Como Calcular Férias Proporcionais Na Rescisão?

Como Calcular Férias Proporcionais Na Rescisão

Como calcular o valor das férias na rescisão?

Férias vencidas e proporcionais – Para calcular as férias vencidas, devemos considerar o 1/3 sobre o valor. Portanto, a fórmula é a seguinte: Férias vencidas = salário + (1/3 x salário). Seguindo o exemplo anterior cujo salário do colaborador é de R$ 2.000,00 teríamos o seguinte cálculo: R$ 2.000,00 + (1/3 x R$ 2.000,00).

R$ 2.000,00 + R$ 666,66 = R$ 2.666,66. Já a fórmula para calcular as férias proporcionais é um pouco diferente, considerando que o colaborador não chegou a completar o período de trabalho que lhe daria direito às férias de 30 dias. Para isso, temos que multiplicar o salário pelos meses trabalhados, depois dividir o resultado por 12 e somar o valor de 1/3 do salário,

APRENDA A CALCULAR AS VERBAS RESCISÓRIAS – DISPENSA SEM JUSTA CAUSA

Dessa forma, o cálculo seria: Férias proporcionais = (salário x meses trabalhados) / 12 + 1/3. Com o exemplo: R$ 2.000,00 x 10 / 12 + R$ 666,66 = R$ 2.333,32. Assim, o colaborador que trabalhou 10 meses e 13 dias teria direito a receber pelas férias vencidas e proporcionais R$ 4.999,98 com a rescisão trabalhista,

Como calcular férias proporcionais na rescisão online?

2 – Cálculo férias proporcionais na rescisão – Para calcular as férias proporcionais na rescisão, além de saber os meses trabalhados devemos saber o valor do salário do funcionário demitido. Nesse caso, o salário dele era de 1.200,00 reais mensais. Para iniciar nosso cálculo proporcional, devemos dividir o valor do salário pelo número de meses no ano, ou seja, 12 meses.

You might be interested:  Como Calcular Irrf Sobre Salário Passo A Passo?

1200,00 / 12 = 100

O resultado dessa conta, é o valor de 1 mês desse colaborador. O próximo passo é multiplicar pelos meses trabalhados:

100 x 4 = 400,00

R $400,00 é o valor a que ele deve receber como salário proporcional, mas não podemos nos esquecer que no caso de férias proporcionais, deve também ser calculado o terço constitucional a esse valor. Acompanhe!

Qual o valor que recebo de férias?

Veja como fica o seu salário se você já saiu de férias e volta ao trabalho

  • Publicado: 15 Março, 2023 – 08h30 | Última modificação: 15 Março, 2023 – 09h42
  • Escrito por: André Accarini | Editado por: Marize Muniz / Rosely Rocha
  • Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Férias sempre são períodos esperados com grande expectativa para a maioria dos trabalhadores e trabalhadoras depois de 12 meses, no mínimo, de labuta. Além do descanso merecido, o trabalhador recebe um valor maior do que o salário mensal para gozar o período.

  1. Como todo trabalhador tem direito a receber um terço (1/3) do valor do salário a título de férias, ele receberá o salário do mês mais o valor correspondente ao pagamento das férias.
  2. O adiantamento salarial e o abono de férias devem ser feitos em até dois dias antes do início do período de férias.
  3. Se o trabalhador recebe o salário, por exemplo, no dia 10 e vai tirar férias no dia 5, já no dia 3 a empresa terá de efetuar o pagamento tanto das férias como do salário do mês.
  4. Por isso que o salário na volta ao trabalho é menor, mas está de acordo com a legislação trabalhista.

O valor menor assusta muitas vezes, mas é correto, já que o trabalhador recebeu o adiantamento de férias e do salário, antes de entrar – efetivamente – em férias. Quando volta, o valor que recebe é proporcional aos dias trabalhados no mês. Exemplo: o período de férias do trabalhador é de um mês normal, entre os dias 1º e 30 do mês e a empresa paga os salários no dia 31.

You might be interested:  Calcular Gasolina Por Km?

Quem tem direito a férias proporcionais na rescisão?

O empregado que for desligado por pedido de dispensa com menos de 12 meses de serviço terá direito a férias proporcionais, fazendo jus ao seu recebimento como aqueles que forem desligados sem justa causa ou cujo contrato de trabalho se extinguir em prazo determinado.

Pode descontar faltas nas férias proporcionais na rescisão?

§ 1º É vedado descontar, do período de férias, as faltas do empregado ao serviço.