Como Calcular A Rescisão?

Quanto eu vou receber se eu for demitido?

Como calcular o que você vai receber quando é demitido sem justa causa Noticias – 15/07/2021 Como calcular o que você vai receber quando é demitido sem justa causa Resposta de Marcelo Mascaro Nascimento, sócio do escritório Mascaro Nascimento Advocacia Trabalhista e diretor do Núcleo Mascaro Exceto nos casos em que o empregado possua estabilidade no emprego – por exemplo, o dirigente sindical, a gestante ou alguém com estabilidade decorrente de acidente do trabalho – a empresa pode dispensar seus empregados a qualquer momento, ainda que estes não tenham cometido nenhuma falta.

Essa forma de despedida é conhecida como dispensa sem justa causa e gera para o empregado o direito a receber uma série de verbas: aviso prévio, saldo de salário, 13º salário proporcional aos meses trabalhados, férias vencidas e não usufruídas acrescidas de ⅓, férias proporcionais aos meses trabalhados acrescidas de ⅓, indenização pela rescisão, saque do FGTS e seguro desemprego.

O aviso prévio pode ser trabalhado ou indenizado, a critério do empregador. Se trabalhado, o empregado presta serviço normalmente durante seu período e recebe o salário correspondente a ele. Se indenizado, o funcionário é dispensado de trabalhar no período do aviso prévio e ainda assim recebe o valor referente ao salário desse período.

O saldo do salário corresponde aos dias trabalhados no mês da rescisão e ainda não recebidos na forma de salário. Exemplo: se a dispensa ocorrer no 10º dia do mês, o trabalhador dispensado terá direito ao valor correspondente a dez dias de remuneração, a título de saldo salarial. Deve-se dividir o valor do salário por 30 e multiplicar este resultado pelo número de dias trabalhados ( salário/30 x nº de dias trabalhados ).

O 13º salário proporcional, por sua vez, é calculado a partir da multiplicação dos meses trabalhados no ano por um mês de salário, dividindo o resultado por 12. Observa-se que se o empregado trabalhou ao menos 15 dias no mês, este é contabilizado para o cálculo do 13º salário proporcional ( salário/12 x nº de meses trabalhados no ano ).

  • Em relação às férias, quando o funcionário completa um ano de serviço ele ganha o direito a retirar férias.
  • Diz-se que, nesse caso, ele completou um “período aquisitivo” de férias.
  • Completado esse período, ele tem mais um ano para usufruir dessas férias.
  • Esse segundo período de um ano é conhecido como “período concessivo” de férias.
You might be interested:  Voltei De Férias Quanto Vou Receber Calculadora?

Se na dispensa, o empregado já adquiriu o direito de usufruir de férias, mas ainda não o fez, ele receberá o valor desse período como verbas rescisórias, lembrando que as férias sempre são pagas acrescidas de ⅓ de seu valor ( salário + 1/3 ). Além disso, se já se passou mais de um ano do momento que o empregado adquiriu o direito às férias e ele ainda não as usufruiu, elas devem ser pagas em dobro ( (salário+1/3) x2 ).

Já as férias proporcionais se referem aos meses trabalhados dentro de um período aquisitivo, mas que ainda não completaram um ano. Por exemplo, se o período aquisitivo de férias se inicia em março e o empregado trabalha até agosto, ele terá direito à proporção de 5 meses trabalhados. Ou seja, multiplica-se o valor do salário por 5 e divide-se o resultado por 12.

Lembrando, mais uma vez, que as férias devem ser acrescidas de ⅓ ( sal á rio +1/3 / n º de meses no per í odo aquisitivo ). Por fim, o valor referente à indenização pela rescisão corresponde a 40% da quantia depositada a título de FGTS na conta vinculada do empregado durante o contrato de trabalho.

O que a empresa paga quando demite um funcionário 2023?

Salário do mês proporcional; 13º salário proporcional; férias vencidas; férias proporcionais.

Qual o valor do seguro desemprego em 2023?

Leia também – Pescadores profissionais durante o período do defeso, momento de suspensão da pesca para a conservação das espécies, também podem receber o benefício, assim como os profissionais resgatados de condições semelhantes à escravidão. Outro grupo que tem direito ao seguro-desemprego é de trabalhadores formais que tiveram contrato de trabalho suspenso por conta de participação em curso ou em qualquer outro programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador.

You might be interested:  Calculadora Semanas De Gravidez?

Em 2023, o menor valor que alguém pode receber do benefício é R$ 1.320,00, ou seja, um salário mínimo. ​Para calcular as parcelas, é considerada a média dos salários dos últimos três meses anteriores à demissão. Depois, o aplica um redutor, seguindo as regras vigentes para o ano. O Ministério do Trabalho e Emprego realizou a atualização da tabela anual para o cálculo do seguro-desemprego em janeiro de 2023.

Confira abaixo:

Média dos Salários Cálculo da Parcela
Até R$ 1.968,36 Multiplica-se o salário médio por 0,8
De R$ 1.968,37 até R$ 3.280,93 O que exceder a R$ 1.968,36 multiplica-se por 0,5 e soma-se com R$ 1.574,69
Acima de R$ 3.280,93 O valor será invariável de R$ 2.230,97

Ou seja, um trabalhador que teve uma média salarial de R$ 1.960,00 nos últimos três meses anteriores à dispensa vai receber uma parcela de R$ 1.568,00. Já o profissional que ganhou uma média de R$ 2.500,00 deve ter direito a um de R$ 1.840,51. Como último exemplo, alguém cuja média salarial foi de R$ 4.000,00 vai receber R$ 2.230,97 de seguro-desemprego.

  • A exceção é para o pescador artesanal, empregado doméstico e o trabalhador resgatado, que sempre ganham o valor equivalente a um salário mínimo (R$ 1.320,00).
  • Outra questão está relacionada ao número de parcelas do benefício a que o profissional tem direito.
  • O trabalhador receberá três parcelas se tiver no mínimo 6 meses trabalhados, quatro parcelas se tiver no mínimo 12 meses e cinco parcelas se trabalhou 24 meses ou mais.

Veja mais detalhes, Para não perder o direito ao benefício, o profissional deve requerer o seguro-desemprego nos prazos abaixo:

Trabalhador formal – do 7º ao 120º dia, contados da data de dispensa; Bolsa qualificação – durante a suspensão do contrato de trabalho; Empregado doméstico – do 7º ao 90º dia, contados da data de dispensa; Pescador artesanal – durante o defeso, em até 120 dias do início da proibição; Trabalhador resgatado – até o 90º dia, a contar da data do resgate.

Quais são todas as verbas rescisórias?

Quais são as verbas rescisórias? – Ao fim do contrato, independentemente do motivo, o colaborador terá direito a verbas de rescisão, que variam quanto à motivação da saída. Entre as verbas rescisórias principais, estão: saldo de salário, salário-família, aviso-prévio (trabalhado ou indenizado), férias proporcionais ou vencidas e multa do FGTS,

O que a empresa paga quando demite um funcionário 2023?

Salário do mês proporcional; 13º salário proporcional; férias vencidas; férias proporcionais.