Como Calcular O Simples Nacional 2022?

Como Calcular O Simples Nacional 2022

Como calcular o Simples Nacional 2022 Mensal?

Como calcular o imposto do Simples Nacional? – Para fazer o cálculo do Simples Nacional, você deve seguir estes passos:

1º passo : calcular a receita bruta da sua empresa dos últimos 12 meses; 2º passo : identificar a alíquota e a parcela a ser deduzida; 3º passo : fazer o cálculo da alíquota efetiva; 4º passo : chegar ao valor do Simples Nacional a ser pago naquele mês.

Como calcular o Simples Nacional 2023 fórmula?

Como é feito o cálculo do Simples Nacional? – Como dissemos, o DAS para empreendedores MEI é fixo para cada atividade, mas os cálculos do DAS para ME e EPP variam de acordo com as atividades, divididas em cada um dos 5 anexos acima. Portanto, para calcular o Simples Nacional, é preciso aplicar as informações da tabela da atividade de sua empresa e fazer os passos:

some todos os faturamentos nos últimos 12 meses para descobrir sua receita bruta;

verifique na tabela do anexo ao qual a sua atividade está sujeita qual a faixa de faturamento relativa à sua receita bruta;

confira na tabela a alíquota para a sua faixa de faturamento e valor a deduzir;

faça o cálculo da alíquota efetiva (a porcentagem que de fato vai pagar de imposto) seguindo a seguinte fórmula:

(receita bruta 12 meses x alíquota – valor a deduzir) ÷ receita bruta 12 meses;

agora, basta multiplicar a receita bruta pela alíquota efetiva encontrada e você terá o valor do seu DAS.

Para facilitar, veja o exemplo de cálculo para uma empresa do setor de comércio, cuja receita bruta nos últimos 12 meses foi de R$ 200.000 — ou seja, utilizaremos os valores da tabela do anexo I e da segunda faixa de faturamento. O cálculo fica assim: (receita bruta 12 meses x alíquota – valor a deduzir) ÷ receita bruta 12 meses (200.000 x 4% – 5.940) ÷ 200.000 = 0,0103 ou 1,03% 🠔 alíquota efetiva receita bruta 12 meses x alíquota efetiva = imposto devido no DAS 200.000 x 1,03% = R$ 2.060

Qual o valor do imposto Simples Nacional 2022?

Limites do Simples Nacional 2022 O limite máximo de receita bruta anual para pequenas empresas optantes pelo regime de tributação Simples Nacional vai subir de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões. O valor equivale a uma média mensal de R$ 400 mil de receita.

Como calcular o faturamento mensal do Simples Nacional?

Como calcular a média de faturamento do Simples Nacional? – Muito simples: basta dividir o faturamento total do Simples Nacional por 12 e multiplicar pelo número de meses em que a empresa está em funcionamento. No caso das MEs, a média mensal é de R$ 30 mil, já no das EPPs, é de R$ 400 mil,

  1. Imagine o seguinte exemplo: uma Empresa de Pequeno Porte iniciou suas atividades em outubro de determinado ano.
  2. O limite mensal proporcional da EPP, como sabemos, é de R$ 400 mil.
  3. Para saber se a empresa pode continuar no regime no ano seguinte, seu faturamento não pode ultrapassar R$ 1,2 milhão até dezembro (3 meses × R$ 400 mil = R $1,2 milhão).
You might be interested:  Como Calcular A Area De Um Cilindro?

Lembrando que o cálculo, nesse caso, considera o regime de competência, quando a venda é efetuada, e não o regime de caixa, quando ocorre a liquidação financeira.

Qual é o valor do Simples Nacional?

Anexo I do Simples Nacional

Receita Bruta Total Alíquota Qual o valor a ser descontado
De 180.000,01 a 360.000,00 7,3% R$ 5.940,00
De 360.000,01 a 720.000,00 9,5% R$ 13.860,00
De 720.000,01 a 1.800.000,00 10,7% R$ 22.500,00
De 1.800.000,01 a 3.600.000,00 14,3% R$ 87.300,00

O que você precisa saber sobre o Simples Nacional?

O Simples Nacional é um regime compartilhado de arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicável às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte, previsto na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006. Abrange a participação de todos os entes federados (União, Estados, Distrito Federal e Municípios).

enquadrar-se na definição de microempresa ou de empresa de pequeno porte; cumprir os requisitos previstos na legislação; e formalizar a opção pelo Simples Nacional.

Características principais do Regime do Simples Nacional:

ser facultativo; ser irretratável para todo o ano-calendário; abrange os seguintes tributos: IRPJ, CSLL, PIS/Pasep, Cofins, IPI, ICMS, ISS e a Contribuição para a Seguridade Social destinada à Previdência Social a cargo da pessoa jurídica (CPP); recolhimento dos tributos abrangidos mediante documento único de arrecadação – DAS; disponibilização às ME/EPP de sistema eletrônico para a realização do cálculo do valor mensal devido, geração do DAS e, a partir de janeiro de 2012, para constituição do crédito tributário; apresentação de declaração única e simplificada de informações socioeconômicas e fiscais; prazo para recolhimento do DAS até o dia 20 do mês subsequente àquele em que houver sido auferida a receita bruta; possibilidade de os Estados adotarem sublimites para EPP em função da respectiva participação no PIB. Os estabelecimentos localizados nesses Estados cuja receita bruta total extrapolar o respectivo sublimite deverão recolher o ICMS e o ISS diretamente ao Estado ou ao Município.

Como fazer o cálculo da alíquota efetiva do Simples Nacional?

No regime de tributação do Simples, há algumas fórmulas para calcular o valor da alíquota. O regime do Simples Nacional é feito para empresas de micro e pequeno porte. Por meio desse regime, essas empresas recolhem, em uma única guia, oito tipos de impostos, tornando a rotina dos pequenos negócios mais simples.

Apesar disso, ainda existem pessoas que se confundem na hora de calcular a alíquota do Simples Nacional. Vale ressaltar que saber como fazer isso é algo superimportante para que o empreendedor possa dominar a gestão do próprio negócio e saber controlar as contas fiscais da empresa. Cálculo Para começar a alíquota do Simples, é necessário fazer o cálculo da receita bruta total da sua empresa nos últimos 12 meses.

You might be interested:  Como Calcular A Quantidade De Agua?

Esse número corresponde aos valores recebidos com a venda de produtos e/ou serviços ao longo do ano. Use a sigla RBT para se referir a ele. O próximo passo é identificar a atividade da empresa, o faturamento dela, bem como a alíquota em uma das cinco tabelas que compõem a alíquota progressiva de tributação do Simples.

Para a alíquota, vamos usar a sigla ALIQ. As empresas de comércio e lojas em geral, por exemplo, usam a tabela chamada Anexo 1. Dentro dela, há diferentes faixas de tributação, segundo o faturamento da empresa. Imagine que uma empresa faz parte do Anexo 1 e está na segunda faixa da tabela, destinada a quem tem um faturamento anual de até R$ 360 mil.

Nesse tipo de situação, a alíquota é de 7,3% e a parcela a deduzir no imposto é de R$ 5.940. A parcela a deduzir será identificada pela sigla PD. O último passo é calcular a alíquota efetiva. A alíquota efetiva é o que será deduzido da sua empresa mês a mês.

Para chegar nesse resultado, utilize as siglas e monte a seguinte fórmula: / RBT Assim sendo, o empresário deve multiplicar a receita bruta total da empresa nos últimos 12 meses pela alíquota e depois subtrair a parcela a deduzir. Esse resultado dividir pela receita bruta acumulada. Seguindo o exemplo da empresa que fatura até R$ 360 mil e está no Anexo 1, o resultado seria parecido com esse: (R$ 360.000,00 x 7,30%) – R$ 5.940,00 / 360.000,00 (26.280,00 – 5.940,00) / 360.000,00 20.340,00 / 360.000,00 0,0565 ou 5,65% Nesse tipo de empresa, a alíquota efetiva é 5,65%.

Com esse valor de alíquota em mãos, o passo final é saber o tamanho do desconto no seu faturamento mensal. Para isso, basta subtrair esse número do valor mensal que a empresa recebe todo mês. Caso a empresa faturar R$ 30 mil no mês de referência, por exemplo, o valor de recolhimento do imposto do Simples será de R$ 1.695.4 passos para calcular o Simples Nacional Estes são os quatro passos principais para saber o valor de imposto que sua empresa pagará ao fim de cada mês:

Descubra sua receita bruta anual; Identifique, nos anexos do Simples Nacional, a faixa de alíquota e a parcela a deduzir; Com esses três números, calcule a alíquota efetiva; Subtraia a alíquota efetiva do valor de faturamento mensal para chegar ao resultado.

Empresa com menos de um ano Se a empresa abriu há menos de um ano, não é necessário se preocupar, uma vez que podem usar a receita bruta proporcionalizada, tratando-se de uma estimativa do faturamento. Nesse tipo de caso, considere a média de faturamento dos meses em atividade e multiplicar o valor por 12.

Por exemplo, uma empresa existe há três meses. Para chegar ao número final, some o faturamento de cada mês e divida por três, que corresponde aos meses em atividade. Ao multiplicar esse valor por 12, chegará ao valor final. Agora, se a empresa ainda está no primeiro mês de atividade, a resposta é: multiplique exclusivamente a receita deste mês por 12.

* Com informações do Nubank. Fonte: Portal Contábeis – Lívia Macario.

You might be interested:  Metro Quadrado Como Calcular?

Como entender a guia do Simples Nacional?

O que é Simples Nacional? – O Simples Nacional é um regime de tributação criado especialmente para micro e pequenas empresas a fim de reduzir a carga tributária, simplificar a retenção de impostos e facilitar o crescimento do negócio, ao unificar o pagamento em um tributo único, que incide sobre a receita bruta da organização.

É um programa do Governo Federal que atribui benefícios para determinadas empresas, de acordo com as exigências legais, no sentido de facilitar o processo de cumprimento das obrigações fiscais mensais. Trata-se de um incentivo fiscal no qual poderão se enquadrar alguns tipos de empreendimentos, dependendo do valor obtido anualmente ou pelo segmento.

Assim, embora o imposto seja unificado – através de guia única –, as alíquotas variam conforme a atividade empresarial exercida. Logo, caso a empresa exerça mais de um tipo de atividade, poderá pagar diferentes alíquotas de imposto.

Como faço para saber o faturamento de uma empresa?

Como fazer a estimativa? – O faturamento mensal encontra-se na demonstração de resultados, o qual é um histórico finalizado de como sua empresa se saiu durante um determinado período. Isso pode ser um mês, trimestre ou até mesmo um ano – embora seja mais recomendado consultar suas demonstrações financeiras mensalmente.

  • Custos e despesas da empresa;
  • Qual o mercado consumidor;
  • Qual a concorrência;
  • Período para o qual está estabelecendo a meta (dias úteis, feriados, festividades, sazonalidades, etc.).

É importante que o acompanhamento seja feito de perto e que o empreendedor sempre busque fidelizar cada cliente conquistado. Dessa forma, será possível criar um laço forte com ele, conseguir que ele indique sua empresa a amigos e familiares, graças ao seu bom serviço, que seja capaz de trazer novos clientes, e garantir um bom faturamento.

  1. É indispensável que a empresa possua um bom controle gerencial de vendas.
  2. Isso irá ajudar na elaboração de uma projeção de faturamento eficiente que permitirá um controle das informações pertinente ao negócio, além de ajudar a visualizar o passado e projetar o futuro, permitindo a tomada correta de decisões.

Uma das ferramentas que pode ser utilizada como instrumento de ajuda na previsão é o fluxo de caixa. Ele tem uma característica temporal, pode ser diário, semanal, mensal, anual, e traz componentes de projeção ou estimativa. É uma importante ferramenta de gestão financeira.

Visa demonstrar e projetar, em períodos futuros, o resultado de todas as entradas e as saídas de recursos financeiros em regime de caixa (e não contábil). É um instrumento essencial na antecipação de problemas de liquidez e endividamento, sintomático de rentabilidade, lucratividade e eficácia empresarial.

Quanto maior for a proximidade entre a projeção do fluxo de caixa e o efetivamente realizado, maior será o conhecimento do empresário sobre seu negócio.

Qual a porcentagem mensal do Simples Nacional?

Tabelas do Simples Nacional

Receita Bruta Total em 12 meses Alíquota Quanto descontar do valor recolhido
Até R$ 180.000,00 4% 0
De R$ 180.000,01 a R$ 360.000,00 7,3% R$ 5.940,00
De R$ 360.000,01 a R$ 720.000,00 9,5% R$ 13.860,00
De R$ 720.000,01 a R$ 1.800.000,00 10,7% R$ 22.500,00