L200 Triton 2023 Preço Tabela Fipe?

Qual o preço de uma L200 Triton 2023?

A Mitsubishi lançou a versão 2023 da L200 Triton Outdoor! A picape chega ao mercado em duas versões. Aqui no Virgola, você vai descobrir tudo sobre preços, versões e, claro, custo-benefício! L200 Triton Outdoor 2023: custos e detalhes da picape Mitsubishi As versões Outdoor que a Mitsubishi costuma lançar são sempre de um design anterior ao da versão mais atual, e isso não é diferente na L200 Triton Outdoor 2023.

  • A geração atual da picape, batizada de L200 Triton Sport, chegou ao mercado em 2020.
  • Assim, é esperado que a versão Outdoor seja atualizada nos próximos anos, quando a nova geração da picape chegar ao mercado nacional.
  • De acordo com o relatório da FENABRAVE de junho de 2022, a caminhonete japonesa acumula 7.242 unidades vendidas no ano, somando todas as suas versões (tanto da Triton Sport quanto da Triton Outdoor), ocupando o terceiro lugar entre as picapes médias.

Fica atrás da Toyota Hilux (21.546 unidades) e Chevrolet S10 (13.976 unidades). Considerando que a Mitsubishi vendeu, somando todos os seus produtos, 11.018 unidades, podemos apontar que a L200 é o principal produto da marca atualmente, simbolizando cerca de 65% das vendas da montadora.

A versão Outdoor da caminhonete chega à linha 2023 em duas versões, sempre equipadas com motor 2.4 Turbo Diesel e duas opções de câmbio de 6 marchas, manual ou automático de 5 marchas. Os preços variam entre R$233.990 na versão GLX manual e vão até R$246.990, na versão GLS automática. Quer encontrar a sua L200 Triton Outdoor 2023 pelo menor preço? Conheça nosso serviço de negociação,

Já pensou economizar até R$ 10.000 na compra do seu próximo carro zero? Você conta pra gente qual carro procura e nós negociamos com as concessionárias da sua região.

Qual a tabela Fipe da Triton 2023?

Preço de MITSUBISHI L200 TRITON 2023 na Tabela Fipe

Versão Cod. FIPE Preço
sport hpe 2.4 cd diesel aut. 022158-9 R$ 253.417
sport gls 2.4 cd diesel aut. 022164-3 R$ 210.879
sport hpe-s 2.4 cd dies. aut 022167-8 R$ 270.465

Qual o valor da L200 Triton 2024?

Qual é o valor de uma L200 Triton? – A L200 Triton 2024 Sport chega ao mercado com 3 diferentes modelos na linha; são eles:

  1. L200 Triton Sport GLS 4X4 DIESEL a partir de R$ 247.990,00 na promoção e R$ 272.990,00 no preço regular;
  2. L200 Triton Sport HPE 4X4 DIESEL a partir de R$ 274.990,00 na promoção e R$ 296.990,00 no preço regular;
  3. L200 Triton Sport HPE-S 4X4 DIESEL a partir de R$ 299.990,00 na promoção e R$ 326.990,00 no preço regular.

Foto: Divulgação A picape que é um dos principais lançamentos de 2024 vai ao mercado com as seguintes cores:

  • Cinza Londrino;
  • Branco Fuji;
  • Prata Lítio;
  • Prata Cool;
  • Preto Onix;
  • Vermelho Lucid;
  • Azul Baikal.

Qual o valor da L200 Triton top de linha?

Mitsubishi L200 Triton Sport Savana estreia por R$ 309.990 Continua após publicidade (Divulgação/Mitsubishi) Continua após publicidade Enquanto a nova geração não é revelada lá fora, no Brasil a reforça a vocação off-road de sua picape média com o da Triton Sport Savana. Tradicional na marca, a versão Savana estava disponível apenas para as L200 Triton, com visual antigo.

  1. A L200 Triton Sport Savana custa R$ 309.990 e recebe de acessórios importantes para incursões mais extremas na lama, como snorkel e proteções laterais.
  2. Além disso, nessa versão também estão inclusos acabamento anti-riscos na caçamba e a caixa multifunções lateral.
  3. Divulgação/Mitsubishi) As rodas de aço de 17 polegadas com Goodyear Duratrack 265/60 R17 também fazem parte do pacote, junto do bagageiro no teto e da grade frontal com acabamento cinza.

A nova versão, posicionada entre as HPE (R$ 296.990) e HPE-S (R$ 326.990) está disponível nas cores amarelo rally, verde forest, bege jizan e banco fuji. Todas têm o mesmo motor, o 2.4 turbodiesel com 190 cv de potência e 43,9 kgfm de torque combinado com sistema de tração4x4 Super Select 4WD-II (SS4-II).

Qual o valor de uma L200 Triton zero?

Mitsubishi L200 tem promoção com taxa zero ou até R$ 30 mil de bônus Interessados em fechar negócio e sair de caminhonete nova nos próximos dias podem encontrar condições especiais nas concessionárias Mitsubishi de todo o Brasil. A marca está anunciando facilidades na aquisição da picape L200 Triton e vantagens que podem ser aplicadas em diferentes versões.

  • A lista inclui bônus de até R$ 30.000 ou taxa zero de juros no financiamento.
  • Na linha, por exemplo, a anuncia R$ 20.000 de bônus ou taxa zero para financiamento com 60% de entrada em 18 vezes para aquisição das versões GLS AT, HPE e HPE-S.
  • Nestas configurações, a picape sai por R$ 272.990, R$ 296.990 e R$ 326.990, respectivamente.

Na comparação com os demais modelos, estas variantes se diferenciam pelo visual atualizado com a mais recente reestilização. Na sequência, há oferta para a variante L200 Triton Outdoor, oferecida nos acabamentos GLX MT (R$ 246.990) e GLS AT (R$ 256.990).

Neste caso, a picape conserva o visual mais antigo e incorpora grade frontal, maçanetas, rodas de liga-leve de 16 polegadas e retrovisores com acabamento na cor preta. Além disso, há revestimento plástico nos arcos das rodas e adesivos com o nome da versão na tampa traseira e nas laterais. A promoção inclui bônus de R$ 30.000 ou financiamento sem juros para planos com entrada de no mínimo 60% e saldo em 18 parcelas mensais fixas.

A carência é de 30 dias para pagamento da 1ª parcela. Leia também: As mesmas condições são ofertadas para a L200 Triton Savana, que tem preço sugerido de R$ 261.990. A versão se diferencia pela preparação off-road composta por equipamentos como snorkel (que aumenta a capacidade de imersão para 700 mm), bagageiro no teto (que guarda uma rampa de desencalhe, usada nas trilhas), para-choque de impulsão, rodas de 16″ em grafite com pneus Pirelli MTR, adesivos e outros.

Qual o valor da L200 Triton zero?

Galeria: Mitsubishi L200 Triton Savana 2022 – Na configuração Outdoor, a anuncia as mesmas condições de bônus e financiamento. As versões neste caso são GLX por R$ 238.990 e GLS por R$ 248.990. Por fim, facilidades também para a variante Savana, oferecida em versão única GLS por R$ 253.990.

  1. Todas contam também com o plano Mit Fácil, que inclui financiamento com entrada de mínima de 50%, saldo em 23 ou 35 vezes e parcelas final de 40% ou 50% do valor financiado.
  2. A primeira é só para depois do carnaval.
  3. Leia também: Sob o capô, todos os modelos da L200 contam com motor 2.4 turbodiesel de 190 cv de potência e 43,9 kgfm de torque.

O câmbio pode ser manual ou automático de 6 marchas, dependendo da versão. O sistema de tração 4×4 é item de série e conta com quatro diferentes modos de condução.

Qual o preço da Triton completa?

O preço sugerido da Mitsubishi L200 Triton Sport Savana é de R$ 309.990. Assim, ela está posicionada acima da intermediária, HPE, tabelada a R$ 296.990. E abaixo da HPE-S, de topo da linha, que sai a R$ 326.990.

Quanto tá custando a Triton?

Mitsubishi L200 tem promoção com taxa zero ou até R$ 30 mil de bônus Interessados em fechar negócio e sair de caminhonete nova nos próximos dias podem encontrar condições especiais nas concessionárias Mitsubishi de todo o Brasil. A marca está anunciando facilidades na aquisição da picape L200 Triton e vantagens que podem ser aplicadas em diferentes versões.

A lista inclui bônus de até R$ 30.000 ou taxa zero de juros no financiamento. Na linha, por exemplo, a anuncia R$ 20.000 de bônus ou taxa zero para financiamento com 60% de entrada em 18 vezes para aquisição das versões GLS AT, HPE e HPE-S. Nestas configurações, a picape sai por R$ 272.990, R$ 296.990 e R$ 326.990, respectivamente.

Na comparação com os demais modelos, estas variantes se diferenciam pelo visual atualizado com a mais recente reestilização. Na sequência, há oferta para a variante L200 Triton Outdoor, oferecida nos acabamentos GLX MT (R$ 246.990) e GLS AT (R$ 256.990).

  • Neste caso, a picape conserva o visual mais antigo e incorpora grade frontal, maçanetas, rodas de liga-leve de 16 polegadas e retrovisores com acabamento na cor preta.
  • Além disso, há revestimento plástico nos arcos das rodas e adesivos com o nome da versão na tampa traseira e nas laterais.
  • A promoção inclui bônus de R$ 30.000 ou financiamento sem juros para planos com entrada de no mínimo 60% e saldo em 18 parcelas mensais fixas.

A carência é de 30 dias para pagamento da 1ª parcela. Leia também: As mesmas condições são ofertadas para a L200 Triton Savana, que tem preço sugerido de R$ 261.990. A versão se diferencia pela preparação off-road composta por equipamentos como snorkel (que aumenta a capacidade de imersão para 700 mm), bagageiro no teto (que guarda uma rampa de desencalhe, usada nas trilhas), para-choque de impulsão, rodas de 16″ em grafite com pneus Pirelli MTR, adesivos e outros.

You might be interested:  Tabela De Preço De Vidro Temperado 2021?

Qual o valor da tabela FIPE da Triton?

Preço FIPE R$ 188.683 Preço que representa a média de veículos no mercado nacional.

Quando chega a nova L200 no Brasil?

Nova picape Mitsubishi L200 chega ao Brasil em 2024 – 26/10/2023 – Mercado – Folha.

Quem fabrica L200 Triton?

A L200 Triton Outdoor é a evolução de um projeto de muito sucesso e ousadia. Carrega toda a experiência de quase 40 anos que a Mitsubishi Motors tem no desenvolvimento de picapes.

Quando sai a nova L200?

Mitsubishi lança a nova L200 Triton 2024 e adianta futuro até da Nissan Uma das picapes médias mais tradicionais do segmento, a Mitsubishi L200 Triton 2024 é apresentada oficialmente. Em sua sexta geração, a caminhonete mudou completamente, trazendo uma nova plataforma (que ainda será usada pela Nissan Frontier), uma identidade visual diferente e até mudanças para o motor 2.4 turbodiesel, para que esta seja a L200 Triton mais robusta de todos os tempos.

Segundo a fabricante, a 2024 tem uma rigidez torcional 60% maior por conta de todas as mudanças feitas. A carroceria usa aço de alta tensão, reduzindo o peso em comparação à geração anterior. A caçamba foi redesenhada, ficando 45 milímetros mais baixa, para que tenha uma distância de 820 mm em relação ao solo, facilitando o acesso.

A picape está maior, medindo 5.360 mm de comprimento, 1.930 mm de largura, 1.815 mm de altura e com um entre-eixos de 3.130 mm. Ou seja, é 8 centímetros mais longa, 9 cm mais larga, 2 cm mais alta e o entre-eixos está 13 cm maior. Dependendo da configuração, terá os sistemas de tração 4×4 Super Select 4WD-II e Easy Select 4WD.

  1. O primeiro trabalha com o diferencial blocante central, enviando 40% da força do motor para as rodas dianteiras e 60% para as traseiras.
  2. Este sistema mais sofisticado de tração nas quatro rodas tem quatro modos: 2H (tração traseira), 4H (4×4), 4HLc (4×4 com bloqueio do diferencial central) e 4LLc (reduzida com bloqueio do diferencial central).

Além disso, tem nada menos do que sete modos de condução: Normal, Eco, Gravel (cascalho), Snow (neve), Mud (lama), Sand (areia) e Rock (pedras). A suspensão foi totalmente revista e agora usa duplo A (também conhecida como Double Wishbone) na dianteira, com um conjunto de feixe de molas mais leve na traseira.

  1. As versões com a tração 4×4 recebem um controle ativo de guinada para melhorar o comportamento nas curvas ao aplicar o freio de leve na roda dianteira no lado de dentro da curva.
  2. Claro, traz assistências como sistema de descida e partida em rampas.
  3. Até agora, a só menciona um motor, o 2.4 turbodiesel.

Embora diga que seja “novo”, não revelou quais foram as mudanças feitas, comentando somente sobre as configurações disponíveis. Será oferecido em três formas: 149 cv e 33,6 kgfm; 183 cv e 43,8 kgfm; e 204 cv e 47,9 kgfm. A versão atual vendida no Brasil também usa um 2.4 turbodiesel, de 190 cv e 43,9 kgfm.

  1. Os clientes poderão escolher entre uma transmissão manual ou automática, ambas de 6 marchas – uma decepção para quem esperava a caixa de 7 posições.
  2. O visual mudou completamente em comparação ao atual, com a Mitsubishi anotando uma nova identidade.
  3. A grade agora é dividida em três seções horizontais, ficando bem mais alta.

A marca trouxe de volta o contorno em “C” na área dos faróis, porém com outra proporção. Segue com faróis divididos, usando uma linha fina em LED logo abaixo do capô para a iluminação diurna e o conjunto principal logo abaixo. Do lado de dentro, a Mitsubishi mexeu um pouco mais na L200 Triton, mas não espere por uma revolução.

  1. Ainda tem contadores analógicos, sem apostar em um painel de instrumentos digital.
  2. Tem comandos separados para o ar-condicionado, além de outras funções, posicionados logo abaixo da central multimídia.
  3. A marca não falou muito sobre a tecnologia embarcada, revelando apenas que terá controle de cruzeiro adaptativo, sensor de ponto cego, assistente de permanência em faixa, alerta de tráfego cruzado e frenagem automática de emergência.

A nova Mitsubishi L200 Triton 2024 já começou a ser vendida na Tailândia e chegará ao demais mercados da Ásia e Oceania ao longo dos próximos cinco meses. E quanto ao Brasil? A HPE Autos, representante oficial da marca no país, tem reduzido o tempo de espera para os lançamentos nacionais.

Qual a L200 Triton mais completa?

Mitsubishi lança a nova L200 Triton 2024 e adianta futuro até da Nissan Uma das picapes médias mais tradicionais do segmento, a Mitsubishi L200 Triton 2024 é apresentada oficialmente. Em sua sexta geração, a caminhonete mudou completamente, trazendo uma nova plataforma (que ainda será usada pela Nissan Frontier), uma identidade visual diferente e até mudanças para o motor 2.4 turbodiesel, para que esta seja a L200 Triton mais robusta de todos os tempos.

Segundo a fabricante, a 2024 tem uma rigidez torcional 60% maior por conta de todas as mudanças feitas. A carroceria usa aço de alta tensão, reduzindo o peso em comparação à geração anterior. A caçamba foi redesenhada, ficando 45 milímetros mais baixa, para que tenha uma distância de 820 mm em relação ao solo, facilitando o acesso.

A picape está maior, medindo 5.360 mm de comprimento, 1.930 mm de largura, 1.815 mm de altura e com um entre-eixos de 3.130 mm. Ou seja, é 8 centímetros mais longa, 9 cm mais larga, 2 cm mais alta e o entre-eixos está 13 cm maior. Dependendo da configuração, terá os sistemas de tração 4×4 Super Select 4WD-II e Easy Select 4WD.

  1. O primeiro trabalha com o diferencial blocante central, enviando 40% da força do motor para as rodas dianteiras e 60% para as traseiras.
  2. Este sistema mais sofisticado de tração nas quatro rodas tem quatro modos: 2H (tração traseira), 4H (4×4), 4HLc (4×4 com bloqueio do diferencial central) e 4LLc (reduzida com bloqueio do diferencial central).

Além disso, tem nada menos do que sete modos de condução: Normal, Eco, Gravel (cascalho), Snow (neve), Mud (lama), Sand (areia) e Rock (pedras). A suspensão foi totalmente revista e agora usa duplo A (também conhecida como Double Wishbone) na dianteira, com um conjunto de feixe de molas mais leve na traseira.

As versões com a tração 4×4 recebem um controle ativo de guinada para melhorar o comportamento nas curvas ao aplicar o freio de leve na roda dianteira no lado de dentro da curva. Claro, traz assistências como sistema de descida e partida em rampas. Até agora, a só menciona um motor, o 2.4 turbodiesel.

Embora diga que seja “novo”, não revelou quais foram as mudanças feitas, comentando somente sobre as configurações disponíveis. Será oferecido em três formas: 149 cv e 33,6 kgfm; 183 cv e 43,8 kgfm; e 204 cv e 47,9 kgfm. A versão atual vendida no Brasil também usa um 2.4 turbodiesel, de 190 cv e 43,9 kgfm.

Os clientes poderão escolher entre uma transmissão manual ou automática, ambas de 6 marchas – uma decepção para quem esperava a caixa de 7 posições. O visual mudou completamente em comparação ao atual, com a Mitsubishi anotando uma nova identidade. A grade agora é dividida em três seções horizontais, ficando bem mais alta.

A marca trouxe de volta o contorno em “C” na área dos faróis, porém com outra proporção. Segue com faróis divididos, usando uma linha fina em LED logo abaixo do capô para a iluminação diurna e o conjunto principal logo abaixo. Do lado de dentro, a Mitsubishi mexeu um pouco mais na L200 Triton, mas não espere por uma revolução.

Ainda tem contadores analógicos, sem apostar em um painel de instrumentos digital. Tem comandos separados para o ar-condicionado, além de outras funções, posicionados logo abaixo da central multimídia. A marca não falou muito sobre a tecnologia embarcada, revelando apenas que terá controle de cruzeiro adaptativo, sensor de ponto cego, assistente de permanência em faixa, alerta de tráfego cruzado e frenagem automática de emergência.

A nova Mitsubishi L200 Triton 2024 já começou a ser vendida na Tailândia e chegará ao demais mercados da Ásia e Oceania ao longo dos próximos cinco meses. E quanto ao Brasil? A HPE Autos, representante oficial da marca no país, tem reduzido o tempo de espera para os lançamentos nacionais.

Quantos km com 1 litro faz a L200 Triton?

Com diesel, a L200 Triton 3.2 turbo obteve média de 8,3 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada. Com isso, o modelo recebeu nota D na categoria e E na geral, de acordo com o Conpet.

Qual o melhor modelo da L200 Triton?

Enquanto as rivais e líderes do segmento estão prestes a mudar, a Mitsubishi L200 Triton Sport foi reestilizada há pouco tempo e tem desenho mais moderno. A versão indicada é a topo de linha, HPE-S, que custa menos do que a concorrência direta e traz auxílios à condução, faróis de LED, ar-condicionado digital e bancos de couro — o do motorista tem ajustes elétricos.

Na mecânica, o motor é o mesmo 2.4 turbodiesel de 190 cv das outras versões, A tração 4×4 também está presente em todas as configurações. Na versão de entrada, GLS, o acionamento é mecânico, com três modos. Já as mais caras, HPE e HPE-S, usam a tração com acionamento eletrônico e quatro funções. Veja mais sobre o Qual Comprar 2023: Além do visual e do bom nível de equipamentos, a L200 Sport equilibra bem os custos de peças e manutenção com os das rivais,

A depreciação é menor, principalmente em relação à Nissan Frontier, que também foi reestilizada há pouco tempo. Preço: R$ 247.990 a R$ 299.990 Versão sugerida: HPE-S Motor: 2.4T 190 cv (D) Câmbio: AT 6 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 8.940 (M) e R$ 15.773 (H) Desvalorização: -14% Revisões: R$ 9.803 Peças: R$ 14.945 Caçamba: 1.046 litros Lançamento: 2020 Confira as rivais da Mitsubishi L200 Sport: Chevrolet S10 é uma das picapes mais vendidas do Brasil — Foto: Divulgação Preço: R$ 261.260 a R$ 331.990 Versão sugerida: High Country Motor: 2.8T / 200 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 3 anos Seguro: R$ 5.884 (M) e R$ 10.381 (H) Desvalorização: -14,8% Revisões: R$ 9.548 Peças: R$ 9.262 Caçamba: 1.061 litros Lançamento: 2017 Depois de lançar a Montana e aguardar a chegada da Silverado às lojas, a Chevrolet vai poder focar na mudança da S10, que já está em testes no Brasil até com sistema de condução semiautônoma. Ford F-150 é a caminhonete mais potente do Brasil — Foto: Divulgação Preço: R$ 479.990 a R$ 509.990 Versão sugerida: Platinum Motor: 5.0 / 405 cv (G) Câmbio: AT10 Garantia: 3 anos Seguro: R$ 12.653 (M) e R$ 17.658 (H) Desvalorização: ND Revisões: R$ 13.027 Peças: R$ 23.915 Caçamba: 1.370 litros Lançamento: 2023 Recém-chegada ao mercado brasileiro, a F150 é o carro mais vendido nos Estados Unidos há décadas, mas por aqui vai brigar na faixa acima dos R$ 500 mil com as também grandalhonas Ram 1500 e Chevrolet Silverado. Jeep Gladiator custa R$ 499.990, tem caçamba de picape média, mas custa mais que uma picape grande — Foto: Divulgação Preço: R$ 499.990 Versão sugerida: Rubicon Motor: 3.6 / 284 cv (G) Câmbio: AT8 Garantia: 3 anos Seguro: ND (M) e ND (H) Desvalorização: ND Revisões: ND Peças: ND Caçamba: 1.000 litros Lançamento: 2022 Um Wrangler com caçamba. Mitsubishi L200 Outdoor tem revisões caras — Foto: Divulgação Preço: R$ 246.990 a R$ 256.990 Versão sugerida: GLS Motor: 2.4T / 190 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 8.319 (M) e R$ 11.278 (H) Desvalorização: -16,5% Revisões: R$ 10.778 Peças: R$ 14.059 Caçamba: 1.046 litros Lançamento: 2016 Ainda com uma cara antiga, a Mitsubishi L200 Outdoor traz um visual mais espartano dentro da linha Triton. Mitsubishi L200 Savana é fabricada em Catalão (GO) e vendida exclusivamente no Brasil — Foto: Divulgação Preço: R$ 309.990 Versão sugerida: Única Motor: 2.4T / 190 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 8.678 (M) e R$ 15.353 (H) Desvalorização: -9,5% Revisões: R$ 10.778 Peças: ND Caçamba: 1.046 litros Lançamento: 2023 A Savana é a configuração mais aventureira da L200 Triton, e a linha 2023 recebeu o visual mais recente da picape.

Como diferencial, a Savana mantém os equipamentos que a caracterizam desde 2004 e vem com snorkel, bagageiro com rampa, estribos laterais, acabamento antirriscos na caçamba e caixa de transporte e rodas de 17 polegadas com pneus de uso off-road. Já o motor é o 2.4 turbodiesel com 190 cv e 43,9 kgfm de torque ; o câmbio é automático de seis marchas e a tração é 4×4 com seletor eletrônico.

Assine aqui a nossa newsletter Nissan Frontier tem desvalorização de 27% — Foto: Divulgação Preço: R$ 245.090 a R$ 324.990 Versão sugerida: Platinum Motor: 2.3T / 190 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 3 anos Seguro: R$ 8.196 (M) e R$ 14.099 (H) Desvalorização: -26,9% Revisões: R$ 8.928 Peças: R$ 17.011 Caçamba: 1.054 litros Lançamento: 2022 A Nissan Frontier é outra picape que foi remodelada há pouco tempo com mudanças concentradas na frente.

Os faróis continuam com o mesmo formato, mas agora são iluminados por LEDs nas opções mais caras — como a Platinum, a versão recomendada, que tem itens incomuns em picapes, como teto solar e freios a disco nas quatro rodas. O motor 2.3 turbodiesel de 190 cv e 45,9 kgfm e o câmbio automático de sete marchas foram mantidos.

Teria tudo para levar essa, mas a desvalorização de quase 27% assusta. RAM 1500 Classic tem bom custo de cesta de peças — Foto: Divulgação Preço: R$ 349.990 a R$ 359.990 Versão sugerida: Laramie Motor: 5.7 / 400 cv (G) Câmbio: AT8 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 11.161 (M) e R$ 20.716 (H) Desvalorização: ND Revisões: R$ 5.662 Peças: R$ 37.408 Caçamba: 1.424 litros Lançamento: 2022 Apesar de ter sido lançada há pouco tempo, a Ram 1500 Classic é a geração anterior da picape, ou seja, uma veterana — se não aqui, no mercado americano.

Mas isso não é um problema, já que a caminhonete tem linhas mais discretas que as outras versões da geração atual e preço mais de R$ 100 mil mais baixo. O ponto positivo é que o motor é o mesmo nas duas gerações, o V8 5.7 Hemi a gasolina que entrega 400 cv e 56,7 kgfm. O câmbio é automático de oito marchas e a tração é integral.

Outra vantagem é a cesta de peças: custa quase metade em relação à da 1500 Rebel. Cesta de peças da RAM 1500 passa dos R$ 76 mil — Foto: Divulgação Preço: R$ 456.990 Versão sugerida: Rebel Motor: 5.7 / 400 cv (G) Câmbio: AT8 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 16.314 (M) e R$ 23.946 (H) Desvalorização: -8,8% Revisões: R$ 5.662 Peças: R$ 76.641 Caçamba: 1.200 litros Lançamento: 2021 A 1500 Rebel já é a versão de quinta geração da picape e traz o mesmo motor V8 5.7 a gasolina de 400 cv da Classic,

Mas é ligeiramente maior. São 5,93 metros de comprimento e PBT (peso bruto total) de 3,2 toneladas. É gigante, mas carrega pouco, somente 610 kg. Para ter uma ideia, a Fiat Strada pode levar até 720 kg. Quem está disposto a pagar cerca de R$ 460 mil por uma 1500 Rebel é bom saber que sua cesta de peças passa dos R$ 76 mil.

Sua principal rival, a F150, cobra pouco mais de R$ 23 mil pelos mesmos itens. Apenas condutores com CNH do tipo C podem dirigir a RAM 2500 — Foto: Divulgação Preço: R$ 456.990 Versão sugerida: Laramie Motor: 6.7 / 365 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 31.708 (M) e R$ 35.422 (H) Desvalorização: -7,8% Revisões: R$ 6.361 Peças: R$ 76.499 Caçamba: 1.240 litros Lançamento: 2019 Se a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) for da categoria B, a Ram 2500 não é para você.

Então corra até a autoescola mais próxima e tire a C, porque o PBT dela é acima de 3,5 toneladas, o que faz com que o motorista tenha de seguir algumas normas para caminhões. Quem puder dirigir o modelo vai levar um motor 6.7 turbodiesel de 365 cv, capacidade de rebocar 7,8 toneladas e até tampa da caçamba com abertura remota.

Vale ter cuidado na cotação do seguro, o maior da sua categoria, puxado pelo alto custo das peças. RAM 3500 é dona do mais caro pacote de peças (R$ 93.390) do Qual Comprar 2023 — Foto: Divulgação Preço: R$ 484.990 Versão sugerida: Laramie Motor: 6.7 / 377 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 26.244 (M) e R$ 31.251 (H) Desvalorização: -4,6% Revisões: R$ 6.361 Peças: R$ 93.390 Caçamba: 1.628 litros Lançamento: 2022 Entre todos os veículos listados no Qual Comprar deste ano, a Ram 3500 é dona do mais caro pacote de peças: R$ 93.390 de custo — preço de um Argo automático. Toyota Hilux é a picape média mais vendida do Brasil — Foto: Divulgação Preço: R$ 242.590 a R$ 367.390 Versão sugerida: SRX Motor: 2.8T / 204 cv (D) Câmbio: AT6 Garantia: 5 anos Seguro: R$ 9.510 (M) e R$ 21.770 (H) Desvalorização: -5,6% Revisões: R$ 12.098 Peças: R$ 18.835 Caçamba: 1.000 litros Lançamento: 2020 Uma das picapes mais tradicionais do mercado, e também a mais vendida entre as médias, a Toyota Hilux tem o segundo pacote de revisão mais caro e o seguro mais alto entre suas concorrentes diretas, Volkswagen Amarok tem o pacote de revisão mais caro entre as picapes — Foto: Divulgação Preço: R$ 296.860 a R$ 335.500 Versão sugerida: Highline Motor: 3.0T / 258 cv (D) Câmbio: AT8 Garantia: 3 anos Seguro: R$ 9.601 (M) e R$ 16.731 (H) Desvalorização: -18,1% Revisões: R$ 18.250 Peças: R$ 16.224 Caçamba: 1.280 litros Lançamento: 2017 O futuro da Amarok não é tão claro quanto o das rivais Ranger e S10.

A picape da Volkswagen não vai ganhar a reformulação que é feita na África do Sul. Enquanto sobrevive na versão atual, a Amarok vai cobrando o pacote de revisão mais caro entre as picapes e oferece somente a opção do motor 3.0 V6 de 258 cv de potência, Nossa recomendação é a Highline, bem equipada em comparação à básica, Comfortline, e sem os exageros visuais da Extreme.

Apesar de estar na estrada há mais de dez anos, tem a melhor dirigibilidade fora do trabalho pesado. Qual Comprar 2023 – Nossos selos — Foto: Autoesporte Quer ter acesso a conteúdos exclusivos da Autoesporte? É só clicar aqui para acessar a revista digital.

You might be interested:  Tabela Carga De Gás Ar Condicionado Split?

Qual o preço da nova L200 Mitsubishi?

Galeria: Mitsubishi L200 Triton Savana 2024 – A Mitsubishi L200 Triton Sport Savana usa o mesmo conjunto mecânico das demais Triton Sport, que foi apresentada no começo de 2021. Ele é formado por um motor 2.4 turbodiesel de 190 cv de potência e 43,9 kgfm de torque.

Qual é a L200 top de linha?

L200 Triton Sport HPS versão top de linha 2024 ela que tá com bônus muito bom. de.326 mil por 299.990 então assim no valor aí tá um custo-benefício muito bom ela já entrega muito bem se comparar com a Hilux né que é uma das principais concorrentes e com esse bônus aí fica muito mais interessante.

Quais são os modelos da L200?

A linha 2022 da picape média L200 Triton Sport da Mitsubishi é oferecida no mercado brasileiro em três versões: GLS, HPE e HPE-S.

Qual é o valor da Mitsubishi 2023?

Com visual atualizado na dianteira e na traseira, o Eclipse Cross 2023 já está nas lojas em quatro versões e preços que chegam a R$ 232.990 – A apresentou hoje (23) o linha 2023 que chega com visual atualizado, disponível a partir de agora nas concessionárias da marca.

  1. São comercializadas quatro configurações, com preços que variam entre R$ 186.990 e R$ 232.990.
  2. Falando primeiro do design, o SUV recebeu novo conjunto óptico, nova grade frontal que pode ter acabamento em preto ou black piano dependendo da versão, além de novo para-choque dianteiro.
  3. Na opção de entrada GLS, os faróis halógenos foram redesenhados, enquanto nas demais há luzes de neblina de LED.

Destaque para a luz diurna DRL afilada e posicionada mais acima, deixando o grupo óptico principal na parte de baixo. Já na traseira estão as principais mudanças, com novo aerofólio e novos para-choques pintados na cor do veículo, além de lanternas em LED redesenhadas para se adequar à nova tampa – aliás, as modificações permitiram que a área do porta-malas aumentasse 14% em relação ao antecessor.

  1. Os acabamentos podem vir em prata ou black piano no caso das configurações HPE, HPE-S e HPE-S S-AWC.
  2. Completam o visual as rodas de liga leve de 18 polegadas com novo desenho.
  3. Nas medidas, o Eclipse Cross agora tem 4.545 mm de comprimento, sendo 140 mm a mais que o modelo anterior.
  4. Estão disponíveis sete cores para a carroceria: Cinza Londrino, Prata Lítio, Prata Cool, Azul Baikal, Vermelho Lucid, Branco Fuji (perolizado) e Preto Onix Pearl.
You might be interested:  Tabela De Codigos Controle Universal Ar Condicionado Kt-9018E?

No interior, por sua vez, o cliente pode escolher entre revestimentos em preto ou cinza. Nas versões topo de linha HPE, HPE-S e HPE-S S-AWC, os bancos dianteiros possuem ajuste elétrico e aquecimento. A lista de equipamentos inclui ainda ar-condicionado dual zone, sistema keyless, head-up display, freio de estacionamento eletrônico, sistema Auto Hold, monitor de pressão dos pneus, sensor de chuva e crepuscular, assistente de partida em rampa, controle de tração e estabilidade e câmera de ré.

Quanto à segurança, ele traz alerta de ponto cego, sistema de prevenção de aceleração involuntária, aviso de tráfego traseiro, limitador de velocidade, piloto automático adaptativo, frenagem autônoma, aviso de saída de faixa de rolamento e acionamento automático do farol alto.Para comparar, a versão de entrada GLS vem de série com ar-condicionado digital automático, direção elétrica, volante multifuncional, controle ativo de tração e estabilidade, airbags frontal, lateral, de cortina e de joelho para o motorista, assistente de frenagem de emergência, piloto automático, assistente de partida em rampa, sistema keyless, monitor de pressão dos pneus e a multimídia com tela de 7″.

Produzido na fábrica da HPE em Catalão (GO), o Eclipse Cross sempre vem equipado com motor 1.5 MIVEC Turbo de dupla injeção, rendendo 165 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. O câmbio é o CVT que simula oito marchas, permitindo trocas manuais pelas alavancas atrás do volante.

Qual o consumo da Triton 2023?

Aceleração e consumo da L200 Triton Sport 2023 – Falando sobre números da caminhonete, ela atinge a marca de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos, nada mal para um veículo de quase duas toneladas. Quanto ao consumo, a picape consegue médias de 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, sempre abastecida com diesel.

Quanto custa um Mitsubishi 2023?

Mitsubishi Eclipse Cross Sport 2023 chega ao mercado com preço de R$ 237.990 A Mitsubishi Motors confirmou a chegada do ao Brasil. O modelo devem ser comercializado nas concessionárias da marca em todo o País já nos próximos meses. O Eclipse Cross Sport chega ao mercado nos próximos meses e traz design com elementos estéticos diferenciados.

  • A dianteira do Eclipse Cross Sport troca o acabamento cromado do restante da gama por peças pintadas em preto brilhante.
  • Já a grade frontal e detalhes do para-choques trazem acabamento tipo carbono, enquanto a parte inferior da peça exibe um spoiler com a moldura central em prata.
  • O capô traz dois extratores.

As rodas são de liga leve de 18 polegadas em preto brilhante e calçadas com pneus 225/55 R18. O conjunto deixa à mostra as pinças de freio, que no Eclipse Cross Sport são pintadas de vermelho. As caixas de roda são pintadas na mesma cor da carroceria. O Mitsubishi Eclipse Cross Sport chega ao mercado em duas versões HPE-S e HPE-S A-WC com preços de R$ 237.990 e R$ 248.990, respectivamente.

Qual a L200 Triton mais completa?

Mitsubishi lança a nova L200 Triton 2024 e adianta futuro até da Nissan Uma das picapes médias mais tradicionais do segmento, a Mitsubishi L200 Triton 2024 é apresentada oficialmente. Em sua sexta geração, a caminhonete mudou completamente, trazendo uma nova plataforma (que ainda será usada pela Nissan Frontier), uma identidade visual diferente e até mudanças para o motor 2.4 turbodiesel, para que esta seja a L200 Triton mais robusta de todos os tempos.

Segundo a fabricante, a 2024 tem uma rigidez torcional 60% maior por conta de todas as mudanças feitas. A carroceria usa aço de alta tensão, reduzindo o peso em comparação à geração anterior. A caçamba foi redesenhada, ficando 45 milímetros mais baixa, para que tenha uma distância de 820 mm em relação ao solo, facilitando o acesso.

A picape está maior, medindo 5.360 mm de comprimento, 1.930 mm de largura, 1.815 mm de altura e com um entre-eixos de 3.130 mm. Ou seja, é 8 centímetros mais longa, 9 cm mais larga, 2 cm mais alta e o entre-eixos está 13 cm maior. Dependendo da configuração, terá os sistemas de tração 4×4 Super Select 4WD-II e Easy Select 4WD.

  • O primeiro trabalha com o diferencial blocante central, enviando 40% da força do motor para as rodas dianteiras e 60% para as traseiras.
  • Este sistema mais sofisticado de tração nas quatro rodas tem quatro modos: 2H (tração traseira), 4H (4×4), 4HLc (4×4 com bloqueio do diferencial central) e 4LLc (reduzida com bloqueio do diferencial central).

Além disso, tem nada menos do que sete modos de condução: Normal, Eco, Gravel (cascalho), Snow (neve), Mud (lama), Sand (areia) e Rock (pedras). A suspensão foi totalmente revista e agora usa duplo A (também conhecida como Double Wishbone) na dianteira, com um conjunto de feixe de molas mais leve na traseira.

As versões com a tração 4×4 recebem um controle ativo de guinada para melhorar o comportamento nas curvas ao aplicar o freio de leve na roda dianteira no lado de dentro da curva. Claro, traz assistências como sistema de descida e partida em rampas. Até agora, a só menciona um motor, o 2.4 turbodiesel.

Embora diga que seja “novo”, não revelou quais foram as mudanças feitas, comentando somente sobre as configurações disponíveis. Será oferecido em três formas: 149 cv e 33,6 kgfm; 183 cv e 43,8 kgfm; e 204 cv e 47,9 kgfm. A versão atual vendida no Brasil também usa um 2.4 turbodiesel, de 190 cv e 43,9 kgfm.

Os clientes poderão escolher entre uma transmissão manual ou automática, ambas de 6 marchas – uma decepção para quem esperava a caixa de 7 posições. O visual mudou completamente em comparação ao atual, com a Mitsubishi anotando uma nova identidade. A grade agora é dividida em três seções horizontais, ficando bem mais alta.

A marca trouxe de volta o contorno em “C” na área dos faróis, porém com outra proporção. Segue com faróis divididos, usando uma linha fina em LED logo abaixo do capô para a iluminação diurna e o conjunto principal logo abaixo. Do lado de dentro, a Mitsubishi mexeu um pouco mais na L200 Triton, mas não espere por uma revolução.

Ainda tem contadores analógicos, sem apostar em um painel de instrumentos digital. Tem comandos separados para o ar-condicionado, além de outras funções, posicionados logo abaixo da central multimídia. A marca não falou muito sobre a tecnologia embarcada, revelando apenas que terá controle de cruzeiro adaptativo, sensor de ponto cego, assistente de permanência em faixa, alerta de tráfego cruzado e frenagem automática de emergência.

A nova Mitsubishi L200 Triton 2024 já começou a ser vendida na Tailândia e chegará ao demais mercados da Ásia e Oceania ao longo dos próximos cinco meses. E quanto ao Brasil? A HPE Autos, representante oficial da marca no país, tem reduzido o tempo de espera para os lançamentos nacionais.

Qual o valor da nova Triton Sport?

Mitsubishi L200 tem promoção com taxa zero ou até R$ 30 mil de bônus Interessados em fechar negócio e sair de caminhonete nova nos próximos dias podem encontrar condições especiais nas concessionárias Mitsubishi de todo o Brasil. A marca está anunciando facilidades na aquisição da picape L200 Triton e vantagens que podem ser aplicadas em diferentes versões.

  1. A lista inclui bônus de até R$ 30.000 ou taxa zero de juros no financiamento.
  2. Na linha, por exemplo, a anuncia R$ 20.000 de bônus ou taxa zero para financiamento com 60% de entrada em 18 vezes para aquisição das versões GLS AT, HPE e HPE-S.
  3. Nestas configurações, a picape sai por R$ 272.990, R$ 296.990 e R$ 326.990, respectivamente.

Na comparação com os demais modelos, estas variantes se diferenciam pelo visual atualizado com a mais recente reestilização. Na sequência, há oferta para a variante L200 Triton Outdoor, oferecida nos acabamentos GLX MT (R$ 246.990) e GLS AT (R$ 256.990).

Neste caso, a picape conserva o visual mais antigo e incorpora grade frontal, maçanetas, rodas de liga-leve de 16 polegadas e retrovisores com acabamento na cor preta. Além disso, há revestimento plástico nos arcos das rodas e adesivos com o nome da versão na tampa traseira e nas laterais. A promoção inclui bônus de R$ 30.000 ou financiamento sem juros para planos com entrada de no mínimo 60% e saldo em 18 parcelas mensais fixas.

A carência é de 30 dias para pagamento da 1ª parcela. Leia também: As mesmas condições são ofertadas para a L200 Triton Savana, que tem preço sugerido de R$ 261.990. A versão se diferencia pela preparação off-road composta por equipamentos como snorkel (que aumenta a capacidade de imersão para 700 mm), bagageiro no teto (que guarda uma rampa de desencalhe, usada nas trilhas), para-choque de impulsão, rodas de 16″ em grafite com pneus Pirelli MTR, adesivos e outros.

Qual o consumo da L200 Triton 3.2 diesel?

Com diesel, a L200 Triton 3.2 turbo obteve média de 8,3 km/l na cidade e 9,9 km/l na estrada. Com isso, o modelo recebeu nota D na categoria e E na geral, de acordo com o Conpet.

Qual o consumo da Triton 2023?

Aceleração e consumo da L200 Triton Sport 2023 – Falando sobre números da caminhonete, ela atinge a marca de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos, nada mal para um veículo de quase duas toneladas. Quanto ao consumo, a picape consegue médias de 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada, sempre abastecida com diesel.