Na Tabela Periódica Dos Elementos, O Que Significa Ag?

O que significa Ag Na Tabela Periódica?

Prata, ouro e cobre: mesma família, mas propriedades diferentes por Juliano Alves Bonacin, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)* Imagens: Pixabay A prata, do latim argentum, é um elemento químico (número atômico 47) muito conhecido da nossa sociedade e sua descoberta se confunde com a própria história do Homem moderno. Na Tabela Periódica dos Elementos, a prata (Ag) é um metal de transição que, juntamente com o ouro, pertence à família do cobre.

Embora esses elementos sejam da mesma família, algumas propriedades químicas são muito diferentes. A abundância relativa da prata na crosta terrestre e na natureza é baixa (65º elemento mais abundante), podendo ser encontrada na forma de mineral, principalmente como sulfeto de prata (Ag 2 S) – também conhecido como argentita – e na forma de cloreto de prata (AgCl, cloroarginita).

Além disso, a prata pode ser encontrada na forma pura ou em ligas metálicas com cobre, chumbo, níquel, ouro ou zinco, O Brasil possui atualmente uma reserva de prata, economicamente lavrável, de quase 4 mil toneladas, o que representa menos de 1% da prata mundial. O principal uso da prata é na área de eletroeletrônica e a sua utilização é tão importante que hoje seria impossível apertar um botão de “liga e desliga” que não contenha prata. Nesse setor também é crescente o uso em painéis fotovoltaicos para conversão de energia solar em energia elétrica.

O segundo maior uso da prata é em joias e ligas metálicas relacionadas a joalheria. E a terceira maior aplicação é em moedas e barras de prata para investimentos e reservas financeiras, Outras aplicações da prata envolvem volumes menores desse metal, mas não são menos importantes. Um exemplo disso é o uso de compostos de prata em filmes fotográficos, que diminuiu drasticamente com surgimento das câmeras fotográficas eletrônicas e celulares.

Contudo, os haletos de prata continuam sendo amplamente utilizados em chapas de raios X para usos médicos. A prata também é utilizada para fazer espelhos, pois é o melhor refletor de luz visível que se conhece. Em termos biológicos, a prata é um elemento não essencial, ou seja, ela não é indispensável para a manutenção da vida.

  1. No entanto, a prata possui inúmeras aplicações em medicina e em processos de purificação de água, sendo um poderoso agente bactericida e bacteriostático.
  2. Os mecanismos de ação da prata no combate de bactérias são amplamente estudados e estão relacionados às interações desse metal com as biomoléculas da bactéria, o que leva à inativação da reprodução bacteriana.

A ação da prata contra bactérias pode ser potencializada quando esse metal está na forma nanométrica. Por isso, as nanopartículas de prata apresentam atividade biocida e são utilizadas como aditivos de performance para transformar materiais convencionais em materiais funcionais.

  1. Ou seja, embalagens plásticas diversas ou escovas de dentes podem apresentar, além de suas funções originais, atividade biológica contra diferentes tipos de bactérias.
  2. Todo esse benefício pode ser aplicado na concepção de utensílios domésticos simples, com propriedades biocidas, ou até mesmo ser utilizada em hospitais e no controle de infecções nosocomiais,

Referências Chemistry of Elements, N.N. Greenwood e A. Earnshaw, Butterworth-Heinemann Ltd., Cambridge, 1995. Sumário Mineral Brasileirio – D epartamento Nacional de Produção Mineral. Coordenadores: T.M. Lima e C.A.R. Neves; Brasília: DNPM, 2016. Acessado em 06 de dezembro de 2018.

Qual é o nome do elemento Ag?

O símbolo químico dado à prata (Ag) deve-se ao seu nome em latim.

Porque o símbolo da Prata AG?

A Prata é representada pela sigla ‘Ag’ em razão da origem do seu nome, que vem do latim argentum.

Onde é encontrado o elemento Ag?

Prata. O elemento Prata e suas propriedades – Brasil Escola Um elemento químico nada mais é do que um grupo de átomos que apresentam em seu núcleo o mesmo número de prótons (número atômico). Dessa forma, quando analisamos determinados átomos e percebemos que o número atômico deles é o mesmo, temos a certeza de que se trata de um elemento químico.

  • Quando estudamos a tabela periódica, vemos que nela estão representados 118 elementos diferentes.
  • Por isso, sabemos que o ser humano conhece a existência de apenas 118 átomos com números diferentes de prótons no interior de seus núcleos.
  • Cada elemento químico apresenta um grupo de propriedades e aplicações, que, por sua vez, são bastante variadas e importantes.

Neste texto vamos dar uma atenção especial para o elemento químico denominado Prata, A Prata é representada pela sigla “Ag” em razão da origem do seu nome, que vem do latim argentum. Veja como esse elemento é denominado em outras línguas:

Espanhol: Plata Inglês: Silver Italiano: Argento Francês: Argent Japonês: Gin

A Prata é um extremamente conhecido e utilizado em todo o mundo. A história da sua utilização data de 3000 a.C. Durante muitos e muitos anos, esse elemento, juntamente ao ouro, foi sinônimo de riqueza. Ao ler o Antigo Testamento bíblico, por exemplo, é possível verificar que muitos personagens da Bíblia ficaram conhecidos por terem muito ouro e prata, o que mostra como esse metal tem valor desde muito tempo.

O interessante é que já existiu uma época em que a prata tinha mais valor financeiro que o ouro. Isso aconteceu entre os anos de 1780 a 1580 a.C. A desvalorização da prata só começou a ocorrer quando ela começou a ser encontrada muito mais facilmente que o ouro. Hoje em dia é esse metal é encontrado principalmente na América do Sul, Estados Unidos, Austrália, México e Noruega.

A Prata pode ter três origens: a natural (encontrada na natureza), a industrial e a sintética (produzida em laboratório):

Natural: a Prata pode ser encontrada em sua forma pura ou associada a outros materiais. Na natureza, existem mais de 60 minérios diferentes que apresentam prata em sua composição; Industrial: é obtida a partir do processamento de materiais como chumbo, cobre e zinco; Sintética: é obtida a partir de reações químicas com sais que apresentam prata em sua constituição, como o nitrato de prata, que, ao reagir com o cobre, origina um sal e prata metálica pura. Veja a equação que representa o processo:

You might be interested:  Tabela De Preços De Reforço Escolar 2022?

Cu + 2AgNO 3 → Cu(NO 3 ) 2 + 2 Ag Veja a seguir as principais características e utilizações da Prata: Não pare agora. Tem mais depois da publicidade 😉 a) Principais características da prata É um metal que apresenta cor característica (branco-prata) e um brilho metálico muito intenso.

A prata apresenta número atômico igual a 47, ou seja, no interior do núcleo dos átomos de prata encontramos 47 prótons (partículas de carga positiva) e 47 elétrons (partículas de carga negativa) em seus orbitais atômicos, Esse metal está localizado na tabela periódica no chamado grupo 11 ou família IB e tem a seguinte distribuição eletrônica:1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 3d 10 4s 2 4p 6 4d 10 5s 1 Além do já exposto, são especificidades da prata:

Estado Físico: Sólido (T = 298K ou 25 o C); Densidade: 10,490 (g/cm 3 ); Ponto de fusão: 961,93 o C; Ponto de Ebulição: 2212 o C; Metal de Transição (pertencente a uma família B); É macia; É dúctil (pode formar fios); É maleável (pode formar uma lâmina); Sua estrutura de cristal é cúbica de face centrada (forma como os átomos estão organizados); Dureza: 3,25 mohs (essa grandeza avalia a dureza do material, que é a capacidade de riscar. Assim, a prata é menos dura que o granito (o granito risca a prata), por exemplo.); Quando queimada, produz uma chama de cor lilás; É estável quando exposta ao ar; É boa condutora de eletricidade.

Observações:

Quando exposta ao ozônio, a prata perde seu brilho característico; Toxicidade — trata-se de um metal tóxico ao ser humano. Quando uma pessoa está contaminada com prata, ela apresenta uma intoxicação denominada argiria, na qual a prata deposita-se nas membranas mucosas.

b) Principais utilizações da prata

Utilizada para a produção de joias em geral e de objetos decorativos (sempre associada com cobre, em maior ou menor quantidade); Fabricação de talheres;

Talheres feitos de Prata

Produção de instrumentos musicais; Fabricação de radiadores de automóveis; Fabricação de moedas; Na área odontológica ( para restauração, por exemplo); Formação de ligas para solda; Produção de contatos elétricos; Produção de baterias de alta capacidade; Produção de pinturas utilizadas em circuitos impressos; Produção de explosivos (prata presente em sais inorgânicos); Utilizada em fotografia convencional (prata presente em sais inorgânicos); Utilizada para provocar chuvas (prata presente em sais inorgânicos); Serve como cimento para vidro (prata presente em sais inorgânicos); Utilizada no tratamento de irritações de membranas mucosas da boca e garganta (prata presente em sais inorgânicos); Utilizada como agente anti-irritante das membranas dos olhos, ouvido, nariz e garganta (prata presente em sais inorgânicos).

Por Me. Diogo Lopes Dias : Prata. O elemento Prata e suas propriedades – Brasil Escola

Qual a carga do Ag?

Tabela de nox –

Elemento Nox fixo Exemplo
Metais alcalinos (Li, Na, K, Rb, Cs e Fr) +1
Metais alcalinoterrosos (Be, Mg, Ca, Sr, Ba e Ra) +2
Halogênios (F, Cl, Br e I) -1
Prata (Ag) +1
Zinco (Zn) +2
Alumínio (Al) +3
Hidrogênio (H) +1 (ligado a ametais)
Oxigênio (O) -2 (em substâncias compostas)

Essas informações são úteis para determinar o número de oxidação dos átomos de outros elementos. Leia também:

Como saber se é prata ou não?

Como saber se é prata ou aço? – Aqui, podemos utilizar os pontos mencionados acima:

Verifique o selo de autenticidade: se for prata legitima, terá o selo garantindo o seu valor. Se for aço, não terá esse selo. Use um ímã: a maioria dos tipos de aço são magnéticos, o que significa que o ímã será atraído pelo objeto. Ao contrário da prata, que não é magnética. Cor: como falamos anteriormente, a prata tem um brilho branco frio ou um tom de cinza prateado. O aço geralmente é cinza-escuro ou prateado opaco. Porém, só pela cor, você pode confundir a prata e o aço inoxidável, já que ambos podem parecer semelhantes nesse ponto. Peso: a prata é mais densa e pesada do que o aço. Dessa forma, se você tiver duas peças de dimensões parecidas e uma for mais pesada que a outra, provavelmente a mais pesada é de prata.

A Alinare é referência em joias em Prata 925 no mercado brasileiro. Sempre antecipamos tendências e garantimos a qualidade dos nossos produtos. Quer entender como funciona a parceria com a Alinare? : Como saber se é prata verdadeira?

Em que o mercúrio é usado?

Principais Aplicações do Mercúrio –

Eletroeletrônica: Lâmpadas fluorescentes e de vapor de mercúrio, pilhas, baterias e componentes elétricos.

Metrologia: Barômetros, higrômetros, termômetros e manômetros.

Medicina: Esfigmomanômetros, termômetros, amálgamas dentárias e conservantes de vacinas (timerosal).

Agricultura: Agrotóxicos.

Indústrias: Petroquímica, Cloro-Soda, Bélica, Papeleira e Farmacêutica.

Atividades: Extração de primária de mercúrio, Mineração de ouro e Geração de Energia (queima de combustíveis fósseis).

O que a prata faz no corpo?

Prata faz mesmo bem à Saúde ? Normalmente, quando escolhemos uma joia olhamos para a sua cor, para a forma da peça ou até mesmo para o seu tamanho para perceber se aquela é a opção mais acertada para complementar a roupa que temos vestida. Mas, e se lhe disséssemos que usar uma joia com uma pedra muito específica ou de um certo material pode ter benefícios para a saúde? Pode parecer que estamos a falar de esoterismo, energias ou vibrações da terra, mas a realidade é que há vários séculos que as pedras preciosas e os metais são usados com o objetivo de curar algumas maleitas do nosso corpo.

Na antiguidade, por exemplo, os fenícios usavam baldes de prata para guardarem a água e o vinagre, isto porque a prata é conhecida pelas suas propriedades antibacterianas, e, por isso, impedia que os líquidos ficassem contaminados.Ao longos dos anos, têm sido publicados vários estudos científicos que comprovam os benefícios que as joias em prata podem ter para a saúde graças à sua capacidade de conduzir energia elétrica e térmica que influencia o funcionamento do nosso organismo.

Se não sabe o que é que a prata pode fazer pela sua saúde, deixamos alguns dos principais benefícios que este metal pode trazer para o seu bem-estar se o usar regularmente. Tal como acontece com algumas pedras preciosas, a prata ajuda a equilibrar alguns elementos do organismo.

Quantos átomos tem Ag?

Graduação em Química (Centro Universitário Franciscano, UNIFRA, 2014) Este artigo foi útil? Considere fazer uma contribuição: Ouça este artigo: Há registros de elemento químico prata é utilizado desde os primórdios em alguns utensílios e ornamentos, inclusive durante certo tempo foi considerado mais valioso que o ouro e também utilizado como moeda.

Há citações do uso deste elemento no Velho Testamento inclusive. A prata tem seu símbolo Ag derivado de seu nome no latim Argentum, possui número atômico 47 e número de massa 107,86 u.a estando classificada na tabela periódica como um metal de transição, A prata pode ser encontrada na natureza em rochas e geralmente de forma impura principalmente com a presença de chumbo (Pb) e cobre (Cu).

Pode ser também obtida de forma industrial e sintética. É considerada nobre devido à sua estabilidade, ou baixa reatividade, que é conferida pela energia de ionização deste elemento. Abaixo estão listadas algumas características deste elemento químico:

É um metal de coloração branca; Possui alta ductibilidade (tendência de formar fios); É um metal de boa condutibilidade elétrica e térmica; É sólido na temperatura ambiente e é considerado de baixa dureza (macio); Possui estabilidade quando exposto ao ar e a água; Possui perda gradativa de seu brilho; Quando pura é tóxica.

A distribuição eletrônica deste elemento em sua forma elementar é: 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 1 4d 10 Neste caso a camada de valência, que é a quinta, apresenta apenas um elétron. As aplicações da prata são inúmeras e algumas estão listadas abaixo:

Na fotografia, devido aos sais de prata serem sensíveis à luz; Na radiologia, o brometo de prata é utilizado nos filmes para raio-x; Na indústria joalheira; Na confecção de espelhos; Fabricação de moedas; Na produção de baterias; Na composição da solda; Na fabricação de utensílios domésticos, como talheres.

Texto originalmente publicado em https://www.infoescola.com/elementos-quimicos/prata/ Este artigo foi útil? Considere fazer uma contribuição:

O que significa Ag 925?

É constituída de 925 partes de prata pura e 75 partes de outras ligas. A prata 925 recebe diversas nomenclaturas – por isso, caso você esteja se perguntando o que é prata de lei ou o que é prata esterlina, saiba que elas são a mesma coisa.

Qual e o símbolo do ouro?

Ouro na tabela peridica. – Tabela Peridica com destaque dado ao elemento ouro. O ouro (do latim aurum, “brilhante”) um elemento qumico de nmero atmico 79 (79 prtons e 79 eltrons) que est situado no grupo 11 (1 B) da tabela peridica, e de massa atmica 197 u. O seu smbolo Au (do latim aurum).

  • Esto distribudos de forma irregular pela crosta do planeta.
  • No comum encontr-los em estado natural, puros.
  • Em geral so encontrados juntos a outros elementos, nos minerais, e com grande quantidade de impurezas.
  • Foco dos alquimistas que buscavam a partir da chamada pedra filosofal, substncia mgica supostamente capaz de facilitar o processo de transmutao, isto, a alterao e a transformao de corpos slidos em ouro.

Palavras-chave: Ouro. Metais. Tabela peridica.

O que e Ag 925?

A prata 925 possui em sua composição a fundição de 92,5% de Prata pura mais 7,5% de outros metais, como o Cobre ou o Latão. Em outras palavras, existem 925 partes de prata em 1000 partes de metal. A prata 925 é referida como prata de lei e é o formato mais comum para utilização em joias em prata.

Quantos elétrons tem o Ag?

Como o número atômico de silver é 47, Ag tem 47 elétrons.

Qual é a origem do ouro?

A origem do Ouro – O ouro surgiu no espaço, há mais de 5 bilhões de anos atrás, antes mesmo do planeta Terra existir. Esse fenômeno ocorreu através de violentas explosões estelares, denominadas supernovas,que transportaram não só o ouro, como outros tipos de metais importantes.

Qual é a melhor prata?

A Prata 925 possui em sua composição 92,5% de prata pura e 7,5% de outros metais, como o cobre e o latão. Já a Prata 950 é de maior qualidade, já que tem 95% de prata pura e somente 5% de outros elementos. Tanto a prata 925 como a prata 950 são ideais para a fabricação de joias e semijoias.

Qual é o nox do Ag?

Tabela de nox –

Elemento Nox fixo Exemplo
Metais alcalinos (Li, Na, K, Rb, Cs e Fr) +1
Metais alcalinoterrosos (Be, Mg, Ca, Sr, Ba e Ra) +2
Halogênios (F, Cl, Br e I) -1
Prata (Ag) +1
Zinco (Zn) +2
Alumínio (Al) +3
Hidrogênio (H) +1 (ligado a ametais)
Oxigênio (O) -2 (em substâncias compostas)

Essas informações são úteis para determinar o número de oxidação dos átomos de outros elementos. Leia também:

Para que a prata é usada?

A prata tem suas maiores aplicações na indústria de material fotográfico / radiográfico, na indústria eletroeletrônica, na cunhagem de moedas e na joalheria.

Qual é o símbolo do sódio?

Elemento sódico. Características do sódio O sódio é um elemento químico de símbolo Na, possui número atômico 11 (11 prótons e 11 elétrons ) e massa atômica 23 u, se classifica como metal alcalino na Tabela Periódica e pertence a famíla 1 A. O sódio é um sólido em temperatura ambiente, é macio e tem coloração branca.

O sódio é muito importante, pois se faz presente no corpo humano e também na alimentação diária. É o principal tempero caseiro: cloreto de sódio (NaCl), mais conhecido como sal de cozinha. Está presente na nossa estrutura corpórea da seguinte maneira: quando atinge sua forma ionizada dentro de nosso organismo, o sódio se torna um dos principais fatores de regulação osmótica do sangue, de fluidos intercelulares e do equilíbrio ácido-base.

Veja abaixo algumas utilizações de compostos derivados do sódio: Bicarbonato de sódio (NaHCO 3 ): mistura cristalina solúvel em água e com sabor alcalino, apresenta-se como um pó branco que, por aquecimento, perde gás carbônico. Devido a esta propriedade é usado como fermento químico para pães e bolos.

Neste caso, o crescimento da massa deve-se à liberação de CO 2 gasoso. O NaHCO 3 é considerado um sal e é utilizado também na fabricação de extintores de incêndio. Hidróxido de sódio (NaOH): também conhecido como soda cáustica, é um hidróxido cáustico usado na indústria para fabricação de papel, tecidos, detergentes, alimentos e biodiesel.

Carbonato de sódio (Na 2 CO 3 ): sal branco e translúcido que endurece e se agrega quando exposto ao ar devido à formação de hidratos. O carbonato de sódio é usado para o controle do pH da água potável, como aditivo alimentar, na fabricação de vidros e no tratamento de água das piscinas.

Como saber se é de ouro?

2. Como saber se é ouro com um imã – Ouro, prata e cobre não são materiais magnéticos, ou seja, que são atraídos por um imã – ferro, aço, níquel e cobalto sim. Então, para saber se é ouro de verdade ou apenas uma peça banhada a ouro, basta usar um imã grosso próximo da joia.

Como fazer o teste para saber se é ouro?

Como saber se a joia é de ouro? – Agora que você sabe as classificações do ouro, está pronto para verificar se sua peça é mesmo de ouro. Veja a lista abaixo com algumas dicas:

  1. Examine a peça: o timbre em uma peça de ouro é a melhor forma de identificá-la. As joias com esse material em sua maioria carregam um timbre descrevendo o teor que é utilizado na peça. Outros pontos para se observar são as características da peça, como a estrutura, qualidade de produção e acabamento.
  2. Teste do imã: o teste mais famoso é o do imã. O ouro é um metal não-magnético, não se atraindo por ímãs, assim, quando a peça é aproximada do ímã e ocorre algum tipo de atração, quer dizer que sua joia não é feita de ouro ou pode ser que possui outros metais. Para esse teste, o imã utilizado precisa ser mais forte.
  3. Cerâmica: esse teste é bem simples e acessível, mas é necessário um cuidado redobrado pois a peça pode danificar. Em uma louça feita de cerâmica branca, esfregue com delicadeza a joia, se a cerâmica ficar marcada por um riso preto significa que a joia não é de ouro, já se for um risco dourado, a sua peça é de ouro.
  4. Vinagre: apesar de ser pouco comentado por aí, o teste do vinagre é uma alternativa de fácil acesso e eficiente. Porém, há um grande risco de estragar sua peça, então evite caso você seja uma pessoa com muito valor sentimental. O teste consiste em limpar bem a peça e aplicar 3 gotas de vinagre nela, se a peça não tiver nenhuma reação na coloração, ela é de ouro, mas caso mude de cor, ela certamente não é de ouro.
  5. Leve até uma joalheria: para evitar danificações nas suas peças testando-as em casa, a melhor alternativa é levar até uma joalheria, o profissional realizará uma avaliação sem danificar a sua peça.

Bom, agora que você já sabe como saber se uma peça é de ouro, entenda mais sobre os ! Lembrando que todas as peças vendidas na Virtual Joias possuem garantia quanto a sua matéria-prima, ou seja, nosso ouro e prata são metais nobres. : Como saber se é ouro: saiba como identificar a joia

Como saber se a joia é de ouro?

Limpe bem a joia de ouro com uma flanela e aplique duas ou três gotas de vinagre. Espere um pouco e observe a cor da peça. Se não ocorrer mudança de cor, realmente é ouro de verdade (metal nobre não oxida). Se existir uma reação e a joia começar a ter outra cor, então é apenas uma peça banhada.

Qual é o símbolo do sódio?

Elemento sódico. Características do sódio – Mundo Educação O sódio é um elemento químico de símbolo Na, possui número atômico 11 (11 prótons e 11 elétrons ) e massa atômica 23 u, se classifica como metal alcalino na Tabela Periódica e pertence a famíla 1 A.

O sódio é um sólido em temperatura ambiente, é macio e tem coloração branca. O sódio é muito importante, pois se faz presente no corpo humano e também na alimentação diária. É o principal tempero caseiro: cloreto de sódio (NaCl), mais conhecido como sal de cozinha. Está presente na nossa estrutura corpórea da seguinte maneira: quando atinge sua forma ionizada dentro de nosso organismo, o sódio se torna um dos principais fatores de regulação osmótica do sangue, de fluidos intercelulares e do equilíbrio ácido-base.

Veja abaixo algumas utilizações de compostos derivados do sódio: Bicarbonato de sódio (NaHCO 3 ): mistura cristalina solúvel em água e com sabor alcalino, apresenta-se como um pó branco que, por aquecimento, perde gás carbônico. Devido a esta propriedade é usado como fermento químico para pães e bolos.

Neste caso, o crescimento da massa deve-se à liberação de CO 2 gasoso. O NaHCO 3 é considerado um sal e é utilizado também na fabricação de extintores de incêndio. Hidróxido de sódio (NaOH): também conhecido como soda cáustica, é um hidróxido cáustico usado na indústria para fabricação de papel, tecidos, detergentes, alimentos e biodiesel.

Carbonato de sódio (Na 2 CO 3 ): sal branco e translúcido que endurece e se agrega quando exposto ao ar devido à formação de hidratos. O carbonato de sódio é usado para o controle do pH da água potável, como aditivo alimentar, na fabricação de vidros e no tratamento de água das piscinas.

Para que o alumínio é utilizado?

O metal é utilizado na indústria automobilística, construção civil, aeroespacial, elétrica e eletrônica, na fabricação de ligas metálicas, utensílios domésticos e embalagens para alimentos. Os compostos de alumínio são usados como antiácidos, antiperspirantes e adstringentes.

Quantos elétrons tem Ag?

Como o número atômico de silver é 47, Ag tem 47 elétrons.

Qual a valência do Ag?

Apresentação do Conceito de Camada de Valência – No âmbito da Química e da Física, a expressão camada de valência designa a última camada a receber eletrões num determinado átomo ou, dito uma forma mais técnica, o nível de maior número quântico principal e secundário na distribuição eletrónica.

  • Normalmente, os eletrões pertencentes à camada de valência são os que participam nas ligações químicas, uma vez que são os eletrões que se encontram numa camada mais externa do átomo,
  • De acordo com o Diagrama de Pauling, os átomos podem assumir sete camadas de distribuição atómica, sendo estas, K, L, M, N, O, P e Q e cada uma destas camadas possui um número máximo de eletrões permitidos, sendo respetivamente, 2, 8, 18, 32, 32, 18 e 2.

De acordo com a Teoria do Octeto, na maioria dos átomos, a camada de valência precisa de oito eletrões, para estes serem estáveis. Quando não há estabilidade nos átomos, estes tendem a estabelecer ligações químicas com outros elementos que possam proporcionar os eletrões de que necessitam.

Com exceção do hélio, todos os gases nobres possuem oito eletrões na camada de valência. Assim, um átomo que apresente a última camada com oito eletrões adquire as características de um gás nobre, ou seja, é estável. Isto significa que não precisa de estabelecer ligações químicas para adquirir estabilidade.

Com base na tabela periódica, é possível conhecer a quantidade de eletrões presentes na camada de valência dos elementos. Deste modo, os elementos pertencentes aos grupos 1,2, 13, 14, 15, 16 e 17 possuem, respetivamente, 1, 2, 3, 4, 5, 6, e 7 eletrões na camada de valência.

Para os restantes elementos presentes na tabela periódica é possível identificar o número de eletrões da camada de valência através da representação da distribuição eletrónica. Para uma melhor compreensão de como isto se processa, consideram-se dois exemplos: EXEMPLO 1 O elemento químico ferro, cujo símbolo químico é Fe, tem número atómico igual a 26.

Fazendo a distribuição eletrónica para este elemento tem-se 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 6, A última camada representada nesta distribuição eletrónica é 4 (4s). Assim, o elemento ferro (Fe) possui dois eletrões na sua camada de valência (4s 2 ). EXEMPLO 2 O elemento químico prata, Ag, tem número atómico 47.

Fazendo a distribuição eletrónica para a prata, tem-se 1s 2 2s 2 2p 6 3s 2 3p 6 4s 2 3d 10 4p 6 5s 1 4d 10, A última camada representada, ou seja, a camada de valência para este elemento é 5 (5s). Então, a prata possui apenas um eletrão na sua camada de valência (5s 1 ). Desta forma, é possível conhecer as ligações prováveis entre os diversos elementos, assim como a sua provável transformação em iões (catiões e aniões).

É de notar que o termo “valência” começou a ser utilizado no estudo das ligações químicas, por volta do século XIX. Os cientistas procuravam uma explicação para a capacidade que os átomos dos elementos tinham de se combinarem, formando substâncias químicas,2179 Visualizações 1 Total