Tabela De Pagamento De Pis 2019?

Quando vai ser pago o PIS atrasado de 2019?

Valores referentes ao ano-base de 2019, que deixaram de ser pagos no ano passado, serão disponibilizados aos trabalhadores nos pagamentos de 2022. BRASÍLIA – Trabalhadores que não receberam no ano passado o abono salarial do PIS/Pasep referentes ao ano-base de 2019 irão receber o benefício este ano.

Quando começa a pagar o PIS referente a 2019?

PIS/Pasep: Sai calendário de 2023, mas tem trabalhador que não sacou em 2022 e 2021 Publicado: 07 Março, 2023 – 11h43 | Última modificação: 30 Março, 2023 – 11h44 Escrito por: Redação CUT/Texto: André Accarini | Editado por: Marize Muniz A Caixa já liberou o pagamento do abono do Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) 2023, referente ao ano-base 2021.

O calendário segue a data de nascimento para o PIS e do último número de inscrição no Pasep. V eja cronograma abaixo. No entanto, quase 400 mil trabalhadores da iniciativa privada, que tem direito ao PIS, e servidores públicos, que têm direito ao Pasep, ainda não sacaram o benefício em 2022 e 2021 referente aos anos-base anteriores 2019 e 2020,

Alguns trabalhadores ou seus herdeiros podem ter até três salários mínimos parados no banco. Mesmo quem perdeu o prazo para sacar nos anos anteriores, pode recorrer. Veja abaixo como fazer. Somente do ano base 2020, cerca 445 mil pessoas ainda não sacaram o abono do PIS/Pasep.

  • Estão nos bancos a espera dos trabalhadores ou herdeiros um total de R$ 357,9 milhões.
  • Outros 320 mil trabalhadores ou herdeiros não sacaram o abono do PIS/Pasep do ano base 2019, cujos pagamentos foram realizados em 2021.
  • Se juntar os valores devidos nos três anos-base, no caso de trabalhadores ou herdeiros não terem sacado os abonos em nenhum dos anos, alguns podem receber três salários mínimos, até um salário para cada ano-base, incluindo o que está sendo pago este ano.

Este ano, os pagamentos do abono do PIS/Pasep referentes ao ano-base de 2021 começaram a ser feitos no dia 15 de fevereiro e os trabalhadores têm até o último dia útil do ano (29/12/2023) para sacar. Mas, se perder o prazo, pode recorrer. É o caso também de quem perdeu o prazo para receber o abono salarial referente aos anos-base anteriores.

  • Portanto, quem perdeu o prazo para sacar o abono referente ao ano de 2020, cujo prazo terminou no 29 de dezembro do ano passado tem até 29 de dezembro de 2027 para fazê-lo.
  • Já no caso do abono do ano-base 2019, o prazo para sacar terminou no dia 31 de dezembro de 2021, mas o trabalhador tem até o último dia útil de 2026 para pedir o benefício.
  • Como recorrer?

Quem perdeu o prazo para receber os abonos de anos-base anteriores, como 2020 e 2019, precisará entrar com um recurso para ter direito ao benefício. Desde o dia 15 de fevereiro, o Ministério do Trabalho já está recebendo as solicitações. São três as formas disponibilizadas para o recurso e as mesmas valem para o PIS e para o Pasep.

  • Pode ser presencialmente, por telefone ou pela internet.
  • Atenção: o pedido não pode ser feito nas agências da Caixa e Banco do Brasil, instituições pagadoras do benefício,
  • Presencialmente : os trabalhadores que perderam o prazo podem se dirigir a um posto de atendimento do Ministério do Trabalho, tais como as superintendências regionais, agências do Sistema Nacional de Emprego (Sine) e nas unidades móveis do trabalhador.

Por telefone : nesta opção, o trabalhador deve ligar para o número 158 – Central Alô Trabalhador – de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Em geral, a ligação é feita por atendimento eletrônico e não é cobrada quando feita a partir de um telefone fixo.

Pela internet: o meio eletrônico inclui a possiblidade de o pedido do recurso ser feito via e-mail, Os endereços variam de estado para estado, com a unidade da federação antes do “@”. Basta escrever a sigla do seu estado (por exemplo: RS, SC, SP, RN, BA etc.,) seguida de @economia.gov.br. Desta forma se o trabalhador é de Minas Gerais, por exemplo, deverá enviar e-mail para,

Se for de São Paulo,, e assim sucessivamente. No corpo de e-mail é necessário descrever o pedido, informando o ano base e os dados do trabalhador, incluindo o número de inscrição no PIS ou no Pasep. Além do e-mail, um método mais usual é o aplicativo Carteira de Trabalho Digital.

  • Nele constam as informações sobre os valores a serem pagos tanto no ano corrente como dos anos anteriores.
  • Pagamento O Ministério do Trabalho tem prazo de 30 dias para analisar o recurso.
  • Caso o trabalhador tenha, de fato, saldo a receber, os valores serão creditados no primeiro mês subsequente à aprovação do recurso.

Se o pedido foi feito e aprovado no mês de março, já no lote de abril o dinheiro será liberado. O pagamento do Abono Salarial do PIS pode ser realizado:

  • Por crédito em conta CAIXA, quando o trabalhador possui conta corrente ou poupança ou Conta Digital;
  • Por crédito pelo CAIXA Tem, em conta poupança social digital, aberta automaticamente pela CAIXA;
  • Nos caixas eletrônicos, nas Casas Lotéricas e nos Correspondentes CAIXA Aqui utilizando o Cartão Social e senha;
  • Em agência da CAIXA, apresentando um documento oficial de identificação.

Já o pagamento Abono Salarial do Pasep é feito pelo Banco do Brasil. Se o servidor for correntista ou poupador do BB receberá o crédito referente ao Pasep em conta corrente ou poupança. Calendário 2023 – não perca o prazo O calendário de pagamentos dos abonos de PIS e Pasep referentes ao ano-base 2021, pagos agora em 2023 já começou.

You might be interested:  Tabela De Infrações De Trânsito Atualizada 2022?

Serão beneficiados 22,9 milhões de trabalhadores, com R$ 22 bilhões. O cronograma de pagamentos teve início no dia 15 de fevereiro e prevê a liberação dos valores até o dia 17 de julho. São dois lotes a cada mês. Os valores ficam disponíveis até o dia 28 de dezembro de 2023. Quem perder o prazo terá de aguardar a abertura do prazo para recurso no ano que vem, para solicitar os valores ‘esquecidos’ Para o Programa de Integração Social (PIS), que pode ser sacado na Caixa e é destinado aos trabalhadores da iniciativa privada, o calendário é de acordo com a data de nascimento do beneficiário.

Quem nasceu em janeiro e fevereiro já terá a liberação do abono no mês de fevereiro. Quem nasceu em março e abril, no dia 15 de março e, assim, sucessivamente. Veja a tabela:

Nascidos em Data de início
Janeiro 15/02/2023
Fevereiro 15/02/2023
Março 15/03/2023
Abril 15/03/2023
Maio 15/04/2023
Junho 15/04/2023
Julho 17/05/2023
Agosto 17/05/2023
Setembro 15/06/2023
Outubro 15/06/2023
Novembro 17/07/2023
Dezembro 17/07/2023

Já para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), que pode ser sacado no Banco do Brasil, o calendário de pagamentos é de acordo com o número final da inscrição do beneficiário, Veja as datas:

N° final da inscrição Data de início
0 15/02/2023
1 15/03/2023
2 17/04/2023
3 17/04/2023
4 15/05/2023
5 15/05/2023
6 15/06/2023
7 15/06/2023
8 17/07/2023
9 17/07/2023

Quanto recebo? O valor do benefício para 2023 é proporcional aos meses trabalhados no ano-base de 2021, O valor máximo é um salário mínimo, hoje de R$ 1.302. Significa que por cada mês trabalhado o trabalhador tem direito a aproximadamente R$ 108,50,

  1. Isso porque, cada mês trabalhado equivale a 1/12 de salário mínimo no valor do benefício, sendo que o período igual ou superior a 15 dias conta como mês integral.
  2. Como recebo?
  3. O pagamento do Abono Salarial do PIS pode ser realizado:
  • Por crédito em conta CAIXA, quando o trabalhador possui conta corrente ou poupança ou Conta Digital;
  • Por crédito pelo CAIXA Tem, em conta poupança social digital, aberta automaticamente pela CAIXA;
  • Nos caixas eletrônicos, nas Casas Lotéricas e nos Correspondentes CAIXA Aqui utilizando o Cartão Social e senha;
  • Em agência da CAIXA, apresentando um documento oficial de identificação.
  • Quem tem direito:
  • PIS: Terão direito ao abono os trabalhadores que trabalharam com registro em carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2020, com remuneração mensal de até dois salários mínimos à época.
  • É preciso:
  • Estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.
  1. Pasep:
  2. Têm direito ao Pasep os servidores públicos que tiverem trabalhado pelo menos 30 dias no ano-base 2021.
  3. É preciso:
  • Estar cadastrado no Pasep há pelo menos cinco anos;
  • Ter tido, no ano base de referência, média mensal de até 2 salários mínimos (soma das remunerações auferidas e informadas por um ou mais empregadores);
  • Ter seus dados informados corretamente no Relatório Anual de Informações Sociais – RAIS – do ano base em referência.

: PIS/Pasep: Sai calendário de 2023, mas tem trabalhador que não sacou em 2022 e 2021

Como faço para receber o PIS 2019 atrasado?

Quem perdeu o prazo para receber os abonos de anos-base anteriores, como 2020 e 2019, precisará entrar com um recurso para ter direito ao benefício. Desde o dia 15 de fevereiro, o Ministério do Trabalho já está recebendo as solicitações.

Como consultar o PIS 2019 pelo CPF?

Uma maneira simples de consultar o PIS com o número de CPF é por meio do site Meu INSS. Integrada ao gov.br, a ferramenta centraliza diversos serviços. Além de consultar o PIS, é possível conferir o tempo de contribuição por meio do acesso ao Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Como solicitar o pagamento do PIS 2019?

Abono salarial fora de época – Quem esqueceu de sacar o abono salarial de 2019 e/ou 2020 pode pegá-lo até o final desse ano. A retirada pode ser solicitada através do aplicativo, disponível na e, por meio da central Alô Trabalhador (telefone 158), ou por e-mail.

Quem não recebeu o PIS em 2019 vai receber em 2022?

Trabalhadores com direito ao abono salarial PIS/Pasep que tiverem perdido o prazo para sacar o benefício em 2022 poderão solicitar o valor em 2023 por meio da abertura de um recurso administrativo no Ministério do Trabalho e Previdência.

Qual foi o PIS que não foi pago?

Como consultar o PIS online? – Para consultar o PIS 2023 online, acesse o site do Ministério do Trabalho e Previdência, Para isso, basta acessar o portal, ir até “Abono Salarial” no menu superior, clicar em “iniciar” e logar com seu CPF e senha. Caso não tenha ou não lembre a sua senha, você pode solicitar uma nova, clicando em “Esqueci minha senha”.

  1. O pagamento do benefício também pode ser consultado pelo celular no aplicativo Caixa Trabalhador ou no app da Carteira de Trabalho Digital.
  2. Em 2021, o PIS (Programa de Integração Social) não foi pago para os trabalhadores.
  3. Isso significa que as pessoas com valores a receber pelo ano-base 2020, receberão o pagamento apenas em 2022.

Já os trabalhadores com ano-base 2021, receberão em 2023. Caso você tenha dúvidas onde consultar o número do PIS sem sair de casa, confira outras opções a seguir!

Quem não recebeu o PIS 2019 vai receber em 2023?

Quem tem direito a receber o abono salarial do PIS/Pasep? – Tem direito a receber o abono salarial do PIS/Pasep todo trabalhador com carteira assinada e servidor público que recebeu salário mensal médio de até dois salários-mínimos durante o ano-base (neste ano a referência é o ano de 2021).

  1. Por isso, empregadas domésticas, trabalhadores rurais ou urbanos empregados por pessoa física não tem direito.
  2. O pagamento do abono para trabalhadores informados na RAIS até o dia 21 de junho de 2022 e no eSocial, até o dia 5 de dezembro de 2022, serão disponibilizados no calendário de pagamento de 2023 e, após essas datas, no calendário do exercício seguinte.
You might be interested:  Copa Do Mundo 2022 Tabela De Jogos Brasil?

Para ter mais informações sobre o PIS, o trabalhador também pode baixar o aplicativo Caixa Trabalhador, Nele é possível saber sobre o abono salarial e o seguro-desemprego – que tem novo valor em 2023 -, confere o calendário de pagamentos, consulta as parcelas liberadas e pode tira dúvidas.

O aplicativo está disponível na Play Store, para smartphones Android, e na App Store, para telefones da Apple, A Central de Atendimento do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep, É preciso, ainda estar cadastrado no Programa de Integração Social (PIS) há pelo menos cinco anos.

Em caso atividade remunerada para Pessoa Jurídica, esta deve ter sido exercida durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração. Ter seus dados informados pelo empregador (pessoa jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)/eSocial.

Vai ser pago o PIS atrasado esse ano?

Calendário e valor PIS/PASEP 2023: tabela PIS ano-base 2021

  1. Calendário e valor PIS/PASEP 2023: tabela PIS ano-base 2021

Lisandra Pinheiro em 15 de maio de 2023 às 12:30 | Atualizado em 12 de junho de 2023 às 15:54

  • O pagamento do Abono Salarial PIS/PASEP do ano-base 2021 sofreu um adiamento em razão das mudanças no calendário geral do abono desde o início da pandemia.
  • Estes atrasos provocaram muita frustração em trabalhadores que contribuíram com carteira assinada em 2021 e que esperavam receber o saldo em 2022.
  • No entanto, após muita expectativa, o saldo referente ao ano de 2021 começou a ser pago em 2023.
  • Veja abaixo quem tem direito ao e quem irá receber o saldo, bem como o calendário para o recebimento dos valores em 2023.
Confira as melhores soluções meutudo para você
Produto Taxa a partir de Pagamento
Empréstimo Consignado 1,80% a.m 6 a 84 parcelas
Antecipação Saque-aniversário 1,80% a.m antecipe a partir de R$100

O é destinado aos funcionários da iniciativa privada e pago através da Caixa. O PASEP contempla os servidores públicos e é pago através do Banco do Brasil. Para ter /PASEP, é necessário seguir alguns requisitos. Veja quais são eles:

  • Estar cadastrado no PIS/PASEP há cinco anos, no mínimo;
  • Remuneração mensal média de, no máximo, dois salários mínimos com carteira assinada no ano-base;
  • Contribuição por atividade remunerada para pessoa jurídica, por no mínimo trinta dias, no ano-base.
  • Ter seus dados informados pelo empregador corretamente ao governo.
  1. Para e saber se você tem direito ao abono, é necessário acessar os seguintes meios:
  2. A consulta é simples e gratuita em qualquer dos meios e você pode verificar a qualquer momento, sem a necessidade de sair de casa.
  3. Após a revisão de dados do abono salarial de milhares de trabalhadores, cerca de 2,7 que tiveram divergências nas informações prestadas pelos empregadores tiveram seus dados reprocessados,
  4. Desta forma, foi identificado que cerca de 1,3 milhão de trabalhadores, dentre os que tiveram seus dados reprocessados, têm o direito de receber o abono salarial.
  5. Assim, um lote extra do abono será pago a partir do dia 17 de abril, pagando os trabalhadores nascidos entre janeiro e abril que não receberam os valores nas datas previstas por conta das divergências.
  6. O trabalhador que se encaixa nos critérios exigidos para recebimento do abono, e ainda assim não recebeu os valores na data prevista, pode entrar com um recurso,
  7. É possível solicitar o recurso através dos canais de atendimento do Ministério do Trabalho e Emprego, nas unidades das Superintendências Regionais do Trabalho ou através de um disponibilizado pelo governo.

Os recursos para o pagamento do PIS/PASEP são fornecidos pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Em 2020, esses recursos foram destinados ao Benefício Emergencial, o que acabou por atrasar o calendário de pagamentos. Leia mais:

  • Esse acontecimento alterou todo o calendário de pagamentos do PIS/PASEP, que, até hoje, ainda se encontra atrasado com relação aos anos-base.
  • Assim, em 2021 foram pagos os trabalhadores com ano-base 2019, e, em 2022, aqueles que atuaram em 2020.
  • O PIS de 2021 deverá ser pago em 2023, mas não foram divulgadas informações sobre o pagamento do ano-base 2022, o que gera dúvidas em relação à data de pagamento do abono e se o calendário permanecerá atrasado.
  • Como foi mencionado, o atraso nos pagamentos do PIS tem causado bastante frustração entre os trabalhadores, pois muitos contavam com o abono para sanar suas necessidades.

Veja também: Os pagamentos para os contribuintes do ano-base 2021 foram iniciados em fevereiro de 2023 e devem ser finalizados no mês de julho. O a ser liberado em 2023 refere-se ao ano-base 2021. A seguir, confira as tabelas com as datas: O pagamento do PIS segue um calendário, divulgado pela Caixa, para o ano de 2023.

Calendário pagamento Abono PIS 2023
Mês de Nascimento Início do pagamento
Janeiro 15/02/2023
Fevereiro 15/02/2023
Março 15/03/2023
Abril 15/03/2023
Maio 17/04/2023
Junho 17/04/2023
Julho 15/05/2023
Agosto 15/05/2023
Setembro 15/06/2023
Outubro 15/06/2023
Novembro 17/07/2023
Dezembro 17/07/2023

ol>

  • O saque dos valores ficará disponível até o dia 28 de dezembro de 2023.
  • O pagamento do PASEP é realizado de acordo com o último dígito do número de inscrição dos beneficiários.
  • O Banco do Brasil divulgou o calendário para os pagamentos em 2023, conforme segue:
  • Calendário pagamento Abono PASEP 2023
    Nº Final da inscrição Início do pagamento
    0 15/02/2023
    1 15/03/2023
    2 17/04/2023
    3 17/04/2023
    4 15/05/2023
    5 15/05/2023
    6 15/06/2023
    7 15/06/2023
    8 17/07/2023
    9 17/07/2023

    O saque do PASEP também ficará disponível até o dia 28 de dezembro de 2023. O abono salarial fica disponível durante o restante do ano em que foi pago. Em 2023, os recursos ficam liberados para movimentação até o dia 28 de dezembro, No entanto, caso o titular perca o prazo para saque, pode entrar com um recurso administrativo no Ministério do Trabalho e Previdência, para análise e liberação do valor.

    • Presencialmente: em unidades do Ministério do Trabalho e Previdência, Superintendências Regionais de Trabalho e Emprego (SRTE), Gerências Regionais do Trabalho e Emprego (GRTE), agências regionais, agências do Sistema Nacional do Emprego (Sine) e em unidades móveis do trabalhador (UMT);
    • Telefone: ligação para a Central Alô Trabalhador, através do número 158;
    • Aplicativo Carteira de Trabalho Digital;
    • E-mail: Enviar e-mail explicando a necessidade de abertura do recurso administrativo. O endereço de e-mail é: [email protected] e o trabalhador deve substituir as letras “uf” pela sigla do seu estado de residência.

    O trabalhador pode entrar com recurso até cinco anos após a liberação dos valores, e o Ministério tem o prazo de 30 dias para analisar e responder a solicitação do titular. Consulte a tabela a seguir para verificar a quantidade de meses trabalhados e o valor ao qual o trabalhador teve direito nos pagamentos feitos com base no salário de R$ 1.302,00:

    Valor do abono PIS/PASEP x Quantidade de meses trabalhados
    Meses trabalhados Valor do abono
    1 mês R$109,00
    2 meses R$217,00
    3 meses R$326,00
    4 meses R$434,00
    5 meses R$543,00
    6 meses R$651,00
    7 meses R$760,00
    8 meses R$868,00
    9 meses R$977,00
    10 meses R$1.085,00
    11 meses R$1.194,00
    12 meses R$1.302,00

    Em 1º maio de 2023, o foi reajustado novamente, passando de R$ 1.302,00 para R$ 1.320,00. Assim, o valor do abono salarial também foi reajustado, conforme a alteração salarial. Confira a tabela com os valores estimados do novo pagamento do abono:

    Estimativa do PIS em 2023
    Meses trabalhados no ano-base Valor estimado para 2023
    1 mês R$ 110
    2 meses R$ 220
    3 meses R$ 330
    4 meses R$ 440
    5 meses R$ 550
    6 meses R$ 660
    7 meses R$ 770
    8 meses R$ 880
    9 meses R$ 990
    10 meses R$ 1.100
    11 meses R$ 1.210
    12 meses R$ 1.320

    A tabela de valores de 2022 também é proporcional à quantidade de meses trabalhados no ano-base, Veja a seguir como isso funciona:

    Valores do PIS em 2022
    Quantidade de meses trabalhados Valor a receber
    1 mês R$101
    2 meses R$202
    3 meses R$303
    4 meses R$404
    5 meses R$505
    6 meses R$606
    7 meses R$707
    8 meses R$808
    9 meses R$909
    10 meses R$1.010
    11 meses R$1.111
    12 meses R$1.212

    Veja também o calendário da disponibilização do PIS em 2022, correspondente ao ano-base 2020,

    Calendário PIS 2022: ano-base 2020
    Mês de aniversário Liberação do saque
    Janeiro 08/02/2022
    Fevereiro 10/02/2022
    Março 15/02/2022
    Abril 17/02/2022
    Maio 22/02/2022
    Junho 24/02/2022
    Julho 15/03/2022
    Agosto 17/03/2022
    Setembro 22/03/2022
    Outubro 24/03/2022
    Novembro 29/03/2022
    Dezembro 31/03/2022

    Veja também o calendário da disponibilização do PASEP em 2022, correspondente ao ano-base 2020,

    Calendário do PASEP em 2022
    Número final da inscrição Liberação do saque
    Final 0 15/02/2022
    Final 1 15/02/2022
    Final 2 17/02/2022
    Final 3 17/02/2022
    Final 4 22/02/2022
    Final 5 24/02/2022
    Final 6 15/03/2022
    Final 7 17/03/2022
    Final 8 22/03/2022
    Final 9 24/03/2022

    Vale lembrar que o prazo para saque dos valores do PIS/PASEP de 2022 foi encerrado em 29 de dezembro de 2022. Para continuar acompanhando as novidades sobre o abono salarial com a, inscreva-se no formulário abaixo e enviaremos as principais notícias para o seu e-mail.

    Em 2022, foi pago o PIS referente ao ano-base 2020, nas contas vinculadas à Caixa em nome dos beneficiários. Quem trabalhou de carteira assinada pelo menos 30 dias em 2021, recebeu até 2 salários mínimos e está inscrito há pelo menos 5 anos no PIS/PASEP, terá direito ao saque este ano. e saiba qual o valor disponível para saque.

    O calendário do PIS em 2023, referente ao ano-base 2021, terá início em 15 de fevereiro e irá até 17 de julho de 2023. A consulta ao número do PIS pode ser feita pelo celular, através do aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou Meu INSS. Basta baixar, fazer login e, logo na página inicial acessar “Meu cadastro” e verificar o número do PIS. A meutudo pertence à TUDO Serviços S.A. (“TUDO”), CNPJ 27.852.506/0001-85, localizada à Rua Professor Dias da Rocha, nº 296, Meireles, Fortaleza/CE, CEP: 60170-310, é uma fintech que facilita o acesso de clientes a empréstimos consignados. Atuamos como correspondente bancário de instituições financeiras, atividade regulada pelo Banco Central do Brasil, nos termos da Resolução nº 4.935, de 29 de Julho de 2021.

    Para Empréstimo Novo e Portabilidade, atua como correspondente bancário da PARATI CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S/A, instituição financeira devidamente constituída e existente de acordo com as leis do Brasil, com sede na Cidade de Vitória, Estado do Espírito Santo, e inscrita no CNPJ/MF sob o nº 03.311.443/0001-91 (“PARATI”) – Canais de Atendimento da PARATI: www.paratifinanceira.com.br / Telefone: +55 (27) 2123-4777 / Ouvidoria: [email protected].

    No Saque-Aniversário do FGTS, atua como correspondente bancário da QI SOCIEDADE DE CRÉDITO DIRETO S.A., sociedade de crédito direto com sede na cidade de São Paulo, estado de São Paulo, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 32.402.502/0001-35, neste ato representada na forma de seu Estatuto Social (“QI TECH”) – Canais de atendimento da QI TECH: https://qitech.com.br/ ou [email protected] / Telefone: 0800 700 8836 / Ouvidoria: 0800 0244 346 ou [email protected].

    1. Informações adicionais sobre o empréstimo consignado: prazo mínimo de 6 meses e máximo de 84 meses.
    2. Valor mínimo de empréstimo R$ 1.500,00.
    3. Taxa de juros a partir de 1,80% a.m.
    4. E CET a partir de 1,93% a.m.
    5. Informações adicionais sobre portabilidade de empréstimo consignado: taxa de juros a partir de 1,70% a.m e CET a partir de 1,67% a.m.

    Informações adicionais sobre antecipação saque-aniversário: taxa de juros a partir de 1,80% a.m e CET a partir de 1,92% a.m. Os valores mencionados podem variar a partir das condições no momento da contratação. Simular empréstimo : Calendário e valor PIS/PASEP 2023: tabela PIS ano-base 2021

    Tem como receber o PIS de anos anteriores?

    Sim. O Abono Salarial de anos anteriores disponibilizados no calendário 2023 poderá ser creditado em conta poupança social digital.