Como Criar Tabela Calendario No Power Bi?

Como Criar Tabela Calendario No Power Bi

Qual a função DAX que cria automaticamente uma tabela de calendário?

Gerar com o DAX – Você pode gerar uma tabela de data em seu modelo criando uma tabela calculada usando as funções DAX CALENDAR ou CALENDARAUTO, Cada função retorna uma tabela de data de coluna única. Em seguida, você pode estender a tabela calculada com colunas calculadas para dar suporte aos requisitos de filtragem e agrupamento de intervalo de datas.

Use a função CALENDAR quando desejar definir um intervalo de datas. Passe dois valores: a data de início e a data de término. Esses valores podem ser definidos por outras funções DAX, como MIN(Sales) ou MAX(Sales), Use a função CALENDARAUTO quando desejar que o intervalo de datas abranja automaticamente todas as datas armazenadas no modelo. Você pode passar um único parâmetro opcional que seja o mês final do ano (se for um ano civil, que termina em dezembro, não será necessário passar um valor). Essa é uma função útil, pois garante que os anos completos das datas sejam retornados – esse é um requisito para uma tabela de data marcada. Além disso, você não precisa gerenciar a extensão da tabela para anos futuros: quando uma atualização de dados é concluída, ela dispara o recálculo da tabela. Um recálculo estenderá automaticamente o intervalo de datas da tabela quando as datas de um novo ano forem carregadas no modelo.

Porque criar uma tabela calendário no Power BI?

Criando uma tabela Calendário no Editor de Consultas do Power BI É imprescindível que haja uma tabela calendário em seus relatórios do Power BI, contendo a dimensão tempo de forma linear e contínua, para que as funções DAX de inteligência temporal funcionem corretamente. Para isto, clique no botão ” Editar Consultas “, localizado dentro do Grupo de Comandos ” Dados Externos “, no menu ” Página Inicial “. Já no Editor de Consultas, clique no botão ” Nova Fonte ” e escolha a opção ” Consulta Nula “, para abrir uma consulta em branco: Este procedimento também pode ser realizado diretamente pela página inicial do relatório do Power BI: na página inicial, procure o Grupo de Comandos Dados Externos e clique no botão Obter Dados, No submenu, clique em Consulta Nula.

  • Para criarmos a tabela calendário do “zero” começaremos utilizando uma função da “Linguagem M”: List.Dates
  • É sempre importante lembrar que a Linguagem M é case-sensitive (difere caracteres maiúsculos e minúsculos), portanto, a função deve ser digitada exatamente da forma como está escrita, com as iniciais maiúsculas.
  • A consulta em branco criada aparecerá à esquerda, na seção ” Consultas ” do Editor de Consultas, com o nome ” Consulta1 “, até que você altere o mesmo.
  1. A função deverá escrita na Barra de Fórmulas, destacada em azul na imagem anterior, e exatamente da maneira descrita anteriormente, com as inicias maiúsculas e precedida pelo sinal de igual ” = “,
  2. Uma vez corretamente digitada, você pode simplesmente apertar a tecla ” Enter “, ou clicar no botão ” fx ” da Barra de Fórmulas, localizado à esquerda da função, para invocar a mesma.
  3. De qualquer forma, a seguinte tela se abrirá no centro do Editor de Consultas :

Os seguintes parâmetros são exigidos: Start : indica a data inicial da tabela calendário. O ponto de partida. Count: indica a quantidade total de datas que a tabela calendário conterá. O seu período total de abrangência. Step: indica a granularidade com que as datas se sucederão, se de um em um, de dois em dois dias, de três em três, ou como se desejar, dado o contexto.

  • O ideal é 1, para que a linha do tempo fique completa e sem lacunas.
  • E como determinar estes parâmetros? É lógico que há diversas formas de fazer isto, mas em princípio vamos nos ater ao meio mais convencional.
  • O Start, ou a data inicial da tabela, deve estar em consonância com o intervalo de tempo da ‘ Tabela Fato ‘ do relatório, ou seja, no mínimo, deve começar na mesma data do primeiro fato registrado.

Ela também pode conter datas anteriores, sem problemas. Dependerá do contexto. Para efeito de simplificação do raciocínio, sugere-se adotar o dia 1º de janeiro do mesmo ano em que esteja o primeiro registro da ‘ Tabela Fato ‘.

  • O Count, que é o parâmetro que indica a abrangência da tabela calendário, é o mais complicado de se determinar: tenha sempre em mente que sua tabela fato crescerá, portanto, haverá a necessidade de se ter a linha do tempo abrangendo este período.
  • Supondo então que o primeiro registro da nossa ‘ Tabela Fato ‘ seja de 2016, por exemplo, o nosso Start será 01/01/2016 e o nosso Count será o número total de dias contidos num período de 5 anos a contar desta data.
  • Vamos utilizar o Excel para calcular rapidamente este número de dias:
  • Contando 5 anos, a partir de 2016, chegamos em 2020, então, no Excel, digite na célula A1 a data de 01/01/2016 e na célula B1 a data de 31/12/2020, como mostra a próxima imagem:

Na célula C1 faça uma subtração do conteúdo da célula B1 pelo conteúdo da célula A1 e clique em ” Enter “: a fórmula te retornará o número de dias que precisamos para o nosso parâmetro Count : 1826 Retornando agora à nossa função no Editor de Consultas: Com os três parâmetros devidamente determinados na tela, basta clicar no botão ” Invocar”. A sua tela se alterará para o seguinte aspecto: É importante observar estas alterações. No centro, você agora estará vendo uma Lista com as datas que foram criadas. Esta lista estará denominada como ” Função Invocada”. À esquerda, na seção ” Consultas”, você verá que a consulta em branco, gerada incialmente, estará aparecendo como uma função, denominada ” Consulta1 ” e precedida pelo símbolo ” fx ” que indica funções. Clique no cabeçalho da Lista de datas criadas e perceba que um menu contextual aparecerá na parte superior do seu Editor de Consultas, denominado ” Ferramenta de Lista “: Este menu contextual dá acesso à algumas funcionalidades adicionais, e vamos utilizar o comando ” Para a Tabela “, no Grupo de Comandos ” Converter “, para convertermos nossa Lista em uma Tabela e dar prosseguimento à criação da nossa tabela Calendário Lembre-se de clicar no cabeçalho da Lista antes de clicar no comando ” Para a Tabela “.

A seguinte janela se abrirá no centro da tela, e nenhuma alteração é necessária nesta etapa, bastando clicar em ” Ok”: Note que o cabeçalho da Lista se alterará: Com este procedimento alteramos o objeto criado, passando de uma ” Lista ” para uma ” Tabela “, com o qual podemos trabalhar de forma à atender nosso objetivo.

Clique duas vezes sobre a expressão ” Column1 “, para renomear o cabeçalho. Digite ” Data “. Em seguida, clique no botão ” ABC123 “, à esquerda do nome do cabeçalho para abrir o menu contextual mostrado na figura ao lado, e escolha o tipo ” Data “, destacado em cinza e amarelo.

  • Aqui estamos tipificando os dados como data, o que nos permitirá criar as demais colunas de nossa tabela.
  • É de extrema importância tipificar corretamente os dados com os quais se esteja trabalhando dentro do Editor de Consultas, pois isto permitirá a correta utilização dos mesmos posteriormente.
  • Não seria possível, como veremos em seguida, criar outras informações temporais partindo de um dado não tipificado como “DATA” ou tipificado erroneamente como “Texto” ou outra variável.
You might be interested:  Tabela De Número De Calçados Brasil Estados Unidos?

Daqui em diante vamos inserir as demais colunas de nossa tabela. Para isto, vamos acessar o menu ” Adicionar Colunas ” na parte superior do Editor de Consultas, e procurar o Grupo de Comandos ” Data e Hora “, localizado na extremidade direita da faixa de opções.

  1. Nele, vamos procurar o comando ” Data”, destacado em amarelo na próxima imagem: Clique neste comando para abrir o submenu que aparece na mesma imagem.
  2. Novamente lembrando de clicar no cabeçalho da nossa coluna ” Data “, em seguida abra o conjunto ” Ano ” do submenu, e escolha a opção ” Ano “.
  3. Uma nova coluna aparecerá em nossa tabela, contendo apenas o ano correspondente à cada data da coluna “Data”.

Ou seja, através deste comando, extraímos apenas o ano de cada data, e o inserimos numa nova coluna. Há outras opções, mas vamos ficar apenas com esta, em princípio. Em seguida, vamos marcar novamente a coluna “Data”, e depois vamos acessar o conjunto “Mês” do comando ” Data ” e escolher a opção Mês,

  1. Com isto, uma nova coluna, com o número correspondente ao mês de cada data da coluna “Data” será inserida na tabela.
  2. Ainda neste conjunto de opções, marque novamente a coluna “Data” e escolha a opção ” Nome do Mês “.
  3. Nossa tabela agora estará com o seguinte aspecto:

Marque novamente a coluna ” Data ” e volte ao comando ” Data ” para acessarmos o próximo conjunto de opções: DIA Neste conjunto trabalharemos sucessivamente com as seguintes opções: Dia, Dia da Semana e Nome do Dia, Para cada etapa será necessário retornar e marcar a coluna ” Data ” original, para que o comando entenda o ponto de partida, a origem da informação que está sendo inserida.

Resumindo, marque a coluna ” Data ” e clique em ” Dia “. Marque a coluna ” Data ” novamente, e clique em ” Dia da Semana “. Marque uma última vez a coluna ” Data ” e clique em ” Nome do Dia “. Ao final, nossa tabela estará com o seguinte layout: Há diversas outras opções que podem ser inseridas através do comando ” Data “, mas estas podem ser consideradas fundamentais para possibilitar a composição de uma análise de dados razoavelmente abrangente.

Você poderá explorar estas outras opções posteriormente, como melhor lhe convier dentro do contexto do trabalho que esteja realizando. Em seguida, para finalizarmos, procure no menu ” Página Inicial “, o comando ” Fechar e Aplicar “, destacado em amarelo na próxima imagem: Com este comando, nós fecharemos o Editor de Consultas e retornaremos à interface principal do Power BI, onde realizaremos outros dois procedimentos simples, para completarmos nossa tabela calendário.

Por padrão, as colunas “Nome do Mês” e “Nome do Dia”, que correspondem ao mês e ao dia da semana, aparecerão listadas em ordem alfabética, uma vez que contém dados do tipo TEXTO. Mas esta ordenação não atende às demandas analíticas, e pode causar transtornos. Para resolver isto, utilizaremos o seguinte recurso: Na seção ” Campos “, localizada à direita da tela, marque o campo ” Nome doMês”, que corresponde ao mês, e procure no menu ” Modelagem “, na parte superior da tela, o Grupo de Comandos ” Classificar ” e clique no comando ” Classificar por Coluna ” para abrir o submenu: Escolha a opção “Mês” que é a coluna que contém o número do mês.

Desta forma os meses serão ordenados por esta sequência numérica, estabelecendo uma ordem cronológica, e não em ordem alfabética, e aparecerão corretamente ao ser utilizados em gráficos e tabelas. Repita o mesmo procedimento para o campo ” Nome do Dia ” que corresponde ao dia da semana, desta vez, escolhendo no submenu a opção “Dia da Semana”, para que os dias da semana também sejam listados na ordem correta, e não em ordem alfabética.

  • Como sugestão, renomeie a coluna ” Mês ” para ” Nº Mês ” e em seguida a coluna ” Nome do Mês ” apenas para ” Mês “, pois quando estamos analisando os dados e construindo visualizações, associamos a palavra ” Mês ” ao nome do mês propriamente dito, e não ao seu número como estará aparecendo de fato, devido ao processo de construção da tabela e sua nomenclatura original.
  • Da mesma forma sugere-se fazer isto para as colunas ” Dia da Semana ” e ” Nome do Dia “.
  • Como boa prática, sugere-se também ocultar da exibição do relatório, posteriormente, as colunas renomeadas que contenham os números referentes aos meses e aos dias da semana, pois na prática, elas quase nunca são usadas.
  • Com isto, você terá uma tabela funcional, útil e numa visualização limpa e de fácil assimilação, contribuindo para uma melhor análise dos dados em questão, e potencializando o uso das funções DAX de inteligência temporal.
  • Uma pergunta que fica após a finalização do processo é: terei que repetir todo este procedimento à cada vez que construir um novo projeto do Power BI?
  • Não.
  • Como dito no início, há inúmeras formas de inserir uma tabela calendário em um projeto do Power BI e aqui estamos abordando apenas uma delas.
  • Neste contexto, a vantagem de ter uma tabela calendário inserida diretamente dentro do modelo, é que ela se torna uma fonte de dados à menos para ser atualizada.
  • Uma forma interessante de não ter que repetir todo o processo à cada novo projeto, é utilizar um repositório como o OneNote para armazenar o código em “M” gerado durante o processo de construção da tabela:
You might be interested:  Audi A3 2015: Tabela Fipe?

Em um novo projeto, repita os primeiros passos, apenas gerando uma consulta em branco para acrescentar a função List.Dates: Certifique-se de nomear esta função da mesma forma que está em seu código: Em seguida abra uma nova consulta nula, na qual você poderá inserir o código armazenado no OneNote.

  1. Clique no botão ” Editor Avançado ” para abrir a janela de edição do código “M”, e poder manipulá-lo: Então selecione todo o texto que está nesta janela: E cole por cima o seu código, previamente armazenado no OneNote: Finalize clicando no comando “Concluído” no rodapé da janela.
  2. Após o fechamento da janela de edição do código “M”, você verá sua tabela calendário carregada no Editor de Consultas.

Basta renomeá-la, e carrega-la por fim, ao modelo de dados de seu novo projeto. : Criando uma tabela Calendário no Editor de Consultas do Power BI

Como criar tabela calendário no Power Query?

Criando a dCalendario no Power Query – Antes de mais nada, abra o Power Query, Com ele aberto, clique em Nova Fonte e escolha a opção Consulta Nula, Dessa forma, vamos poder construir a nossa dCalendario do 0 (zero). Para isso, a gente deve utilizar uma função chamada List.Dates, que possui os seguintes parâmetros: O primeiro parâmetro é a data inicial. O segundo é a quantidade de registros que essa lista vai ter. O terceiro é a diferença entre cada registro. Portanto, para a gente criar a nossa dCalendario, precisamos definir uma data válida no primeiro parâmetro, a quantidade de registros, e informar que a distância entre cada registro é um dia. O resultado será a figura abaixo. Nós temos uma lista que começa na data que especificamos, com a quantidade de registros informada e a diferença entre cada um da forma que definimos. A lista começa no dia 21/03/2012 e vai até o dia 30/03/2012. Um ponto a observar é que a quantidade de registros conta com a primeira data. Vamos reparar na barra de fórmulas e ver o código que essa função retornou. O primeiro parâmetro é a data. Para isso, a função gerou uma constante de data utilizando a expressão #date. O segundo parâmetro é a quantidade de registros, um número fixo de 10. E o terceiro é a distância temporal entre um registro e outro. Os formatos dessas expressões são:

  1. #date(ano, mês, dia);
  2. #duration(dia, hora, minuto, segundo)

Vamos personalizar a nossa lista de datas. Copie o código gerado e renomeie a consulta em branco para dCalendario. Abra o editor avançado e adicione o código de antes no parâmetro da função List.Dates, conforme a imagem abaixo. Explore novas possibilidades. Altere a data e a quantidade de dias para entender o comportamento dessa função.

O que é uma dCalendario?

O que é uma dCalendario? – Agora que você já sabe o que são tabelas fatos e dimensões, está pronto(a) para entender o conceito da dCalendario. A gente viu que uma dimensão armazena todas as informações referentes ao atributo. No caso, o atributo é o tempo.

  1. Portanto, uma dCalendario é uma tabela dimensão que irá conter todas as informações relativas à data; tais como, o ano, o número do mês, o nome do mês, o dia, o dia da semana, e quaisquer outras informações que forem relevantes de acordo com a regra de negócio.
  2. O objetivo de uma dCalendario é poder filtrar os dados do nosso relatório por meio de qualquer unidade de tempo.
  3. O objetivo de uma dCalendario é poder filtrar os dados do nosso relatório por meio de qualquer unidade de tempo.

Como colocar Calendário automático no Excel?

No menu Arquivo, clique em Novo a partir do Modelo. No lado direito, na caixa de pesquisa Pesquisar Todos os Modelos, digite Calendário. Escolha um modelo de calendário que você deseja e clique em Criar.

Como Automatizar datas Excel?

Usar a Alça de Preenchimento –

Selecione a célula que contém a primeira data. Arraste a alça de preenchimento ao longo das células adjacentes que você deseja preencher com datas sequenciais. Selecione a alça de preenchimento no canto inferior direito da célula, mantenha pressionado e arraste para preencher o restante da série. Alças de preenchimento podem ser arrastadas para cima, para baixo ou em toda uma planilha.

Qual a necessidade de criar um calendário?

Um calendário ajuda a planejar o ano, os meses, as semanas, os dias e ajuda a pessoa a ter uma base na qual pode se orientar e entender como está a sua agenda.

You might be interested:  Plano De Saúde Mei Tabela 2021 Unimed?

Como inserir calendário em lista suspensa no Excel 365?

Inserir um selecionador de data em um modelo de formulário que é baseado em uma fonte de dados existente – Se você basear o design do seu modelo de formulário em um arquivo existente do Extensible Markup Language (XML), banco de dados ou serviço da Web, o InfoPath deriva os campos e grupos no painel de tarefas Fonte de dados existente fonte de dados.

  1. No modelo de formulário, coloque o cursor onde você deseja inserir o controle.
  2. Se o painel de tarefas Controles não estiver visível, clique em Mais Controles no menu Inserir, ou pressione ALT+I, C.
  3. Em Inserir controles, clique em Selecionador de data,
  4. Na caixa de diálogo Vinculação de selecionador de data, selecione o campo no qual você deseja armazenar os dados de selecionador de data e clique em Okey,
  5. Como o rótulo do controle, o InfoPath usa o nome do campo ou grupo. Se necessário, altere o texto do rótulo.
  6. Para especificar a maneira que a data é exibida no formulário, clique duas vezes o selecionador de data que foi inserido no modelo de formulário.
  7. Na guia dados, clique em Formatar,
  8. Na caixa de listagem Exibir a data assim, na caixa de diálogo formato de data, clique no formato de exibição desejado. Observação: Você pode alterar o formato de exibição da data somente se o tipo de dados for texto, data, ou data e hora.

Dica: Você também pode usar o painel de tarefas Fonte de dados para inserir controles. No painel de tarefas Fonte de dados, clique com botão direito no campo que você deseja vincular o selecionador de data para e clique em Seletor de data no menu de atalho. Início da página

O que são datas contíguas?

Que se toca por um lado.2. Imediato; próximo.

Como colocar calendário em planilha?

Criar um calendário anual de uma única página – Importante: As fórmulas existem em todas as células, incluindo as células que aparecem em branco. Essas fórmulas permitem que o calendário seja atualizado automaticamente. Se você alterar manualmente os dados nas células, o calendário não poderá mais ser atualizado automaticamente.

No menu Arquivo, clique em Novo a partir do Modelo, No painel de navegação esquerdo, em TEMPLATES, clique em Gerenciamento de Tempo. Clique duas vezes no modelo calendário de uma página. Excel abre uma nova planilha baseada no modelo de calendário anual de uma única página. Clique na célula que exibe o ano e, na lista pop-up exibida, selecione o ano que você deseja. Quando você faz uma seleção, a planilha de calendário é atualizada automaticamente. Observação: Para alterar os anos disponíveis nessa lista, edite os dados na planilha Lista de Pesquisa. Salve a pasta de trabalho.

Qual é a diferença entre uma tabela de fatos e uma tabela de dimensões?

Uma tabela de dimensões contém uma ou mais colunas de chave, que atuam como um identificador exclusivo, e colunas descritivas. Tabelas de fatos armazenam observações ou eventos e podem ser ordens de vendas, saldos de ações, taxas de câmbio, temperaturas, etc.

Quantos dias tem uma linha completa do calendário?

Calendário Gregoriano Os anos têm 365 dias divididos em 12 meses. Mas, como o ciclo solar tem 365 dias e 6 horas, algumas horas acabam ‘sobrando’ nessa contagem e formam aquele 1 dia a mais incluído nos anos bissextos.

Tem calendário pronto no Excel?

Site da Microsoft disponibiliza modelos prontos de calendário para baixar, customizar e imprimir; veja o passo a passo para fazer download de calendário de 2023 completo – É possível baixar um calendário de 2023 para Excel em poucos cliques. O site da Microsoft disponibiliza modelos grátis com a tabela completa, que também pode ser atualizada automaticamente com as datas de outros anos. Saiba como baixar calendário de 2023 no Excel para personalizar — Foto: Rodrigo Fernandes/TechTudo

O que são datas contíguas?

Que se toca por um lado.2. Imediato; próximo.

Como inserir calendário em lista suspensa no Excel 365?

Inserir um selecionador de data em um modelo de formulário que é baseado em uma fonte de dados existente – Se você basear o design do seu modelo de formulário em um arquivo existente do Extensible Markup Language (XML), banco de dados ou serviço da Web, o InfoPath deriva os campos e grupos no painel de tarefas Fonte de dados existente fonte de dados.

  1. No modelo de formulário, coloque o cursor onde você deseja inserir o controle.
  2. Se o painel de tarefas Controles não estiver visível, clique em Mais Controles no menu Inserir, ou pressione ALT+I, C.
  3. Em Inserir controles, clique em Selecionador de data,
  4. Na caixa de diálogo Vinculação de selecionador de data, selecione o campo no qual você deseja armazenar os dados de selecionador de data e clique em Okey,
  5. Como o rótulo do controle, o InfoPath usa o nome do campo ou grupo. Se necessário, altere o texto do rótulo.
  6. Para especificar a maneira que a data é exibida no formulário, clique duas vezes o selecionador de data que foi inserido no modelo de formulário.
  7. Na guia dados, clique em Formatar,
  8. Na caixa de listagem Exibir a data assim, na caixa de diálogo formato de data, clique no formato de exibição desejado. Observação: Você pode alterar o formato de exibição da data somente se o tipo de dados for texto, data, ou data e hora.

Dica: Você também pode usar o painel de tarefas Fonte de dados para inserir controles. No painel de tarefas Fonte de dados, clique com botão direito no campo que você deseja vincular o selecionador de data para e clique em Seletor de data no menu de atalho. Início da página