Com Base Na Tabela Periodica A Seguir Identifique O Simbolo Dos Elementos?

Com Base Na Tabela Periodica A Seguir Identifique O Simbolo Dos Elementos

Como identificar os elementos da tabela periódica?

Resumo sobre a Tabela Periódica –

A Tabela Periódica organiza todos os elementos já descobertos pelos seres humanos. Os elementos químicos são colocados em ordem crescente de número atômico. Nas suas colunas, chamadas de grupos, estão os elementos com propriedades físico-químicas semelhantes. Nas suas linhas, chamadas de períodos, está indicada a camada eletrônica mais energética do elemento. A Tabela tem várias subdivisões, diferenciando os elementos em metal ou ametal, representativos ou de transição, além de subdividi-los de acordo com sua distribuição eletrônica. A Tabela Periódica foi desenvolvida pelo químico russo Dmitri Mendeleev, em 1869, e foi sendo aprimorada ao longo dos anos até sua forma atual.

Quais os símbolos dos elementos químicos?

Todos os Elementos Químicos

Elemento Símbolo Massa Atômica
Alumínio Al 26,9815
Amerício Am (243)
Antimônio Sb 121,75
Argônio Ar 39,948

Quais são os nomes dos elementos da tabela periódica?

Grupo 1: lítio, sódio, potássio, rubídio, césio, frâncio. Grupo 2: berílio, magnésio, cálcio, estrôncio, bário, rádio. Grupo 3: escândio, ítrio, série dos lantanídeos e série dos actinídeos. Grupo 4: titânio, zircônio, háfnio e rutherfórdio.

O que cada elemento da tabela periódica representa?

Cada elemento químico da tabela periódica é identificado por um número atômico, que corresponde ao número de prótons (carga positiva) do átono do elemento. Quando o átomo estiver em seu estado fundamental, o número de elétrons (carga negativa) sempre será igual ao número de prótons.

Qual a família 1 a?

Elementos químicos pertencentes a família 1A Esse grupo é formado por seis elementos: Lítio (Li), Sódio (Na), Potássio (K), Rubídio (Rb), Césio (Cs) e Frâncio (Fr).

Qual o nome da família 3a?

Família do boro – Manual da Química Família do Boro, ou família IIIA, é o termo utilizado em referência aos elementos químicos localizados no grupo 13 (13ª coluna vertical) da tabela periódica, a saber:

Boro (sigla B, cujo número atômico é 5) Alumínio (sigla Al, cujo número atômico é 13) Gálio (sigla Ga, cujo número atômico é 31) Índio (sigla In, cujo número atômico é 49) Tálio (sigla Tl, cujo número atômico é 81) Nihônio (sigla Nh, cujo número atômico é 113)

Trata-se de uma família que apresenta seis elementos químicos, os quais estão posicionados a partir do segundo período da tabela até o sétimo.Por ser uma das oito famílias do tipo A, todos os elementos químicos da família do boro são também elementos representativos, já que não apresentam os subníveis d ou f como mais energéticos. Características dos elementos químicos da família do Boro

Alumínio, Gálio, Índio e Tálio são metais; Os metais dessa família apresentam NOX fixo igual a +3; O elemento boro apresenta NOX que pode variar de -3 a +3, é um elemento de natureza ametálica e o mais eletronegativo, de maior, maior e de menor ; O nihônio é o elemento de maior raio atômico, maior caráter metálico, maior eletropositividade, menor afinidade eletrônica e de menor energia de ionização; Todos os elementos dessa família estão no estado sólido em temperatura ambiente; Possuem sempre três elétrons na camada de valência, sendo dois no subnível s e um no subnível p, como podemos observar nas distribuições eletrônicas do Alumínio e do Índio a seguir: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

Trata-se de uma família que foi completada (o sétimo período) apenas no ano de 2016, quando a União Internacional da Química Pura e Aplicada (IUPAC) reconheceu e incluiu o elemento nihônio; Dos seis elementos presentes na família, apenas o nihônio não é natural, ou seja, é produzido em laboratório; O elemento nihônio é denominado de por ser um elemento sintético de número atômico maior que o do urânio, que apresenta número atômico igual a 92; O elemento nihônio é o único de natureza radioativa.

Algumas aplicações dos elementos químicos da família do boro

Boro: utilizado, por exemplo, na fabricação de ácido bórico e na indústria eletrônica para controlar a condução de corrente elétrica em materiais como silício e germânio; Alumínio: utilizado, por exemplo, na produção de latas para bebidas, utensílios domésticos e na construção civil; Gálio: utilizado, por exemplo, na produção de espelhos, LED e na formação de ligas metálicas de baixo ponto de fusão; Índio: utilizado, por exemplo, na medicina nuclear (no diagnóstico de tumores) e na construção de espelhos e painéis eletroluminosos; Tálio: utilizado, por exemplo, em equipamentos detectores de radiação gama e no tratamento de algumas infecções da pele; Nihônio: não possui nenhuma utilização proposta ainda.

You might be interested:  Tabela De Jogos Da Copa?

Por Me. Diogo Lopes Dias Por Diogo Lopes Dias : Família do boro – Manual da Química

O que e símbolo químico exemplos?

Um símbolo químico consiste em cada uma das abreviaturas formadas por uma ou duas letras que se utilizam para designar os elementos químicos e que na sua maioria procedem da designação grega ou latina desses elementos. Por exemplo, H (hydrogenes) para o hidrogénio.

Quais são elementos químicos?

O que são elementos químicos? – Os elementos químicos são um conjunto de átomos que possuem o mesmo número atômico (Z), ou seja, igual quantidade de prótons no núcleo, e que, por isso, possuem as mesmas propriedades físico-químicas. O átomo é a menor partícula possível capaz de manter as propriedades que caracterizam um elemento químico.

  1. Atualmente, 118 elementos químicos são conhecidos e todos estão representados na Tabela Periódica dos elementos químicos.
  2. Do total de elementos conhecidos, 92 deles são encontrados na natureza e 26 deles foram criados em laboratório de forma artificial.
  3. Os nomes dos elementos químicos e os símbolos associados possuem diferentes origens.

Muitos deles derivam dos respectivos nomes nos idiomas grego e latim. Por exemplo, o elemento chumbo é representado pelo símbolo Pb em razão de seu nome em latim ser plumbum, que significa pesado. Outros elementos foram nomeados em homenagem aos cientistas que o descobriram ou ao local da descoberta.

Como saber o nome dos elementos?

Representação – Todos os elementos químicos conhecidos estão presentes na tabela periódica, Eles são representados por uma sigla, onde a primeira letra é maiúscula. Se essa sigla tiver duas letras, a segunda será minúscula, por exemplo:

Elemento Ferro – sigla Fe.

Além disso, na tabela periódica são indicadas algumas informações importantes sobre o elemento. As principais são: nome, símbolo, número atômico, massa atômica e distribuição eletrônica.

Qual e o nome dos elementos?

Todos os Elementos Químicos

Elemento Símbolo Massa Atômica
Enxofre S 32,064
Érbio Er 167,26
Escândio Sc 44,956
Estanho Sn 118,69

O que significa a letra Z na tabela periódica?

O que é número atômico? O número atômico, simbolizado pela letra Z, corresponde à quantidade de prótons existentes no núcleo do átomo de determinado elemento químico. Por exemplo, o número atômico do hidrogênio é 1, o que significa que ele possui somente 1 próton em seu núcleo atômico.

  1. O número atômico costuma aparecer ao lado do símbolo do elemento químico subscrito (no canto inferior) à esquerda.
  2. Exemplo: 1 H.
  3. No estado fundamental, o número atômico é igual à quantidade de elétrons, tendo em vista que nesse estado o elemento é neutro, portanto, a quantidade de cargas positivas (prótons) precisa ser igual à quantidade de cargas negativas (elétrons) do átomo.

O número atômico é importante porque é ele que determina as principais características e propriedades do elemento, além do seu comportamento e localização na Tabela Periódica. Os elementos estão alistados na Tabela Periódica em ordem crescente de número atômico, que geralmente aparece acima do elemento, como mostrado abaixo. Número atômico dos elementos na Tabela Periódica Inclusive, podemos conceituar um elemento químico como sendo “um conjunto de átomos que possui o mesmo número atômico”. Desse modo, quando falamos, por exemplo, no elemento químico oxigênio, estamos falando dos átomos com número atômico 8. Elementos químicos dos períodos 1 e 2 da Tabela Periódica em ordem crescente de número atômico Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 Os números atômicos foram definidos inicialmente pelo físico inglês Henry Gwyn Jeffreys Moseley (1887-1915), sendo que ao realizar experiências envolvendo o bombardeamento de vários elementos químicos com raios X, ele observou que a raiz quadrada da frequência dos raios X produzidos pela emissão do núcleo atômico era diretamente proporcional ao número atômico do elemento na Tabela Periódica.

Por exemplo, quando partículas (principalmente os nêutrons moderados) são bombardeadas sobre um núcleo atômico pesado e instável, esse núcleo é quebrado e origina dois núcleos atômicos menores, ou seja, com um número de prótons e nêutrons menor, liberando uma quantidade colossal de energia.Já a fusão nuclear é o processo contrário, é quando dois núcleos pequenos e leves unem-se, originando um núcleo maior e mais estável, liberando uma quantidade ainda maior de energia.Assim, sempre que ocorrem essas reações nucleares, originam-se novos elementos químicos, pois os números atômicos dos elementos iniciais são diferentes dos números atômicos dos elementos finais. Por exemplo, veja abaixo que a fissão do urânio-235 de número atômico 92 dá origem ao bário (Z = 56), ao criptônio (Z = 36) e a três nêutrons: Reação de fissão nuclear do urânio-235 Por Jennifer Fogaça Graduada em Química

You might be interested:  Tabela Da Copa Do Catar?

: O que é número atômico?

Que nome recebem as famílias 1 2 13 14 15 16 17 e 18?

Elementos representativos – Os elementos representativos apresentam um comportamento químico relativamente menos complexo que os elementos de transição e formam a maioria das substâncias que nos rodeiam. Algumas das famílias de elementos representativos recebem nomes especiais, conforme vemos a seguir:

Grupo Família Nome específico Origem do nome Elementos Configuração eletrônica
1 1A Metais alcalinos Do latim alcali, que significa “cinza de plantas”. Li, Na, K, Rb, Cs e Fr ns 1 (com n 1)
2 2A Metais alcalinoterrosos O termo “terroso” refere-se a “existir na terra”. Be, Mg, Ca, Sr, Ba e Ra ns 2 (com n 1)
13 3A Família do Boro Nome do primeiro elemento da família. B, Al, Ga, In, Tl e Nh. ns 2 np 1
14 4A Família do Carbono Nome do primeiro elemento da família. C, Si, Ge, Sn, Pb e Fl. ns 2 np 2
15 5A Família do Nitrogênio Nome do primeiro elemento da família. N, P, As, Sb, Bi e Mc. ns 2 np 3
16 6A Calcogênios Do grego khalkós, pois são elementos encontrados em minérios de cobre. O, S, Se, Te, Po e Lv. ns 2 np 4
17 7A Halogênios Expressão grega que significa formadores de sais. F, Cl, Br, I, At e Ts. ns 2 np 5
18 Gases Nobres Considerava-se que não reagia com outras substâncias. He, Ne, Ar, Kr, Xe, Re e Og. 1s 2 (He) ou ns 2 np 6 (se n>1)

Através da tabela, podemos observar que:

Os elementos apresentados acima são classificados em representativos por apresentarem o elétron mais energético em um subnível s ou p,Os elétrons distribuem-se por níveis de energia e n representa o nível mais externo do átomo no estado fundamental.Os elementos representativos, segundo a recomendação da IUPAC, pertencem aos grupos ou famílias 1,2,13,14,15,16,17 e 18.

O hidrogênio é classificado à parte dos outros elementos. Mesmo possuindo configuração eletrônica 1s 1, ele não faz parte do grupo 1 por apresentar um comportamento singular.

Qual e a família 2 a?

GRUPOS OU FAMÍLIAS – São as dezoito colunas verticais que aparecem na tabela. Algumas famílias têm nome especial, a saber:

  • Família 1A (ou 1): metais alcalinos – Li, Na, K, Rb, Cs, Fr.
  • Família 2A (ou 2): metais alcalinos terrosos – Be, Mg, Ca, Sr, Ba, Ra.
  • Família 6A (ou 16): calcogênios – O, S, Se, Te, Po.
  • Família 7A (ou 17): halogênios – F, Cl, Br, I, At.
  • Família 8A (ou zero, ou 18): gases nobres – He, Ne, Ar, Kr, Xe, Rn.

Qual e o nome da família 1A 2A 3A 4A 5A 6A 7A 8A?

Elementos representativos

Grupo Família Nome específico
1 1A Metais alcalinos
2 2A Metais alcalinoterrosos
13 3A Família do Boro
14 4A Família do Carbono

Qual e a designação genérica dada aos elementos dos grupos 1 2 13 14 15 16 17 18 da tabela periódica?

Elementos representativos são todos os elementos químicos pertencentes aos grupos 1, 2, 13, 14, 15, 16, 17 e 18, também conhecidos como famílias IA, IIA, IIIA, IVA, VA, VI, VIIA e VIIIA, respectivamente. Posicionamento dos elementos representativos na Tabela Periódica Os elementos representativos também podem ser reconhecidos pelo seu subnível mais energético, que só pode ser s ou p,

Famílias dos elementos representativos

→ Família IA, 1A ou metais alcalinos A família IA da Tabela Periódica é denominada de família dos metais alcalinos, São chamados assim por serem metais e por formarem bases de Arhenius. Os elementos representativos da família IA são:

Lítio ( 3 Li) Sódio ( 11 Na) Potássio ( 19 K) Rubídio ( 37 Rb) Césio ( 55 Cs) Frâncio ( 87 Fr)

Esses elementos possuem o subnível s 1 como o mais energético, como podemos observar na distribuição eletrônica do lítio a seguir: → Família IIA, 2A ou metais alcalinoterrosos Esses elementos são chamados de alcalinoterrosos porque possuem natureza metálica os óxidos formados por eles durante muito tempo foram chamados de terra. Os metais alcalinoterrosos são:

Berílio ( 4 Be) Magnésio ( 12 Mg) Cálcio ( 20 Ca) Estrôncio ( 38 Sr) Bário ( 56 Ba) Rádio ( 88 Ra)

Esses elementos possuem o subnível s 2 como o mais energético, como podemos observar na distribuição eletrônica do magnésio a seguir: → Família IIIA, 3A ou família do boro A família IIIA é denominada de família do boro ou dos aluminoides porque tanto o boro como o alumínio são os mais facilmente encontrados na natureza. Vale dizer que o boro é o único elemento não metálico da família. Os elementos representativos da família IIIA são:

You might be interested:  Tabela Do Brasileirão 2022 Série A Flamengo?

Boro ( 5 B) Alumínio ( 13 Al) Gálio ( 31 Ga) Índio ( 49 In) Tálio ( 81 Tl) Ninhônio ( 113 Nh)

Esses elementos possuem o subnível p 1 como o mais energético, como podemos observar na distribuição eletrônica do boro a seguir: → Família IVA, 4A ou família do carbono A família IVA é denominada de família do carbono porque esse elemento é o mais facilmente encontrado na natureza e apresenta caraterísticas importantíssimas. O carbono e o silício são os únicos elementos não metálicos dessa família. Os elementos representativos da família IVA são:

Carbono ( 6 C) Silício ( 14 Si) Germânio ( 32 Ge) Estanho ( 50 Sn) Chumbo ( 82 Pb) Fleróvio ( 114 Fl)

Esses elementos possuem o subnível p 2 como o mais energético, como podemos observar na distribuição do silício a seguir: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 → Família VA, 5 A ou família do nitrogênio A família VA é denominada de família do nitrogênio porque esse elemento é o único capaz de formar uma substância simples binária (cujas moléculas apresentam dois átomos). O nitrogênio, fósforo e arsênio não possuem natureza metálica. Os elementos representativos da família VA são:

Nitrogênio ( 7 N) Fósforo ( 15 P) Arsênio ( 33 As) Antimônio ( 51 Sb) Bismuto ( 83 Bi) Moscóvio ( 115 Mc)

Esses elementos possuem o subnível p 3 como o mais energético, como podemos observar na distribuição eletrônica do nitrogênio a seguir: → Família VIA, 6A ou família dos calcogênios A família VIA é denominada família dos calcogênios porque seus elementos comumente formam sais com o metal cobre. São eles:

Oxigênio ( 8 O) Enxofre ( 16 S) Selênio ( 34 Se) Telúrio ( 52 Te) Polônio ( 84 Po) Livermório ( 116 Lv)

Esses elementos possuem o subnível p 4 como o mais energético, como podemos observar na distribuição do enxofre a seguir: → Família VIIA, 7A ou família dos halogênios Os elementos essa família comumente formam sais diversos. Todos possuem característica não metálica, que é menor ainda no polônio, no astato e no tenessino. Os elementos representativos da família VIIA são:

Flúor ( 9 F) Cloro ( 17 Cl) Bromo ( 35 Br) Iodo ( 53 I) Astato ( 85 At) Tenessino ( 117 Te)

Esses elementos possuem o subnível p 5 como o mais energético, como podemos observar na distribuição eletrônica do flúor a seguir: → Família VIIIA, 8A ou dos gases nobres Os elementos dessa família são comumente encontrados no estado gasoso e possuem alta dificuldade de reagir quimicamente com outros átomos ou grupos moleculares. Os elementos representativos da família VIIIA são:

Hélio ( 2 He) Neônio ( 10 Ne) Argônio ( 18 Ar) Criptônio ( 36 Kr) Xenônio ( 54 Xe) Radônio ( 86 Rn) Oganosseno ( 118 Og)

Esses elementos possuem o subnível p 6 como o mais energético, como podemos observar na distribuição eletrônica do neônio a seguir: OBS.: O hélio faz parte da família VIIIA, mas apresenta o subnível s 2 como o mais energético, já que apresenta número atômico igual a 2. Por Me. Diogo Lopes Dias Videoaula relacionada:

Como identificar um metal na tabela periódica?

Diferenças entre metais e ametais – Todos os elementos da Tabela Periódica podem ser classificados em metais ou ametais, Os ametais são um grupo de elementos químicos que possuem propriedades físico-químicas opostas às dos metais. A tabela abaixo reúne as principais diferenças entre esses dois grupos.

Metais Ametais
Estado físico (a 20 °C) Sólidos (exceto mercúrio) Sólidos, líquidos e gasosos
Aparência visual Brilhosos Opacos
Capacidade de deformação Maleáveis e dúcteis Quebradiços
Condução elétrica e térmica Bons condutores Maus condutores
Energia de ionização Baixa (perdem elétrons com facilidade) Alta (não perdem elétrons com facilidade)
Eletronegatividade Baixa (fraca tendência em atrair elétrons) Alta (forte tendência em atrair elétrons)

A energia de ionização é uma propriedade que diferencia muito bem os metais dos ametais. Enquanto os metais possuem baixas energias de ionização, perdendo seus elétrons com facilidade, os ametais são bastante eletronegativos, ou seja, têm forte tendência em atrair elétrons de outros átomos ao invés de perder os seus elétrons.

Na Tabela Periódica, os metais ocupam a extremidade esquerda, e os ametais estão posicionados do lado direito da tabela, A exceção é o hidrogênio, que apesar de ser não metal, está posicionado no grupo 1. Importante: Até há algum tempo, era comum encontrar outras subdivisões para classificar os elementos além de em metais e ametais, como em metaloides ou semimetais.

Atualmente, esses termos estão sendo descontinuados na literatura química.

Como saber o número atômico de um elemento químico?

O número atômico equivale ao número de prótons no núcleo do átomo. Logo, ao saber a quantidade de prótons em um átomo, determina-se o valor de Z. Por exemplo, o elemento cálcio possui em seu núcleo 20 prótons e 20 nêutrons. Logo, seu número atômico é igual a 20.