Consultando A Tabela Periodica Localize O Grupo A Que Pertencem Os Elementos?

Consultando A Tabela Periodica Localize O Grupo A Que Pertencem Os Elementos

Qual a periódica que agrupa os elementos químicos?

A tabela periódica é uma ferramenta que agrupa todos os elementos químicos, organizados sistematicamente de acordo com suas propriedades químicas e físicas. A versão mais recente da tabela, utilizada pela União Internacional da Química Pura e Aplicada (IUPAC), é composta por 118 elementos químicos.

Como saber o grupo e o período de um elemento?

Períodos e Famílias da Tabela Periódica Na Tabela Periódica, os elementos químicos estão dispostos em ordem crescente de número atômico, o que faz com que eles estejam posicionados em colunas horizontais (períodos) e colunas verticais (famílias). A Tabela Periódica apresenta sete colunas horizontais, portanto, sete períodos, que indicam a quantidade de níveis que um átomo de um elemento apresenta.

Isso quer dizer que, quanto maior o número do período do elemento, maior será a quantidade de níveis que cada um dos átomos do elemento apresenta. Se um determinado elemento está posicionado no 5 o Período da Tabela Periódica, por exemplo, quer dizer que cada um de seus átomos apresenta cinco níveis eletrônicos ou cinco camadas eletrônicas.

Veja alguns exemplos:

Na (terceiro período) = seus átomos apresentam três níveis; Po (sexto período) = seus átomos apresentam seis níveis; H (primeiro período) = seus átomos apresentam um nível; Cu (quarto período) = seus átomos apresentam quatro níveis.

As colunas verticais, que são em número de 18, são denominadas de famílias, A Tabela apresenta 18 colunas, que formam apenas 16 famílias divididas em oito do tipo A e oito do tipo B. Representação das 18 colunas verticais da Tabela Periódica As famílias A são formadas pelas duas primeiras e pelas seis últimas colunas verticais da Tabela. Sendo assim, cada uma das colunas recebe a seguinte indicação:

coluna 1 = Família IA (com exceção do Hidrogenio-quadrado azul na tabela) coluna 2 = Família IIA coluna 13 = Família IIIA coluna 14 = Família IVA coluna 15 = Família VA coluna 16 = Família VIA coluna 17 = Família VIIA coluna 18 = Família VIIIA

Representação das famílias “A” da Tabela Periódica Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 Já as famílias B são compostas pelas colunas de 3 a 12. É importante observar que temos um total de 10 colunas que formam as famílias B. Por que então só consideramos oito famílias? Os elementos químicos que compõem as colunas 8 (coluna do ferro), 9 (coluna do cobalto) e 10 (coluna do níquel) apresentam características semelhantes e, por isso, consideramos essas três colunas como sendo uma única família.

coluna 3 = Família IIIB coluna 4 = Família IVB coluna 5 = Família VB coluna 6 = Família VIB coluna 7 = Família VIIB coluna 8, 9 e 10 = Família VIIIB coluna 11 = Família IB coluna 12 = Família IIB

Representação das Famílias B da Tabela Periódica Observação: As duas colunas horizontais localizadas do lado de fora da Tabela Periódica pertencem, respectivamente, ao sexto e sétimo períodos da família IIIB. Elas foram posicionadas assim para não descaracterizarem a tabela, já que cada uma delas apresenta 15 elementos diferentes. Representação do sexto e sétimo períodos da família IIIB : Períodos e Famílias da Tabela Periódica

Quais são os grupos de elementos?

Classificação dos Elementos Químicos na Tabela Periódica Na Tabela Periódica atual, os elementos químicos são agrupados em quatro grupos principais segundo as suas propriedades físicas e químicas: metais, semimetais, ametais e gases nobres. O hidrogênio, entretanto, é um elemento estudado à parte de tais grupos, pois suas propriedades são distintas.

Metais: Os metais constituem a maior parte dos elementos da Tabela Periódica, representando dois terços deles, o que resulta em um total de 87. Alguns exemplos são a prata, ouro, cobre, zinco, ferro, alumínio, platina, sódio, potássio, entre outros.

  • Todos os elementos pertencentes a esse grupo possuem as seguintes propriedades principais:
  • – Brilho metálico; – São sólidos, com exceção do mercúrio, que é líquido em temperatura ambiente;
  • – Conduzem corrente elétrica;
  • – Conduzem calor;
  • – São maleáveis, formando lâminas; – São dúcteis, formando fios;
  • – Têm a tendência de perder elétrons e formar cátions.
  • Exemplos de metais

Ametais: São 11 elementos (carbono (C), nitrogênio (N), fósforo (P), oxigênio (O), enxofre (S) ( está na imagem abaixo ), selênio (Se), flúor (F), cloro (Cl), bromo (Br), iodo (I) e astato (At)) que possuem propriedades opostas às dos metais:

  1. – Não possuem brilho; – Não conduzem eletricidade;
  2. – Não conduzem calor; – Fragmentam-se;
  3. – Têm a tendência de ganhar elétrons e formar ânions.
  4. O enxofre é um ametal

Semimetais: São 7 elementos (boro (B), silício (Si) ( está na imagem abaixo ), germânio (Ge), arsênio (As), antimônio (Sb), telúrio (Te) e polônio (Po)) que possuem propriedades intermediárias aos metais e ametais: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

  • – Apresentam brilho metálico; – Pouca condução de eletricidade;
  • – Fragmentam-se.
  • O silício é um semimetal

Gases nobres: São os elementos pertencentes à família 18 (VIIIA ou zero) da Tabela Periódica. Eles são hélio (He) – usado para encher balões como na imagem abaixo –, neônio (Ne), argônio (Ar), criptônio (Kr), xenônio (Xe) e radônio (Rn).

Eles são assim chamados porque além de serem gases em condições ambientes, eles possuem como principal característica a inércia química, sendo encontrados na natureza na forma isolada, sendo muito raro tê-los combinados com outros elementos. O gás hélio usado para encher balões é um gás nobre

Hidrogênio: O hidrogênio é diferente de qualquer outro elemento químico, pois não se enquadra em nenhum dos grupos mencionados. Por isso, em algumas tabelas, ele aparece na parte central acima. Na maioria das Tabelas Periódicas, ele vem na família 1 (família dos metais alcalinos), porque ele possui apenas um elétron em sua camada de valência, mas as suas propriedades não são semelhantes aos membros dessa família.

  1. O hidrogênio não pertence a nenhum grupo da Tabela Periódica
  2. Por Jennifer Fogaça
  3. Graduada em Química
  4. Aproveite para conferir nossas videoaulas relacionadas ao assunto:
You might be interested:  Tabela Salarial Dos Professores Do Estado Do Ceara 2018?

Por Jennifer Rocha Vargas Fogaça : Classificação dos Elementos Químicos na Tabela Periódica

Quantos grupos possui a Tabela Periódica qual a característica de cada um?

Organização da tabela periódica – A tabela periódica moderna é composta por 118 elementos e é organizada de acordo com o número atômico de cada espécie, em ordem crescente, da esquerda para a direita. Os elementos são distribuídos ao longo de 18 grupos, representados pelas colunas verticais, e em sete períodos, que são as linhas horizontais.

Essa configuração foi proposta por Dmitri Mendeleev, em 1869, depois de ele ter notado padrões entre os elementos químicos e percebido que poderia agrupá-los conforme tais similaridades. Assim, apenas pela localização de um elemento na tabela periódica, é possível conhecer algumas de suas características químicas.

A tabela periódica ainda pode ser organizada em blocos que se relacionam à distribuição eletrônica dos elementos. Nessa abordagem, a tabela é dividida de acordo com o subnível ocupado de maior energia, ou seja, a subcamada que contém os elétrons mais externos.

Bloco Subnível mais energético Quem faz parte?
s s Grupos 1 e 2
p p Grupos 13 a 18
d d Grupos 3 a 12
f f Séries dos lantanídeos e actinídeos

Tabela periódica dividida em blocos denominados s, p, d e f. De modo mais amplo, os elementos podem ser ainda divididos em metais e não-metais, de acordo com características físico-químicas. Os metais englobam a maior parte dos elementos e ainda se dividem em subclasses.

  1. Em geral, são aqueles que possuem brilho e condutividade térmica e elétrica.
  2. Os não-metais, ou ametais, incluem apenas 11 elementos químicos: carbono, nitrogênio, fósforo, oxigênio, enxofre, selênio, flúor, cloro, bromo, iodo e astato.
  3. Por fim, os constituintes da tabela ainda podem serem divididos entre elementos de transição e elementos representativos, contudo essa classificação vem sendo pouco utilizada.

Elementos representativos estão presentes nas extremidades esquerda e direita da tabela, englobando os grupos 1, 2, 14, 15, 16, 17 e 18. Já os elementos de transição são aqueles situados na região central, englobando os grupos 3 a 11. O grupo 12 é comumente classificado como elemento de transição, no entanto é importante destacar que esse grupo não cumpre os requisitos para isso, que seria possuir um subnível d incompleto.

Quais são as famílias a?

Famílias “A” da Tabela Periódica e sua distribuição eletrônica As famílias “A” da Tabela Periódica são os grupos 1, 2, 13, 14, 15, 16, 17 e 18, ou seja, as duas primeiras colunas verticais e as seis últimas colunas verticais existentes na Tabela. Elas são representadas e nomeadas da seguinte forma:

IA- Metais alcalinos IIA- Metais alcalinoterrosos IIIA- Família do boro IVA- Família do carbono VA – Família do nitrogênio VIA- Calcogênios VIIA – Halogênios VIIIA – Gases nobres

Neste texto, daremos ênfase na relação existente entre as famílias “A” da Tabela Periódica e a distribuição eletrônica. O item da distribuição eletrônica que está relacionado com uma família é o subnível mais energético, que é o último subnível a receber elétrons em uma distribuição.

Por exemplo: na distribuição eletrônica do lítio, cujo número atômico é 3, o último subnível a receber elétrons é o 2s, por isso ele é o subnível mais energético. Veja a distribuição: 1s 2 2s 1 Os das famílias “A” são chamados de representativos, e os subníveis mais energéticos que os representam sempre são o s ou o p,

Vale ressaltar que no subnível s cabem, no máximo, dois elétrons, e no subnível p cabem seis elétrons. Quando somamos os dois elétrons do subnível s com os seis elétrons do p, temos um total de oito, valor que corresponde exatamente ao número de famílias “A”.

IA- s 1, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Lítio e Sódio confirmam esse fato:

IIA- s 2, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Magnésio e Cálcio confirmam esse fato: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

IIIA- p 1, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Boro e Alumínio confirmam esse fato:

IVA- p 2, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Carbono e Silício confirmam esse fato:

VA- p 3, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Nitrogênio e Fósforo confirmam esse fato:

VIA- p 4, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Oxigênio e Enxofre confirmam esse fato:

VIIA- p 5, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Flúor e Cloro confirmam esse fato:

VIIIA- p 6, Com exceção do elemento Hélio (pertencente ao primeiro período e que possui número atômico igual a dois, não sendo possível ter o subnível p como o mais energético), todos os outros elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Neônio e Argônio confirmam esse fato:

Observação : a distribuição eletrônica do Hélio é apenas 1s 2, Ele é, portanto, o único elemento que não segue o padrão dos demais.

Por Me. Diogo Lopes Dias Videoaulas relacionadas:

Por Diogo Lopes Dias : Famílias “A” da Tabela Periódica e sua distribuição eletrônica

Quantos são os grupos A da Tabela Periódica?

Famílias “A” da Tabela Periódica e sua distribuição eletrônica – Manual da Química As famílias “A” da Tabela Periódica são os grupos 1, 2, 13, 14, 15, 16, 17 e 18, ou seja, as duas primeiras colunas verticais e as seis últimas colunas verticais existentes na Tabela. Elas são representadas e nomeadas da seguinte forma:

You might be interested:  Tabela De Procedimentos De Enfermagem Coren 2018?

IA- Metais alcalinos IIA- Metais alcalinoterrosos IIIA- Família do boro IVA- Família do carbono VA – Família do nitrogênio VIA- Calcogênios VIIA – Halogênios VIIIA – Gases nobres

Neste texto, daremos ênfase na relação existente entre as famílias “A” da Tabela Periódica e a distribuição eletrônica. O item da distribuição eletrônica que está relacionado com uma família é o subnível mais energético, que é o último subnível a receber elétrons em uma distribuição.

  • Por exemplo: na distribuição eletrônica do lítio, cujo número atômico é 3, o último subnível a receber elétrons é o 2s, por isso ele é o subnível mais energético.
  • Veja a distribuição: 1s 2 2s 1 Os das famílias “A” são chamados de representativos, e os subníveis mais energéticos que os representam sempre são o s ou o p,

Vale ressaltar que no subnível s cabem, no máximo, dois elétrons, e no subnível p cabem seis elétrons. Quando somamos os dois elétrons do subnível s com os seis elétrons do p, temos um total de oito, valor que corresponde exatamente ao número de famílias “A”.

IA- s 1, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Lítio e Sódio confirmam esse fato:

IIA- s 2, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Magnésio e Cálcio confirmam esse fato: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

IIIA- p 1, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Boro e Alumínio confirmam esse fato:

IVA- p 2, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Carbono e Silício confirmam esse fato:

VA- p 3, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Nitrogênio e Fósforo confirmam esse fato:

VIA- p 4, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Oxigênio e Enxofre confirmam esse fato:

VIIA- p 5, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Flúor e Cloro confirmam esse fato:

VIIIA- p 6, Com exceção do elemento Hélio (pertencente ao primeiro período e que possui número atômico igual a dois, não sendo possível ter o subnível p como o mais energético), todos os outros elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Neônio e Argônio confirmam esse fato:

Observação : a distribuição eletrônica do Hélio é apenas 1s 2, Ele é, portanto, o único elemento que não segue o padrão dos demais.

Por Me. Diogo Lopes Dias Videoaulas relacionadas:

Por Diogo Lopes Dias : Famílias “A” da Tabela Periódica e sua distribuição eletrônica – Manual da Química

Qual e o elemento AS?

O arsênio ou arsénio (do latim arsenium) é um elemento químico de símbolo As com número atômico 33 (33 prótons e 33 elétrons) e com massa atómica 75 u.

Quais são os elementos da família A?

Famílias “A” da Tabela Periódica e sua distribuição eletrônica As famílias “A” da Tabela Periódica são os grupos 1, 2, 13, 14, 15, 16, 17 e 18, ou seja, as duas primeiras colunas verticais e as seis últimas colunas verticais existentes na Tabela. Elas são representadas e nomeadas da seguinte forma:

IA- Metais alcalinos IIA- Metais alcalinoterrosos IIIA- Família do boro IVA- Família do carbono VA – Família do nitrogênio VIA- Calcogênios VIIA – Halogênios VIIIA – Gases nobres

Neste texto, daremos ênfase na relação existente entre as famílias “A” da Tabela Periódica e a distribuição eletrônica. O item da distribuição eletrônica que está relacionado com uma família é o subnível mais energético, que é o último subnível a receber elétrons em uma distribuição.

  • Por exemplo: na distribuição eletrônica do lítio, cujo número atômico é 3, o último subnível a receber elétrons é o 2s, por isso ele é o subnível mais energético.
  • Veja a distribuição: 1s 2 2s 1 Os das famílias “A” são chamados de representativos, e os subníveis mais energéticos que os representam sempre são o s ou o p,

Vale ressaltar que no subnível s cabem, no máximo, dois elétrons, e no subnível p cabem seis elétrons. Quando somamos os dois elétrons do subnível s com os seis elétrons do p, temos um total de oito, valor que corresponde exatamente ao número de famílias “A”.

IA- s 1, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Lítio e Sódio confirmam esse fato:

IIA- s 2, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Magnésio e Cálcio confirmam esse fato: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉

IIIA- p 1, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Boro e Alumínio confirmam esse fato:

IVA- p 2, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Carbono e Silício confirmam esse fato:

VA- p 3, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Nitrogênio e Fósforo confirmam esse fato:

VIA- p 4, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Oxigênio e Enxofre confirmam esse fato:

VIIA- p 5, Todos os elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Flúor e Cloro confirmam esse fato:

VIIIA- p 6, Com exceção do elemento Hélio (pertencente ao primeiro período e que possui número atômico igual a dois, não sendo possível ter o subnível p como o mais energético), todos os outros elementos dessa família possuem esse subnível como o mais energético. As distribuições dos representantes Neônio e Argônio confirmam esse fato:

Observação : a distribuição eletrônica do Hélio é apenas 1s 2, Ele é, portanto, o único elemento que não segue o padrão dos demais.

Por Me. Diogo Lopes Dias Videoaulas relacionadas:

Por Diogo Lopes Dias : Famílias “A” da Tabela Periódica e sua distribuição eletrônica

Qual e o nome da família 2 a?

Os metais alcalinoterrosos são os elementos que compõem a família IIA ou grupo 2 da Tabela Periódica. Os elementos desse grupo receberam o nome alcalinoterroso porque são encontrados em vários minerais presentes na terra, além de formarem com muita frequência substâncias básicas, Os elementos químicos que compõem a família dos metais alcalinoterrosos são:

You might be interested:  Tabela De Presunção Lucro Presumido?

Berílio (Be); Magnésio (Mg); Cálcio (Ca); Estrôncio (Sr); Bário (Ba); Rádio (Ra).

As principais características físicas e químicas que os metais alcalinoterrosos apresentam são:

possuem característica metálica; apresentam dois elétrons na camada de valência (última camada de uma distribuição eletrônica). Veja a distribuição eletrônica de três elementos para comprovar essa característica:

apresentam a tendência de perder dois elétrons (já que são metais e possuem dois elétrons na camada de valência);

Observação : Como são metais e apresentam a tendência de perder dois elétrons, os metais alcalinoterrosos são representados sempre da seguinte forma: X +2

na natureza, são encontrados apenas associados a outros átomos e nunca na forma pura; são metais de baixa dureza (capacidade de riscar outros materiais); Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 apresentam cor branco-prateada; formam óxidos, sais e bases em grande número; formam compostos iônicos, com exceção do Berílio, que, por ter uma elevada energia de ionização, forma compostos covalentes; apresentam raio atômico menor do que os metais alcalinos (IA), ou seja, seus átomos são menores; apresentam energia de ionização maior do que os metais alcalinos; possuem pontos de fusão e ebulição maiores do que os metais alcalinos; são elementos mais densos do que os metais alcalinos; são menos reativos do que os metais alcalinos.

Como os elementos alcalinoterrosos formam um grande número de substâncias, eles apresentam um grande número de aplicações, dentre as quais, destacamos:

Produção de materiais pirotécnicos, sendo responsáveis pelas colorações verde e vermelho em fogos de artifício (estrôncio e bário); Produção de cimento (cálcio); Produção de gesso (cálcio); Produção de cal viva (cálcio); Participam da composição de estruturas corporais como ossos, dentes etc. (cálcio); Produção de ligas leves (para uso aeronáutico) (berílio e magnésio); Produção de fertilizantes (cálcio); Produção de medicamentos (estrôncio); Tratamento do câncer (rádio e bário).

Quais são os 4 grupos principais da Tabela Periódica?

Na Tabela Periódica atual, os elementos químicos são agrupados em quatro grupos principais segundo as suas propriedades físicas e químicas: metais, semimetais, ametais e gases nobres.

Quais os elementos da família 5A?

CLASSIFICAÇÕES PRINCIPAIS

FAMÍLIA NOME ELEMENTOS
5A Família do nitrogênio N, P, As, Sb, Bi
6A Calcogênios O, S, Se, Te, Po
7A Halogênios F, Cl, Br, I, At
8A ou 0 Gases nobres He, Ne, Ar, Kr, Xe, Rn

Qual propriedade é utilizada para ordenar os elementos?

Exercícios resolvidos sobre classificação periódica dos elementos químicos – Questão 1 (UFPR — adaptado) A respeito da classificação dos elementos químicos na Tabela Periódica, analise as afirmativas: I. O fato de os elementos de um mesmo grupo apresentarem o mesmo número de elétrons na camada de valência não faz com que suas propriedades físico-químicas sejam semelhantes.

  1. II. Os elementos pertencentes a um mesmo período estão dispostos, na Tabela Periódica atual, em ordem crescente de número atômico. III.
  2. Todos os elementos que possuem configuração eletrônica igual a n s 1 na camada de valência pertencem ao grupo 1. IV.
  3. Todos os elementos que possuem configuração eletrônica igual a n s 2 n p 1-6 na camada de valência pertencem ao bloco s,V.

No final de cada período, localizam-se elementos que possuem baixa tendência à reatividade química. Está correto o que se afirma em: A) I, II e III. B) II, III e V. C) III, IV e V. D) II e III. E) I, II e IV. Resolução: Alternativa B A afirmativa I é incorreta, pois os elementos de um grupo apresentam o mesmo número de elétrons na camada de valência, e exatamente por isso suas propriedades físico-químicas são semelhantes.

  • A afirmativa II é correta, pois a ordenação dos elementos na Tabela Periódica se dá em ordem crescente de número atômico.
  • A afirmativa III é correta.
  • Todos os elementos que possuem configuração eletrônica igual a n s 1 na camada de valência estão localizados no grupo 1.
  • A afirmativa IV é incorreta.
  • Todos os elementos que possuem configuração eletrônica igual a n s 2 n p 1-6 na camada de valência pertencem ao bloco p,

A afirmativa V é correta. Ao final de cada período, estão localizados os gases nobres, que são elementos com baixa tendência à reatividade. Questão 2 (FEI-SP) Baseando-se nas configurações eletrônicas em ordem crescente de energia dos elementos a seguir, identifique a alternativa correta.

A – 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 B – 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 2 C – 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 2 D – 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 2 4d 10 5p 6 6s 2 4f 2 A) C e D estão no mesmo período da Tabela Periódica. B) A e C pertencem ao mesmo grupo, mas estão em períodos diferentes.

C) A, B, C, D são todos metais alcalinoterrosos. D) A não é um bom condutor de calor e de eletricidade. E) D é um elemento de transição. Resolução: Alternativa E O item A está incorreto, pois o elemento C está no período 4 e o elemento D está no período 6.

O item B está incorreto. Os elementos A e C não pertencem ao mesmo grupo, pois estão em blocos diferentes. O elemento A (configuração eletrônica terminada em 4s 2 ) está no bloco s, O elemento B (configuração eletrônica terminada em 3d 2 ) está no bloco d (elemento de transição). O item C está incorreto.

INTRODUÇÃO à TABELA PERIÓDICA: Organização Elementos, Massa Atômica, Símbolos | Aula 07 (Química I)

A configuração eletrônica de um metal alcalinoterroso (grupo 2) é ns 2, Portanto, apenas o elemento A pode ser pertencer a esse grupo. O item D está incorreto. O elemento A possui configuração eletrônica terminada em 4s 2, logo está no grupo 2, localizado à esquerda da tabela.

O que são grupos ou família?

Grupo ou famílias – as 18 linhas verticais da tabela periódica são chamadas de grupos ou famílias. Os elementos do mesmo grupo possuem propriedades físicas e químicas parecidas e abrigam a mesma quantidade de elétrons na camada de valência.