Como Calcular Juros Compostos No Excel?

Qual a fórmula para calcular juros compostos no Excel?

Para calcular os juros compostos no Excel é necessário utilizar a fórmula F = P*(1+J)N, onde F equivale ao valor final, obtido após um período X; P é o capital principal, J é a taxa de juros e N o número de períodos em que os juros serão aplicados. Exemplo: Na célula B4, utilize o valor final (F).

Como calcular juros pro rata die no Excel?

Como fazer o cálculo pro rata no Excel? – Também é possível calcular o pro rata no Excel, aproveitando a facilidade das planilhas eletrônicas e tornando esse processo mais simples. Contar com uma fórmula ajudará a reduzir erros no cálculo, evitando perdas de recursos ou retrabalho para consertar algum problema que possa surgir. A fórmula é:

F = P * (1+J)N.

F é o valor final após determinado período; P é o capital principal, J é a taxa de juros (quando for o caso) e N é o período. Vamos utilizar o exemplo anterior do salário do colaborador.

Em que F = salário recebido; P = salário-base = R$ 3000; J = juros, nesse caso não é considerado = 0; N = período de 10 dias, equivalente a ⅓ do mês = 0,34; F = 3000 * (1+0)0,334; F = R$ 1000.

Como fazer uma planilha de cálculo no Excel?

Criar uma fórmula simples no Excel Excel para Microsoft 365 Excel para Microsoft 365 para Mac Excel 2021 Excel 2021 para Mac Excel 2019 Excel 2019 para Mac Excel 2016 Excel 2016 para Mac Excel 2013 Excel 2010 Excel 2007 Excel para Mac 2011 Mais.Menos Você pode criar uma fórmula simples para adicionar, subtrair, multiplicar ou dividir valores na planilha.

  1. Na planilha, clique na célula em que você deseja inserir a fórmula.
  2. Digite = (sinal de igual) seguido pelas constantes e operadores (até 8192 caracteres) que você deseja usar no cálculo. Para nosso exemplo, digite =1+1, Observações:
    • Em vez de digitar as constantes em sua fórmula, você pode selecionar as células que contêm os valores que deseja usar e inserir os operadores entre as células da seleção.
    • Seguindo a ordem padrão de operações matemáticas, a multiplicação e a divisão são executadas antes da adição e subtração.
  3. Pressione Enter (Windows) ou Return (Mac).
You might be interested:  Segunda Parcela Do Décimo Terceiro Calcular?

Vamos fazer outra variação de uma fórmula simples. Digite =5+2*3 em outra célula e pressione Enter ou Return, O Excel multiplica os dois últimos números e adiciona o primeiro número ao resultado.

Como calcular a taxa de juros pelo valor da parcela?

Como calcular a taxa de juros de uma venda parcelada? – Agora que você já sabe os pormenores da taxa de juros de venda parcelada, chegou a hora de aprender a calcular os valores descontados. Vamos pelo começo, calcule o valor total da compra parcelada, afinal, os valores mudam de acordo com as parcelas.

Um exemplo, se uma compra de R$1000,00 e optar por parcelar 12 vezes de R$100,00, automaticamente, o valor total da compra mudará para R$1200,00. O segundo passo, é calcular o valor dos juros que está sendo cobrado. Para chegar neste valor, é preciso considerar o valor total da compra parcelada e subtrair pelo valor original.

Ou seja, se usarmos o exemplo anterior, a conta a ser feita é R$1200,00 – R$1000,00 = R$200,00. Esse é o valor total dos juros. Agora para calcular a taxa de juros, divida o valor total dos juros (R$200,00) pela quantidade de parcelas e, em seguida, divida novamente pelo valor original da compra.

Neste caso, utilizando o mesmo exemplo, a conta fica assim: (R$200 ÷ 12) ÷ R$1000 = 0,0167, ou seja, a taxa de juros mensal é de 1,67%. Simples, não é mesmo? Essa é a taxa de juros por mês, mas se quiser saber a taxa de juros anual, é só multiplicar por 12. Ou seja, no caso acima, a anual seria de 20%.

As diferentes lojas e credores podem usar diferentes fórmulas para calcular a taxa de juros, então é sempre importante verificar as informações com o fornecedor ou consultar um profissional financeiro para mais orientações.

Como calcular juros compostos pro rata die?

Como calcular os juros pro rata die? – Para calcular os juros pro rata die, é preciso, em primeiro lugar, identificar a taxa de juros acordada para o período em questão. Em seguida, basta dividir essa taxa pelo número de dias do ano, e então multiplicar o resultado pelo número de dias em que o valor esteve emprestado ou foi utilizado.

Como calcular o tempo de uma aplicação a juros compostos?

Calculadora de juros compostos – Apesar do cálculo dos juros compostos parecer complexo à primeira vista, ele se torna mais fácil, na medida em que a pessoa pratica as fórmulas. Esse cálculo pode ser feito à mão, em calculadoras simples, como as do telefone celular, por meio de aplicativos, plataformas digitais especializadas.

You might be interested:  Como Calcular Desconto Em Porcentagem?

Como calcular o percentual de lucro no Excel?

Como calcular a porcentagem de lucro no Excel Aqui, você precisa subtrair o preço de venda do preço de custo e dividir esse valor pelo preço de venda. Selecione uma célula > digite = > calcule a diferença entre o preço de venda e o preço de custo para achar o lucro. Exemplo: aqui, ficará ‘=C2-B2’.

Como fazer cálculo de atualização?

BCB – Calculadora do cidadão Correção de valores

Metodologia da Correção pelos Índices

A atualização é obtida multiplicando-se o valor a ser corrigido (ou 1 se não informado) pelo fator acumulado do índice de referência (Ex.: produtório dos índices mensais de IPCA/100+1). São usados no cálculo os índices da data inicial e da data final. Assim sendo, caso deseje a correção por apenas um mês, o usuário deve informar a data inicial igual à data final, de acordo com o seguinte exemplo: Exemplo 1) Correção, pelo IPCA, para o mês de janeiro de 2003. Usuário deve informar: Data Início: 01/2003 Data Fim: 01/2003 Resultado: índice de correção: 1,0225 Exemplo 2) Correção, pelo IPCA, em 2003: Data Início: 01/2003 Data Fim: 12/2003 Resultado: índice de correção: 1,0929994 O usuário deve levar em consideração as diferentes moedas utilizadas no país ao longo dos últimos anos. O valor a ser corrigido deve ser informado com referência à unidade monetária vigente no início do mês informado no campo “data inicial”; o valor corrigido na data final é informado pela Calculadora do cidadão na moeda em vigência no último dia do mês informado como data final: Exemplo 3) Correção, pelo INPC, de 100.000,00 unidades monetárias, de janeiro de 1989 até maio de 1989. Considera-se a moeda do início de janeiro (Cz$) e a do final de maio (NCz$). Usuário deve informar: Data Início: 01/1989 Data Fim: 05/1989 Valor a ser corrigido: 100.000,00 Resolução: O índice de correção do INPC no período é de 2,1046 Cz$1.000,00 = NCz$ 1,00 (mil Cruzados equivalem a um Cruzado Novo) Resultado: valor corrigido: Cz$ 100.000,00 * 2,1046 / 1000 = NCz$ 210,46. Exemplo 4) Correção, pelo INPC, de 1000,00 unidades monetárias, de janeiro de 1994 até junho de 1994 (Considera-se a moeda do início de janeiro (CR$) e a do final de junho (CR$). Usuário deve informar: Data Início: 01/1994 Data Fim: 06/1994 Valor a ser corrigido: CR$ 1.000,00 Resultado: valor corrigido: CR$ 1.000,00 * 8,5915 = CR$ 8.591,50 Correção pelo IGP-M A atualização pelo IGP-M, a partir de 12/04/2021, passou a ser calculada com base em uma nova série histórica que reflete a variação percentual acumulada dos números índices mensais divulgados pela FGV com 3 (três) casas decimais. O cálculo anterior utilizava série da FGV com 2 (duas) casas decimais referente aos fechamentos mensais percentuais. A alteração vale para todos os cálculos de atualização pelo IGP-M realizados dessa data em diante (12/04/2021), independentemente do período a que se referem. Ou seja, um cálculo que tenha como base o período de dezembro de 2010 também será realizado de acordo com a nova série histórica. Se você realizou algum cálculo de correção de valor pelo IGP-M antes de março de 2021 e refizer a operação agora, os resultados podem ser ligeiramente diferentes (provavelmente, em centavos). Detalhes técnicos sobre as séries utilizadas podem ser acessados no Sistema Gerenciador de Séries Temporais do Banco Central,, A série 28655 é a utilizada pela Calculadora do Cidadão para a correção de valores pelo IGP-M.
You might be interested:  Calculadora De Datas Meses?

BCB – Calculadora do cidadão

Como calcular dívida com correção monetária?

O cálculo da correção monetária é bem simples! Basta multiplicar o valor principal (total do débito sem juros) pelo índice escolhido.

Como calcular juros pelo IPCA?

Como é feito o cálculo IPCA? É calculado a partir do resultado entre o valor inicial e o total da divisão do número-índice do mês final pelo número-índice do mês anterior ao mês inicial. O resultado desta divisão é o fator que corresponde à variação acumulada do IPCA em um determinado período.

Como calcular o valor futuro de um investimento com aportes mensais?

Como funciona o investimento com aporte mensal – O funcionamento do aporte mensal é bem simples: a cada novo depósito, o valor inicialmente aplicado e o já acumulado aumentam. Por exemplo, uma pessoa investiu R$ 10 mil reais em uma aplicação financeira. Por mês, ela faz aportes de R$ 500. Ao fim de 12 meses, terá o seguinte valor aplicado:

Investimento = R$ 10 mil + (R$ 500 x 12) = R$ 16 mil

Os resultados são mais visíveis com o cálculo dos juros sobre o valor investido, Então, considere que essa mesma aplicação pague 8% ao ano em juros como remuneração aos investidores. Confira, assim, a tabela comparativa entre o aporte único e o aporte mensal:

Aporte único Aporte mensal
Investimento inicial R$ 10 mil R$ 10 mil
Depósito mensal R$ 0 R$ 500
Investimento total R$ 10 mil R$ 16 mil
Saldo Total R$ 10.795,62 R$ 17.011,39
Juros do período R$ 795,62 R$ 1.011,39

Com o aporte mensal, o investidor consegue uma diferença positiva de R$ 215,77 em juros, na comparação ao aporte único.