Como Calcular Porcentagem No Excel Com Função Se?

Como calcular porcentagem no Excel com função?

Como calcular porcentagem de um valor no Excel Selecione uma célula, digite ‘=’, insira o valor inicial (ou o nome da célula), o sinal de ‘Multiplicação’ (*), o valor da porcentagem, seguido de seu símbolo (%). Na prática, para calcular 20% de 200, ficará ‘=B2*20%’. Aperte ‘Enter’ para visualizar o valor final.

Como fazer cálculos com a função se?

Use a função SE, uma das funções lógicas, para retornar um valor se uma condição for verdadeira e um outro valor se for falsa. Por exemplo: =SE(A2>B2,’Acima do orçamento’,’OK’)

Como usar a função se no Excel com 3 condições?

– Use a função SE junto com as funções E, OU e NÃO para realizar várias avaliações se as condições forem verdadeiras ou falsas. Sintaxe

SE(E()) – SE(E(lógico1,,,), valor_se_verdadeiro, )) SE(OU()) – SE(OU(lógico1,,,), valor_se_verdadeiro, )) SE(NÃO()) – SE(NÃO(logical1), value_if_verdadeiro, ))

Nome do argumento Descrição
teste_lógico (obrigatório) A condição que você deseja testar.
valor_se_verdadeiro (obrigatório) O valor que você deseja retornar se o resultado do teste_lógico for VERDADEIRO.
valor_se_falso (opcional) O valor que você deseja retornar se o resultado do teste_lógico for FALSO.

Analisemos algumas visões gerais sobre como estruturar as funções E, OU e NÃO individualmente. Ao se combinar cada uma com uma instrução SE, elas são lidas da seguinte maneira:

E – =SE(E(Algo for Verdadeiro, Outra coisa será Verdadeira), Valor se Verdadeiro, Valor se Falso) OU – =SE(OU(Algo for Verdadeiro, Outra coisa será Verdadeira), Valor se Verdadeiro, Valor se Falso) NÃO – =SE(NÃO(Algo for Verdadeiro), Valor se Verdadeiro, Valor se Falso)

Como usar a função se com várias condições?

Funções SE aninhadas (ou conjugadas) – Que tal conhecer algumas das fórmulas de SE mais utilizadas no mercado de trabalho, incluindo as que são aninhadas? O que não falta neste vídeo acima é argumento! A função SE também pode ser aninhada quando várias condições devem ser indicadas para encontrar o resultado. Você deve então usar as funções SE, aninhando-as umas às outras. No caso, as respostas devem ser etapas, A fórmula pode ser assim: =SE(B3> 6,5;”A”; SE(B3> 6;”B”;SE(B3> 5,5; “C”))) Cada condição deve fazer parte de uma das respostas da anterior. Então deve haver um sistema de camadas para esta fórmula funcionar. Utilizar o excel pode parecer um bicho de sete cabeças para muitos, mas assim que você começar a testar essas fórmulas com números que façam sentido para sua planilha, você vai ver que os valores encontrados vão fazer sentido! Os melhores professores de Excel disponíveis 5 (48 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (23 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (63 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (25 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (21 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (31 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (14 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (18 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (48 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (23 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (63 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (25 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (21 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (31 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (14 avaliações) 1 a aula grátis! 5 (18 avaliações) 1 a aula grátis! Vamos lá Vamos ver um vídeo com SE utilizada juntamente com E e também com OU (vamos falar de OU mais abaixo)? A função E facilita a adição da função SE, Usar o E diminui o comprimento da fórmula, tornando-a mais clara e fácil de criar.

Como explicado acima, se várias condições entrarem em jogo, é necessário aninhá-las para obter um resultado correto. É então necessário verificar bem a primeira condição antes de passar para a próxima, utilizando um sistema de rolamentos. Atenção: a fórmula é infinita e favorece os erros. Ao utilizar E, a fórmula fica bastante simplificada, pois ela substitui todas as condições adicionadas.

O princípio de E é que a fórmula verifica inicialmente todas as condições indicadas pelo E e, só depois, usa a função SE (por último, para indicar o resultado). Se uma das condições não for cumprida no conjunto da função E, a resposta será negativa, As células acima permitem uma melhor visualização de como as ações foram feitas. | Imagem: Support Microsoft Para criar fórmulas em planilhas e usar comparações lógicas, existe, além de SE e E, a função OU, Assim como E, a função OU é usada com SE para simplificar e esclarecer os cálculos.

  1. Esses são recursos avançados do programa para automatizar cálculos.
  2. O problema com a utilização de E é que todas as condições devem ser verdadeiras para obter uma resposta positiva à fórmula total.
  3. Graças a OU, é possível que uma única condição entre todas as declaradas seja verdadeira,
  4. Aqui está o tipo de fórmula que você pode encontrar: =SE(OU(A1=”verdadeiro;A2 =”verdadeiro”;A3=”verdadeiro”)=VERDADEIRO;”pelo menos uma condição é verdadeira”;”nada é verdadeiro”) A resposta é positiva com apenas uma condição comprovada e a resposta é negativa se todas as condições forem falsas.
You might be interested:  Calculadora Da Pegada Ecológica?

Tal como acontece com a função E, a função OU permite utilizar apenas duas funções em vez de cinco ou vinte. E e OU também podem ser usadas simultaneamente em uma SE, Isso permite expandir o número e o tipo de fórmulas possíveis. Assim, é possível combinar as vantagens da função E ( todas as condições devem ser provadas ) e aquelas da função OU ( pelo menos uma condição deve ser provada ).

Quanto é porcentagem de um valor?

Porcentagem, representada pelo símbolo %, é a divisão de um número qualquer por 100. A expressão 25%, por exemplo, significa que 25 partes de um todo foram divididas em 100 partes.

Como usar Procv e se na mesma fórmula?

PROCV com SE – A função SE permite testar uma condição e retornar um valor caso essa condição seja verdadeira, e outro valor caso contrário. Quando utilizada em conjunto com o PROCV, é possível encontrar valores com base em múltiplas referências. Por exemplo, a fórmula =SE(A1=”X”;PROCV(B1;Tabela1;2;0);PROCV(B1;Tabela2;2;0)) encontra o valor correspondente a B1 em uma das duas tabelas, dependendo do valor de A1.

Se A1 for “X”, a fórmula utiliza a tabela Tabela1 para encontrar o valor, caso contrário, utiliza a tabela Tabela 2. O PROCV é uma ferramenta poderosa que simplifica a busca e correspondência de informações em planilhas. Com sua capacidade de localizar dados relevantes e facilitar análises, essa função é essencial para profissionais que lidam com dados e desejam agilizar suas tarefas.

Aproveite essa oportunidade para aprimorar suas habilidades com a função e expandir suas perspectivas profissionais. Confira nossa lista de universidades parceiras que oferecem bolsas de estudo em cursos relacionados a análise de dados e mergulhe em um ambiente de aprendizado enriquecedor.

  • Faculdades Anhanguera
  • Unopar – Universidade Norte do Paraná
  • FMU – Centro Universitário
  • Estácio – Universidade Estácio de Sá
You might be interested:  Calculadora Venda De Ferias?

Lembre-se, o conhecimento e as habilidades são fundamentais para alcançar o sucesso em qualquer campo. Invista em sua formação e esteja preparado para conquistar novas oportunidades em sua carreira. Com dedicação e acesso a uma educação de qualidade, você estará preparado para enfrentar os desafios e se destacar na área de análise de dados com o PROCV.

O que é função Se composta?

A fórmula ou função SE composta ou não no Excel é usada para comparar valores e determinar resultados a partir de condições pré-definidas, sempre seguindo a lógica: SE algo é verdadeiro, o resultado é A, SE falso, B. Há duas formas de usá-la: da maneira simples e da maneira composta, em que uma série de funções SE, ou mesmo diferentes, podem ser escritas uma dentro da outra. Função SE é uma das mais usadas do Microsoft Excel — Foto: Divulgação/Microsoft A primeira forma de uso que veremos é a simples. Para isso, é legal conhecer a sintaxe correta da função:

=SE(teste lógico,,)

Não se assuste, a tradução para isso é:

  • “teste lógico”: aqui você vai explicitar uma condição para a sua análise. Você pode pedir para a função comparar valores, por exemplo: se encontrar um valor acima de X, o resultado será um, se encontrar um valor abaixo de X, o resultado será outro.
  • “valor se verdadeiro”: caso a função encontre um valor maior que X, ela vai considerar o cálculo verdadeiro, e vai exibir o que quer que você coloque entre os,
  • “valor se falso”: pelo contrário, se o valor encontrado for inferior a X, ela exibe o texto compreendido entre esses dois,