que o valor da hora comum desse colaborador é de R$ 6,82, correto? Então, como falamos anteriormente, nesses casos devemos valor da hora extra com o acréscimo de 100%, Dessa forma, para calcular é preciso multiplicar o valor do salário por 2:

  • Hora extra com 100% = salário por hora x 2
  • Hora extra com 100% = R$ 8,82 x 2 = R$17,64
You might be interested:  Como Calcular A Diagonal De Um Retangulo?

Como ele realizou 10 horas no feriado o cálculo será o seguinte:

  • Acréscimo no salário = horas extras trabalhadas x valor da hora extra
  • Acréscimo no salário = 10 x R$ 17,64 = R$ 176,40

Então, no final do mês o colaborador deverá receber o valor de R$ 1.676,40. Esse é apenas o cálculo de horas extras bruto, sem outros adicionais ou descontos salariais, que podem modificar a folha de pagamento,

Como entender a folha de ponto?

O que é a folha ponto? – A folha de ponto é o documento, no qual é feito o registro dos horários dos colaboradores. Nela, devem ser registrados a entrada, saída e as pausas para descanso realizadas pelos profissionais. É a partir da folha de ponto que é feito o cálculo do salário do colaborador em um período determinado, normalmente, um mês de trabalho.

Mesmo que a empresa não faça o pagamento de horas extras ou descontos de atraso, ainda é por meio deste registro que serão calculadas as horas a serem depositadas no banco de horas. Cada trabalhador tem uma folha de ponto individual e, mesmo que a companhia tenha muitos funcionários, é obrigatório que o controle seja feito pela equipe de departamento pessoal.

Pela folha de ponto, as empresas conseguem controlar o índice de faltas, atrasos ou até exageros nas horas extras, podendo tomar atitudes para resolver eventuais problemas.

Quanto vale 3 horas de hora extra?

Como calcular hora extra no domingo? – A remuneração da hora extra será, pelo menos, 50% superior à hora normal, se trabalhada de segunda a sábado. É 100% superior, ou seja, o dobro, se trabalhada no domingo ou em algum feriado. Portanto, para saber quanto vale uma hora extra, é necessário multiplicar a hora normal de trabalho por 1,5, se trabalhada de segunda a sábado, ou por 2,0, se trabalhada em algum domingo ou feriado.

  • R$ 14,09 x 1,5 (percentual dia da semana) = R$ 21,13 (valor da hora extra);
  • R$ 21,13 x 2 (duas horas extras) = R$ 42,26.
You might be interested:  Calcular Horas De Trabalho?

Horas excedentes no feriado: 2h;

  • R$ 14,09 x 2,0 (percentual feriado ou domingo) = R$ 28,18 (valor da hora extra de trabalho);
  • R$ 28,18 x 2 (duas horas extras) = R$ 56,36.

Total: R$ 3.100,00 + R$ 98,62 (R$ 42,26 + R$ 56,36) = R$ 3.198,62 (salário + horas extras).

O que não pode fazer na folha de ponto?

Folha de Ponto é segura? – Não, essa forma de registro está prevista na legislação, mas não tem garantia de segurança jurídica. O primeiro problema a ser observado na folha de ponto é que o funcionário pode anotar qualquer horário na tabela e a empresa tem poucos argumentos contra possíveis fraudes.

Não há um “relógio unificado” com o horário de Brasília para todos os funcionários ou uma forma de auditar o registro. Outra questão é das saídas ou pausas fora do previsto, a tabela que está na folha não permite controlar todas as questões que podem ocorrer de forma extraordinária. O uso da folha de ponto também não permite uma automação do cálculo de ponto, já que para realizar o fechamento essas marcações devem ser passadas manualmente para planilhas ou outros sistemas.

Nesse processo, além de demandar um trabalho manual e oneroso do RH, é passível de ocorrer erros, o que pode gerar um desgaste na relação com o funcionário, ou até uma reclamatória trabalhista.

Como calcular os minutos de atraso?

Ouça em voz alta Pausar Pegue o valor da hora de trabalho e divida por 60 (minutos). Multiplique o valor do minuto de trabalho pelos minutos de atraso.

Como preencher uma folha de ponto 12 por 36?

No modelo de escala 12×36, o colaborador trabalha durante 12 horas e descansa nas próximas 36 horas. Na prática, funciona assim: se ele trabalhou das 10h às 22h em uma segunda-feira, por exemplo, seu próximo dia de trabalho será na quarta no mesmo horário.

Vale destacar, porém, que em alguns casos, por conta de convenções coletivas e acordos sindicais, essa jornada permite folgas além do descanso de 36 horas. Complexa, esta é uma das escalas de trabalho mais desafiadoras para o time de recursos humanos (RH), mas feita da maneira correta pode ser bastante eficiente.

Saiba mais sobre ela a seguir.