Como Calcular A Massa De Um Elemento?

Qual a fórmula para calcular a massa?

As moléculas são constituídas por átomos unidos através de ligações que podem ser covalentes e iônicas. A palavra massa molecular é utilizada para compostos formados por ligações covalentes, ela não pode ser utilizada para os compostos formados por ligações iônicas, já que não são constituídos por moléculas e sim por íons.

A expressão utilizada para os compostos iônicos é a massa fórmula, A massa da molécula é igual à soma dos átomos que a forma, sendo assim, para obtermos a massa molecular e a massa fórmula, devemos somar as massas de todos os átomos contidos na fórmula das substâncias. O cálculo da Massa Molecular é feito do seguinte modo: Usaremos a massa atômica do carbono (C =12u) e do hidrogênio (H = 1u) para o cálculo.

C 5 H 10 5.12 = 60 + 10.1=10 60 + 10 = 70u Massa molecular do C 5 H 10 : MM=70u Os índices (5,10) dos elementos foram multiplicados por suas respectivas massas atômicas (12, 1), e em seguida foram somadas a massa total dos dois elementos que formam a molécula resultando 70u, que é a Massa molecular.

O que determina a massa de um elemento?

Número de massa é a soma dos prótons e nêutrons. Massa atômica é a média ponderada das massas atômicas dos isótopos naturais do elemento.

Como descobrir a massa em gramas de um elemento?

Equivalente-grama (representado pela letra E) é a massa em gramas de um elemento, substância simples ou substância composta, que movimenta 1 mol de elétrons durante a formação desse material. O termo equivalente-grama surgiu em experimentos realizados pelos químicos Jérémie B.

  1. Richter, Karl F.
  2. Wenzel e Jöns J.
  3. Berzelius, em que eles verificaram que as substâncias sempre reagem entre si obedecendo a uma equivalência de massa, que está relacionada com valores múltiplos.
  4. Com base nos estudos desses cientistas, outra definição de equivalente-grama surgiu, na qual se refere à massa de um elemento, substância simples ou substância composta, que reage ou é produzida a partir de 8 gramas de oxigênio.

De acordo com a lei de Richter, independentemente da massa do reagente X que esteja sendo utilizada, ela sempre reage com uma determinada massa de outro reagente, ou forma sempre a mesma massa de produto. Para determinar o equivalente-grama da substância que está reagindo ou sendo formada em processo químico, devemos saber o tipo de material utilizado nessa reação, como podemos verificar a seguir.

1º Passo: cálculo do k

O elemento oxigênio pertence à família VI, portanto apresenta seis elétrons na camada de valência e necessita, então, de dois elétrons para atingir o octeto, ou seja, apresentar oito elétrons na camada de valência. Assim, o oxigênio precisa realizar duas ligações.

You might be interested:  Tabela Chinesa 2022 Calcular?

2º Passo: cálculo da massa molecular

Esse cálculo pode ser realizado com a multiplicação da massa atômica do oxigênio, que é 16 u, por 2 (número de átomos na fórmula O 2 ), resultando em 32 u.

3º Passo: cálculo do equivalente-grama

E = M k E = 32 4 E = 8 S ais inorgânicos Exemplo: determinar o equivalente-grama do cloreto de magnésio (MgCl 2 ).

1º Passo: cálculo do k

Analisando a fórmula do cloreto de magnésio, verificamos a presença do cátion magnésio, que pertence à família II A, por isso é um metal com tendência de perder dois elétrons, e o ametal cloro tem a tendência de receber dois elétrons. Assim, a carga perdida ou recebida é 2, sendo o k, portanto, igual a 2.

2º Passo: cálculo da massa molecular

Devemos multiplicar a quantidade de cada elemento pela sua massa atômica e, em seguida, somar os resultados: M = 1.24 + 2.35,5 M = 24 + 71 M = 95 u

3º Passo: cálculo do equivalente-grama

E = M k Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 E = 95 2 E = 47,5 Em um sal inorgânico, o equivalente-grama é determinado dividindo sua massa molecular pelo número de elétrons perdidos pelo cátion ou recebidos pelo ânion. Bases inorgânicas Em uma base inorgânica, o equivalente-grama é determinado pela divisão de sua massa molecular pelo número de ânions hidróxido liberados pela base ao ionizar, ou seja, a quantidade grupos OH presente na fórmula da base.

1º Passo: cálculo do k

Analisando a fórmula do hidróxido de alumínio, verificamos a presença de três grupos OH, logo o k para essa base vale 3.

2º Passo: cálculo da massa molecular

Devemos multiplicar a quantidade de cada elemento por sua massa atômica e, em seguida, somar os resultados: M = 1.27 + 3.16 + 3.1 M = 27 + 48 + 3 M = 78 u

3º Passo: cálculo do equivalente-grama

E = M k E = 78 3 E = 26 Á cidos inorgânicos Em um ácido inorgânico, o equivalente-grama é determinado dividindo sua massa molecular pelo número de cátions hidrônio do ácido ao ionizar, ou seja, a quantidade grupos H presente na fórmula do ácido. Exemplo: determinação do equivalente-grama do ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ).

1º Passo: cálculo do k

Analisando a fórmula do ácido sulfúrico, verificamos a presença de dois grupos H, logo o k para essa base vale 2.

2º Passo: cálculo da massa molecular

Devemos multiplicar a quantidade de cada elemento pela sua massa atômica e, em seguida, somar os resultados: M = 2.1 + 1.32 + 4.16 M = 2 + 32 + 64 M = 98 u

3º Passo: cálculo do equivalente-grama

E = M k E = 98 2 E = 49 Equivalente em uma massa de substância: número de equivalentes-gramas (e ou eq) É a quantidade de equivalentes-gramas presente em uma determinada massa de uma substância. Para obter tal número, basta dividir a massa da substância pelo equivalente-grama da substância. e = m E Exemplo: determine o número de equivalentes-gramas de 40 gramas de hidróxido de magnésio,

1º Passo: cálculo do k

Analisando a fórmula do hidróxido de magnésio, verificamos a presença de dois grupos OH, logo o k para essa base vale 2.

You might be interested:  Calcular Renda Per Capita Bolsa Família?

2º Passo: cálculo da massa molecular

Devemos multiplicar a quantidade de cada elemento pela sua massa atômica e, em seguida, somar os resultados: M = 1.24 + 2.16 + 2.1 M = 24 + 32 + 2 M = 58 u

3º Passo: cálculo do equivalente-grama

E = M k E = 58 2 E = 29

4º Passo: cálculo do número de equivalentes-gramas

e = m E e = 40 58 e = 0,69

Como calcular o volume massa e densidade?

Qual a fórmula para calcular densidade? – É muito simples calcular a densidade de um material: basta dividir a massa pelo seu volume. Portanto, a fórmula da densidade é d = m/v.

Qual e a fórmula para calcular o volume?

O cálculo do volume é sempre dado pela multiplicação da altura (h), vezes a largura (L), vezes o comprimento (C). Já o volume de um paralelepípedo é calculado pela medida do comprimento, vezes a medida da largura, vezes a medida da altura.

Como calcular a massa do átomo?

A massa atômica é a massa de um átomo medida em unidade de massa atômica, sendo simbolizada por “u”.1 u equivale a um doze avos (1/12) da massa de um átomo de carbono-12 (isótopo natural do carbono mais abundante, que possui seis prótons e seis nêutrons, ou seja, um total de número de massa igual a 12). Exemplo de aplicação e interpretação da massa atômica Se afirmarmos que a massa atômica de um átomo do elemento sódio (Na) é igual a 23 u, queremos dizer que 1 átomo de sódio é 23 vezes maior que a massa de 1/12 da massa do carbono-12. Nesse exemplo, consideramos a massa de um átomo de sódio como sendo igual a 23 u. No entanto, esse número é arredondado, o que costuma ser realizado nos cálculos de massa atômica no Ensino Médio. Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 Arredondamento do valor da massa atômica A massa atômica de um átomo de hidrogênio é igual a 1,0079 u, mas costumamos usar somente o valor 1 u.

Qual é a diferença entre a massa é o volume?

Massa : é a quantidade de matéria que temos em uma determinada amostra. Sua unidade é o quilograma (kg) pelo Sistema Internacional de Unidades (SI). Volume : espaço ocupado pela amostra de matéria.

Qual é a massa de 1 mol?

”O número de entidades elementares contidas em 1 mol correspondem à constante de Avogadro, cujo valor é 6,02 x 10 23 mol – 1.” Sendo assim, a massa molar é a massa de 6,02 x 10 23 entidades químicas e é expressa em g/mol.

O que é o cálculo da massa molar?

O que é massa molar? – Massa molar nada mais é do que a massa em gramas de um elemento, calculada por meio da massa atômica de cada átomo que constitui uma molécula, Dessa forma, ela se relaciona com a Constante de Avogadro, que determina o valor das entidades elementares de um mol de uma substância. Por ser uma constante, é um valor fixo de 6,02 x 10 23,

Onde fica a massa na tabela periódica?

Conforme a organização dos elementos químicos na tabela periódica, o número de massa aparece na parte superior, do lado esquerdo ou direito do símbolo do elemento. Já o número atômico (Z) fica posicionado sempre à esquerda e na parte inferior.

You might be interested:  Calcular Frete Correios Sedex?

Como usar o mol?

Relações com a unidade mol – Como a unidade mol é utilizada para expressar quantidade de matéria (e matéria é tudo o que ocupa um volume e possui massa), podemos relacionar o mol de qualquer matéria com sua massa, assim como podemos determinar o volume (desde que a matéria esteja no estado gasoso) que uma matéria ocupa a partir do mol.

Quanto é 1 mol de ferro?

Constante de Avogadro – A constante de Avogadro ou constante de Avogadro é o número de entidades equivalente a um mol, que até aqui foi tratado como 6,02.10²³ entidades. Pode, no entanto, ser escrito com mais precisão como:

6,02214086.10²³ mol⁻¹

Esse número já teve mais de uma definição ao longo da história, mas a atual definição é o número de átomos de Carbono-12 presentes em 12g dessa substância, Para aplicações mais práticas, podemos pensar que um mol de prótons ou um mol de nêutrons tem massa um grama, Então, chegamos a uma nova e importante proporção:

1 mol de prótons ~ 1 grama 1 mol de nêutrons ~ 1 grama

Com essa proporção, podemos calcular a massa equivalente a qualquer número de mols, e por consequência a qualquer número de moléculas, de qualquer substância. Exemplo: Calcule a massa em gramas de 1 átomo de Fe-56, sabendo que o Fe-56 possui 26 prótons e 30 nêutron.

Para resolver esse exercício, primeiro descobriremos a quantidade em mol equivalente a um átomo de Ferro: 1 mol de Cu ~ 6,02.10²³ átomos de Cu w mol de Au ~ 1 átomo de Cu Resolvendo a regra de três encontramos w = 1,7.10⁻²⁴. Agora, sabemos ainda que 1 mol de ferro equivale a 56 gramas (pois cada ferro possui 26 prótons e 30 nêutrons e cada mol dessa entidades tem massa de 1 grama).1 mol de Fe ~ 56 gramas 1,7.10⁻²⁴ mol de Fe ~ m gramas Resolvendo a regra de três, encontramos m = 9,5.10⁻²³.

Resposta: 1 átomo de ferro possui massa igual a 9,5.10⁻²³ gramas. Exercício de fixação UFRGS O número de elétrons existentes em 1,0 mol de hélio é aproximadamente igual a: A 2 B 4 C 18 D 12.10²³ E 24.10²³ Prepare-se para o Enem com a Quero Bolsa! Receba conteúdos e notícias sobre o exame diretamente no seu e-mail

O que é mol física?

Um mol de uma substância é igual a 6,022 × 10²³ unidades dessa substância (tais como, átomos, moléculas, ou íons). O número 6,022 × 10²³ é conhecido como número de Avogadro ou constante de Avogadro.

O que é o cálculo da massa molar?

O que é massa molar? – Massa molar nada mais é do que a massa em gramas de um elemento, calculada por meio da massa atômica de cada átomo que constitui uma molécula, Dessa forma, ela se relaciona com a Constante de Avogadro, que determina o valor das entidades elementares de um mol de uma substância. Por ser uma constante, é um valor fixo de 6,02 x 10 23,