Tabela De Itens Uf Índice De Participação Dos Municípios?

Como atualizar as tabelas do SPED Fiscal?

1 – Acesse o validador do Sped ICMS IPI (‘O qual deve está atualizado na ultima versão e esta instalado em sua maquina local’) em seguida clique no Menu ‘Tabelas > Atualizar tabelas’.

Como atualizar o SPED Fiscal sem perder os dados?

Acesse o site da Receita, clique aqui para acessar o site. Verifique qual a última versão disponível e se a versão for superior a atual clique em Continue lendo. Em seguida clique no link de download, disponível no final da página. Você será direcionado para a página de download.

O que é o PVA do SPED?

O PVA é o programa disponibilizado pela Receita Federal para validação e envio do arquivo SPED gerado. Utilize para validar o arquivo, verificar se as informações foram geradas corretamente, se contém algum erro e para fazer alguns ajustes.

Quantas vezes o SPED Fiscal pode ser retificado?

SPED Fiscal e Contribuiçoes: Posso retificar arquivos já ret – Tributos Federais Bom dia João, Conforme Guia Prático EFD-Contribuições – Versão 1.23, a apuração e escrituração de créditos vinculados a serviços contratados ou a produtos adquiridos com direito a crédito, referentes a períodos anteriores, deve ser prestada em arquivo retificador, não constando qualquer limitação quanto à quantidade de retificações.Seção 9 – Retificação de Escrituração já transmitida.INFORMAÇÃO IMPORTANTE – OPERAÇÕES EXTEMPORÂNEAS:Tendo em vista a possibilidade da pessoa jurídica de proceder à retificação da escrituração em atécinco anos, a partir da vigência da IN RFB nº 1.387/2013, a inclusão de novas operaçõesrepresentativas de créditos ou de contribuições, ainda não incluídos em escrituração digital játransmitida, deve ser formalizada mediante a retificação do arquivo digital do período de apuraçãoa que se referem as citadas operações.Neste sentido, a partir do período de apuração referente a agosto de 2013, a apuração eescrituração de créditos vinculados a serviços contratados ou a produtos adquiridos com direito acrédito, referentes a períodos anteriores, deve ser prestada em arquivo retificador, nos registrosA100 (serviços) e/ou C100 (bens para revenda e insumos adquiridos), por exemplo, do período decompetência a que se referem, e não mais, nos antigos registros de créditos extemporâneos

1101/1102 (PIS/Pasep) e 1501/1502, ou de contribuições extemporâneas 1200/1210/1220diferente (anterior ou posterior) à data a que se refere a escrituração, descrita no registro “0000”.

(PIS/Pasep) e 1600/1610/1620 (Cofins).Ressalte-se que os registros para a escrituração das operações geradoras de crédito e de receitasauferidas, dos blocos “A”, “C”, “D” e “F”, validam a escrituração de documentos correspondentesaos períodos de apuração da escrituração, mesmo que a data de emissão do documento fiscal seja : SPED Fiscal e Contribuiçoes: Posso retificar arquivos já ret – Tributos Federais

Até quando posso retificar o SPED Fiscal?

Qual o prazo para retificação? De acordo com a Instrução Normativa RFB n° 1.252, de 2012, o prazo para retificação da escrituração é até o último dia útil do ano-calendário seguinte a que se refere a escrituração substituída.

Tem como recuperar ECD transmitida na Receita Federal?

Ir para o conteúdo

  • Fonte Normal
  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Página Inicial
  1. 1 – Qual é a data-limite de entrega da ECD? Para as situações normais, a data-limite de entrega é até o último dia útil do mês de maio do ano subsequente ao ano-calendário a que se refira a escrituração. Para as situações especiais (cisão, fusão, incorporação ou extinção): – Se a cisão, fusão, incoporação ou extinção ocorrer de janeiro a abril, a data-limite de entrega é o último dia útil do mês de maio do ano da escrituração. – Se a cisão, fusão, incoporação ou extinção ocorrer de maio a dezembro, a data-limite de entrega é o último dia útil do mês subsequente ao do evento. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  2. 2 – Caso as minhas dúvidas não tenham sido esclarecidas, como devo proceder? Verifique as instruções de preenchimento da ECD no Manual de Orientação do Leiaute da ECD, disponível para download em: http://sped.rfb.gov.br/pasta/show/1569 ; ou envie sua dúvida para o Fale Conosco da ECD. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  3. 3 – Não estou conseguindo restaurar um cópia de segurança da ECD já transmtida. O que devo fazer? Não utilize a cópia de segurança. Se a ECD já foi transmitida, utilize o programa ReceitanetBX para fazer o download do arquivo original da ECD (em formato,txt) e importe este arquivo na versão mais atualizada do programa da ECD. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  4. 4 – Como deve ser a procuração eletrônica RFB para assinar a ECD? A opção “Todos os serviços existentes e os que vierem a ser disponibilizados no sistema de Procurações Eletrônicas do e-CAC (destinados ao tipo do Outorgante – PF ou PJ), para todos os fins, inclusive confissão de débitos, durante o período de validade da procuração.” deve estar selecionada na procuração eletrônica. Caso a empresa não possua e-CNPJ, segue o link do portal, onde é detalhado o serviço e tudo que precisa ser providenciado para cadastrar a procuração presencialmente. http://idg.receita.fazenda.gov.br/interface/lista-de-servicos//procuracao/procuracao-e-cac-presencial http://idg.receita.fazenda.gov.br/orientacao/tributaria/senhas-e-procuracoes/procuracoes/orientacoes-gerais-procuracoes-rfb Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  5. 5 – Como é realizada a recuperação da ECD anterior? A partir do leiaute 8 (ano-calendário 2019 e situações especiais de 2020) há a funcionalidade de recuperação da ECD anterior no programa da ECD (versão 7.0.0). Há que ressaltar que a recuperação da ECD anterior é obrigatória e deve ser realizada pelo usuário do programa, após a importação do arquivo da ECD referente ao ano-calendário 2019 e situações especiais de 2020, no programa da ECD – menu “Escrituração/Recuperar ECD Anterior”. Após a recuperação da ECD anterior, a construção do Bloco C – Recuperação da ECD Anterior – é feita automaticamente pelo programa. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
You might be interested:  Tabela De Indenização Por Perda De Membros Inss?

Se as informações acima não foram suficientes para sanar sua dúvida, acione o Fale Conosco,

Quais receitas devem ser informadas no Efd-contribuições?

O que é informado na EFD Contribuições? – Na hora de elaborar a EFD-Contribuições, as empresas devem informar todas as receitas financeiras como custos, despesas, aquisições, encargos, receitas operacionais e não operacionais e, também, aquisições geradoras de créditos do regime não cumulativo e os ajustes como estornos e devoluções.

O que deve constar no SPED?

O que deve ter no SPED Contábil? – No SPED Contábil deve ter as informações relativas aos livros contábeis da empresa, balanços, balancetes, razões e demais dados contábeis relevantes tanto para o contribuinte, quanto para o Fisco. É através do lançamento destas informações que se torna possível verificar se a parte contábil da empresa está de acordo com a parte fiscal.

  1. Junto às demais informações, é indispensável que haja os dados da pessoa jurídica, o número do CNPJ e atividade por ela desempenhada, além de outros dados exigidos pelo Fisco.
  2. Além disso, o SPED Contábil deve ter todas as informações relativas às atividades da empresa, ainda que não haja movimentação no período informado.

Mesmo não havendo nenhum tipo de movimentação em um determinado período, há fatos como incidência de tributos, depreciação de bens do ativo imobilizado, pagamentos de contas e demais custos que representam fatos contábeis e devem constar no SPED Contábil.

Quem gera o SPED?

Para gerar o SPED Fiscal, as empresas produzem mensalmente um documento digital que contém informações importantes para o Fisco e a Receita Federal – e essas informações envolvem a escrituração de documentos fiscais, registros de apuração de impostos, recursos e demais dados sobre operações e prestações praticadas.

É possível retificar os últimos 5 anos do SPED ECF?

– A retificação da ECF poderá ser realizada em até 5 anos.

É possível substituir os últimos 5 anos do SPED Contábil?

As regras mudaram! Saiba quais os prazos para retificação do SPED Contábil e o que você precisa fazer para transmitir seu arquivo em caso de alteração! – 11/02/2020 08:42 Apesar de ser um velho conhecido, o SPED Contábil sempre sofre alterações ao longo dos anos.

  • Atualmente, está no leiaute 8, que obriga a recuperação do saldo do ano anterior.
  • Porém, nesse artigo queremos destacar a substituição do arquivo da ECD.
  • Você lembra até quando pode retificar? Só é admitida a substituição da ECD até o fim do prazo de entrega relativo ao ano-calendário subsequente.
  • Ou seja, para o ano-calendário de 2019, caso seja necessária alguma alteração referente ao ano-calendário 2018, o prazo final para entrega seria em 31/05/2020, caso não houvesse a prorrogação do arquivo devido à pandemia do novo Coronavírus.

Com esse novo cenário, a substituição referente à 2018 poderá ocorrer até 31 de julho de 2020. Não sendo possível substituir os anos anteriores. Porém, para fazer a substituição do SPED Contábil, é necessário preencher uma série de informações que justifiquem a mudança na declaração.

Primeiramente, para transmitir o arquivo sua empresa deverá preencher o Registro J930, com os dados do signatário da escrituração (Número da Certidão de Regularidade Profissional do Contador e data de validade). Na substituição, o Registro J932 (Signatários do Termo de Verificação para Fins de Substituição da ECD) terá um campo para preenchimento das informações do contador e do auditor responsável pela retificação.

Por último, o Registro J935 será para identificação dos autores independentes para atualização do registro e inclusão de regras de validação. J801 – TERMO DE VERIFICAÇÃO PARA FINS DE SUBSTITUIÇÃO DA ECD

Código do Motivo da Substituição
001 –Mudanças de saldos das contas que não podem ser realizadas por meio de lançamentos extemporâneos
002 –Alteração de assinatura
003 –Alteração de demonstrações contábeis
004 –Alteração da forma de escrituração contábil
005 –Alteração do número do livro
099 –Outros
Observação: O código a ser adotado deve ser aquele cujo motivo é preponderante na substituição da ECD.

Como podemos ver, o Fisco tem sido mais criterioso em relação às alterações após a transmissão do arquivo. O resultado disso é a diminuição, nos últimos cinco anos, do número de ECD’s substituídas:

Ano ECDs Entregues ECDs Substituidas Percentual
2013 244169 41300 16%
2014 261210 44249 16%
2015 738041 140276 19%
2016 776158 88592 11%
2017 939062 252 0,02%
2018 975080 0 0

Mas e se eu identificar uma inconsistência no meu arquivo do ano de 2017 e precisar substituir, como proceder? Para isso você precisará fazer um lançamento do Tipo X – lançamentos extemporâneos. Vale salientar que a organização do projeto desde o repositório de informações contábeis da sua empresa até a geração e validação do arquivo, além de obedecer a data de entrega, é crucial para que você não tenha retrabalho com a ECD.

Tem multa para retificar o SPED Contribuições?

8º da Lei nº 12.546, de 2011. A pessoa jurídica poderá retificar os arquivos originais da EFD-Contribuições em 5 (cinco) anos contados do 1º (primeiro) dia do exercício seguinte àquele a que se refere a escrituração, sem penalidade.

Precisa entregar Efd-contribuições sem movimento?

Quando a empresa não tem movimento precisa entregar o Contribuições? – Sim, a empresa que não teve movimentação nas contribuições para o PIS/Pasep e a Cofins em um determinado período deve entregar a EFD Contribuições sem movimento. Essa escrituração é obrigatória mesmo que não haja movimentação, pois é uma forma de comprovar que a empresa está cumprindo com suas obrigações fiscais. Leia também:

EFD Contribuições: aprenda quais são as regras e como funciona essa obrigação Saiba quais são as obrigações tributárias de uma empresa inativa Entenda o que é o Sped Fiscal e como se preparar para realizar a sua entrega Envio da EFD- Contribuições termina hoje Alterações na EFD-Reinf são publicadas pela RFB

Quem está dispensado da entrega da Efd-contribuições?

Quem está dispensado de apresentar a EFD Contribuições As pessoas jurídicas imunes e isentas do Imposto sobre a Renda da Pessoa Jurídica (IRPJ), cuja soma dos valores mensais das contribuições apuradas, objeto de escrituração nos termos desta Instrução Normativa, seja igual ou inferior a R$ 10.000,00 (dez mil reais);

Qual o prazo de entrega da Reinf?

Distribuição de lucros e dividendos na EFD-Reinf – O prazo para envio das informações de rendimentos relativos a lucros e dividendos, quando isentos de retenção do Imposto de Renda na Fonte (IRRF), fica prorrogado para o dia 15 do 2º mês subsequente ao trimestre correspondente.

Sou obrigado recuperar ECD anterior?

As Empresas do Lucro Presumido não estão obrigadas a Recuperar a ECD., Porque fica somente no campo de Advertência. Olá Giuliano, Te mandei um mensagem no privado sobre o outro ponto. De acordo com o Manual, a Recuperação da ECD é obrigatória para todas as empresas que são obrigada a entrega da ECD.

Sou obrigada a recuperar a ECD na ECF?

Para as pessoas jurídicas não obrigadas a entregar a ECD, a recuperação da ECD na ECF não é obrigatória. Sendo assim na geração do SPED ECF no sistema deve: Acessar a aba Declarações Digitais – ícone SPED ECF; Na tela Parâmetros de Tributação – campo Tipo de Escrituração dever marcar a opção ‘Livro Caixa’.

Qual ECD deve ser recuperada na ECF?

Ir para o conteúdo

  • Fonte Normal
  • Aumentar Fonte
  • Diminuir Fonte
  • Página Inicial
  1. 1 – Fui intimado e tenho que retificar a ECF mas não consigo substituir a ECD para a recuperação. O que fazer? Não é possível substituir ECD relativa ao ano 2019 ou anterior. Todas as correções com repercussão fiscal devem ser efetuadas na própria ECF (nos blocos J, inclusão de contas, e K, alteração de saldos, quando necessário para evitar erros). As correções nas ECD devem ser realizadas por meio de lançamentos extemporâneos. No caso de lançamentos extemporâneos em ECD que alterem a base de cálculo do IRPJ ou da CSLL declarados em ECF de ano-calendário anterior, a pessoa jurídica deverá efetuar o ajuste por meio de ECF retificadora relativa ao respectivo ano-calendário, mediante adições ou exclusões ao lucro líquido, ainda que a ECD recuperada na ECF retificada não tenha sido alterada. Se não houver ECD cobrindo todo o novo período da ECF, entregue uma ECD original com o período restante. Verifique o item 1.12 do Manual da ECD referente ao leiaute 10, em especial as OBSERVAÇÕES, no caso de retificação da ECF sem substituição da ECD (item 3). Verifique o item 1.12 do Manual da ECD referente ao leiaute 10, em especial as OBSERVAÇÕES, no caso de retificação da ECD sem substituição da ECD anterior (item 4). Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  2. 2 – A Receita me intimou para entregar ECF já entregue. O que fazer? Provavelmente a omissão ocorreu porque o período da ECF está incompleto. O período de apuração do IRPJ e CSLL é anual. Qualquer atividade no ano enseja uma escrituração ECF cobrindo todo o período anual. Retifique a ECF com data inicial coincidindo com a abertura da empresa (conforme cadastro CNPJ), ou 01.01, se a abertura ocorreu em ano anterior. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  3. 3 – Quais as pessoas jurídicas obrigadas a entregar a ECF? Estão obrigadas a entregar a ECF todas as pessoas jurídicas tributadas pelo lucro real, lucro presumido, lucro arbitrado e todas as imunes e isentas. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  4. 4 – Qual é a data-limite de entrega da ECF? Para as situações normais, a data-limite de entrega é até o último dia útil do mês de julho do ano subsequente ao ano-calendário a que se refira a escrituração. Para as situações especiais (cisão, fusão, incorporação ou extinção): – Se a cisão, fusão, incoporação ou extinção ocorrer de janeiro a abril, a data-limite de entrega é o último dia útil do mês de julho do ano da escrituração. – Se a cisão, fusão, incoporação ou extinção ocorrer de maio a dezembro, a data-limite de entrega é o último dia útil do 3º (terceiro) mês subsequente ao do evento. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  5. 5 – Quais foram as alterações do leiaute 7 em relação ao leiaute 6? As alterações do leiaute 7 em relação ao leiaute 6 constam no anexo do Manual da ECF referente ao leiaute 7, disponível para download em: http://sped.rfb.gov.br/pasta/show/1644. Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  6. 6 – Caso as minhas dúvidas não tenham sido esclarecidas, como devo proceder? Verifique as instruções de preenchimento da ECF, no Manual de Orientação do Leiaute da ECF, disponível para download em: http://sped.rfb.gov.br/pasta/show/1644 ; ou envie sua dúvida para o Fale Conosco da ECF, Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  7. 7 – Como resolver a pendência na situação fiscal por ausência de ECF? De acordo com a IN RFB nº 2004, de 18 de janeiro de 2021, a entrega da ECF é anual e, por isso, o período da escrituração deve contemplar todo o ano-calendário ou, para as pessoas jurídicas constituídas no ano-calendário da escrituração, a partir da data da sua constituição. Por exemplo: a) A empresa ABC foi constituída em 10/10/2020. Assim, a ECF desse ano-calendário deve contemplar o período de 10/10/2020 a 31/12/2020. b) A empresa XYZ foi constituída em 01/06/2019. Assim, a ECF desse ano-calendário deve contemplar o período de 01/01/2020 a 31/12/2020. Com base nos exemplos acima, verifique se a omissão da ECF não está ocorrendo por ausência parcial da escrituração, ou seja, se a ECF transmitida não está contemplando todo o período que a pessoa jurídica está obrigada a transmitir. Seguem agora algumas situações específicas: 1 – Pessoa jurídica inativa por alguns meses do ano-calendário: Conforme dispõe a IN RFB nº 2004/2021, só está dispensada da entrega da ECF as pessoas inativas que não tenham exercido atividade durante todo o ano-calendário. Art.1º § 1º A obrigatoriedade a que se refere o caput não se aplica: III – às pessoas jurídicas inativas, assim consideradas aquelas que não tenham efetuado qualquer atividade operacional, não operacional, patrimonial ou financeira, inclusive aplicação no mercado financeiro ou de capitais, durante todo o ano-calendário, as quais devem cumprir as obrigações acessórias previstas na legislação específica. É importante lembrar que o conceito de inatividade é anual, não existe inatividade mensal. Portanto, a entrega de uma DCTF inativa em janeiro, por exemplo, e depois de uma DCTF normal em julho, obriga a entrega da ECF para todo o período.2 – Problema na retificação da ECF por ausência de ECD correspondente ao período. O período da escrituração da ECD e da ECF precisam ser iguais. É importante destacar que a ECD está sujeita a regras específicas de substituição (não se fala em retificação) que estão devidamente explicadas no item 1.12 do Manual da ECD referente ao leiaute 9, em especial as OBSERVAÇÕES, no caso de retificação da ECF sem substituição da ECD, disponível para download em http://sped.rfb.gov.br/pasta/show/1569, Também deve ser destacado que é possível realizar a transmissão da ECD em períodos não inferiores a um mês. Dessa forma, por exemplo, uma pessoa jurídica pode ter uma ECD de 01/01/2020 a 31/03/2020 e outra ECD de 01/04/2020 a 31/12/2020. No caso de períodos em que a ECD não pode mais ser substituída, para recuperar os dados da ECD na ECF deve ser transmitida a ECD do período faltante como “ORIGINAL”, sem informações de situação especial no registro 0000 da ECD (verifique o Manual da ECD). Exemplo: ECD entregue: de 01/07/2017 a 31/12/2017 ECF entregue: de 01/07/2017 a 31/12/2017 O correto seria entregar a ECF de 01/01/2017 a 31/12/2017. Neste caso, transmitir a ECD de 01/01/2017 a 30/06/2017 como original e sem situação especial informada no registro 0000. Se a empresa não está inativa, há, pelo menos, um lançamento mensal de despesa – despesa de luz, despesa de contador, despesa de telefone, etc. Se, realmente, não há lançamentos, cadastre, ao menos, uma conta por mês (I150) no registro (I155), com saldo inicial “0,00”, total de débitos e total de créditos igual a zero e saldo final “0,00”. Retificar a ECF para o período de 01/01/2017 a 31/12/2017 e, na hora de recuperar a ECD do período, indicar os dois arquivos da ECD (arquivo 1 – de 01/01/2017 a 30/06/2017 e arquivo 2 – de 01/07/2017 a 31/12/2017). As instruções para a retificação da ECF constam no item 1.14 do Manual da ECF referente ao leiaute 7, disponível no site do Sped, na área de download da ECF – http://sped.rfb.gov.br/pasta/show/1644, Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  8. 8 – No programa da ECF é possível recuperar mais de um arquivo da ECD? O programa da ECF consegue recuperar mais de um arquivo da ECD, desde que o períodos dos arquivos da ECD seja equivalente ao período do arquivo da ECF. Exemplo: Arquivo da ECF – de 01/01/2016 a 31/12/2016 Arquivos da ECD a serem recuperados: Arquivo 1 da ECD: de 01/01/2016 a 31/03/2016 Arquivo 2 da ECD: de 01/04/2016 a 31/08/2016 Arquivo 3 da ECD: de 01/09/2016 a 31/12/2016 Portanto, o programa da ECF conseguirá recuperar os três arquivos da ECD, pois eles correspondem ao mesmo período da ECF (de 01/01/2016 a 31/12/2016). Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.
  9. 9 – Quais são os registros as serem preenchidos pelas imunes/isentas? As imunes/isentas (desobrigadas do IRPJ e da CSLL) e que não estejam obrigadas a entregar a ECD deverão preencher os seguintes registros: Registro 0000: Abertura do Arquivo Digital e Identificação da Pessoa Jurídica Registro 0010: Parâmetros de Tributação Registro 0020: Parâmetros Complementares Registro 0030: Dados Cadastrais Registro 0930: Identificação dos Signatários da ECF Registro X390: Origem e Aplicações de Recursos – Imunes e Isentas Registro Y612: Identificação e Rendimentos de Dirigentes, Conselheiros, Sócios ou Titular. As imunes/isentas (desobrigadas do IRPJ e da CSLL) e que estejam obrigadas a entregar a ECD, além dos registros acima, também preencherão os blocos C, E, J, K e U (esses blocos serão preenchidos pelo sistema por meio da recuperação dos dados da ECD). As instruções de preenchimento constam no Manual da ECF: http://sped.rfb.gov.br/pasta/show/1644 Essas informações foram úteis para você? Sim Não Foram fáceis de compreender? Sim Não Se desejar, envie comentários adicionais: 0 de 500 caracteres Repita os caracteres da imagem ao lado: Se os caracteres da imagem estiverem ilegíveis, gerar outra imagem.

Se as informações acima não foram suficientes para sanar sua dúvida, acione o Fale Conosco,